terça-feira, 31 de março de 2009

Pudim de leite ao perfume de amburana-de-cheiro



A intensão era fazer de novo o
sorvete de amburana, então fervi o leite com umas sementes, no sábado. Deixei na geladeira e no domingo, ao sentir o perfume da infusão, o que me vieram à mente foram uns pudinzinhos de leite e não o sorvete. Não tinha ovos suficientes para 8 porções nem leite condensado para uma solução mais fácil, então arrisquei o velho, prático e versátil leite em pó para melhorar a textura e aumentar o rendimento. Funcionou. E o sabor da amburana é uma deliciosa alternativa às favas de baunilha. Amburana ou fava tonka/ cumaru, que tem o mesmo perfume. Mas a receita vale para baunilha também, claro. A amiga Veronika com marido e meninos estavam aqui pra degustar uma outra coisa (que vai para a charada na sexta-feira) e aprovaram. Especialmente os meninos.




Pudim de leite com amburana-de-cheiro (ou com cumaru ou com baunilha)

Para o caramelo
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de água
Para o pudim
500 ml de leite
10 sementes de amburana (ou cumaru ou favas de baunilha)
3/4 de xícara de açúcar
1 pitada de sal
1 xícara de leite em pó (magro, se quiser economizar calorias)
4 ovos grandes
Prepare o caramelo: coloque numa panela o açúcar, leve ao fogo e vá mexendo devagar até derreter e formar um caramelo. Despeje a água de uma só vez, abaixe o fogo e espere derreter e formar um xarope bem grosso. Distribua esta calda grossa entre 8 forminhas (pode usar xícaras de chá). Espalhe bem com uma espátula no fundo e lateral. Coloque-as numa forma e reserve.

Prepare o pudim: ferva o leite com a amburana. Desligue o fogo, tampe a panela e deixe em infusão até esfriar o leite. Ferva mais uma vez e descarte a amburana. Coloque no liquidificador o açúcar e o leite em pó e despeje por cima o leite aromatizado bem quente. Bata bem por 5 minutos. Junte os ovos e bata só até misturar bem. Distribua a mistura entre as forminhas carameladas e leve ao forno pré-aquecido a 200 graus. Despeje água quente na forma, até a metade da altura das forminhas. Feche o forno e deixe assar em banho-maria por cerca de 40 minutos ou até que, enfiando a ponta de uma faca no pudim, ela saia limpa. Espere esfriar e gelar, desenforme e nhac.
Rende 8 porções

8 comentários:

Rui disse...

este pudim é para os passarinhos??
nossa,tu tratas eles bem eihn!
abraço!

A DONA DO MUNDO disse...

PRA COMEÇAR QUE O TITULO JÁ MATA A GENTE DE CURIOSIDADE
SE EU TIVESSE UM PUDINZINHO SIMPLES DE LEITE CONDENSJÁ IA FICAR FELIZ

BEIJINHO

Karla Maria disse...

Neide,
amburana é o mesmo que umburana, encontrada aqui na Bahia?
Será que vc pode mostrar a foto?
Beijo de fã

vp disse...

neide, onde já se viu dizer que os meninos gostaram mais que os não-meninos? vou voltar a ser criança na hora de manifestar sabores saborosos, cheiros cheirando, a vida indo: huuummmm, hãhã.... boooommmm, tem mais? eu quero mais... posso comer o seu também?
e acho que a ausência do leite condensado - que sempre tem um gostinho diferente do gosto do leite - foi uma sorte para o pudim e para quem dele comeu.
bj, veronika

Neide Rigo disse...

Rui, tenho dó de usar sua cerâmica como comedor pra passarinhos..

Karla, é sim. No post eu dei um link para outro texto sobre o assunto, com fotos.

Um abraço,
N

João Pedro Diniz disse...

o pudim está lindo, apesar de não saber o que é amburana. Tenho cá uma vagem de baunilha que veio de Goa e acho que a vou testar num pudim assim

Anônimo disse...

Neide apesar da vedete do seu post ser a amburama, para mim foi o leite em pó. Tinha uma lata do leite magro em casa quase perdendo a validade, mas graças a essa receita consegui salvá-lo. Novata que sou na cozinha,nunca tinha ouvido falar nessa substituição.

O melhor de tudo é que fica muito próximo ao de leite condensado. Da próxima vez, só vou reduzir um pouco o açúcar porque para o paladar daqui de casa meia xícara fica doce demais.

Adoro suas receitas!

Bjs doces,
Cláudia Oliveira.

Dênis Pagani disse...

Já me recomendaram ralar a semente no preparo, ao invés de fazer a infusão. Disseram para ir com calma, que fica forte!