terça-feira, 24 de março de 2009

Pão de kefir e passas




Fiz ontem a olho já que tinha kefir sobrando (se não tivesse, teria usado leite ou água). Mas, anotei tudo. E, antes que esqueça e nunca mais repita a façanha, aqui vai a receita para mim mesma e para quem quiser, já que ficou muito bom, com gostinho de panetone não enjoativo, ligeiramente ácido, docinho e perfumado a cítricos que tinha aqui (e você pode fazer o mesmo, com os cítricos que tiver aí).
Pão de kefir e passas
Ingredientes
1 colher (sopa) ou 10 g de fermento biológico seco
1,5 xíc. de água morna (360 ml)
2/3 de xícara de açúcar (120 g)
1/2 colher (chá) de sal
1,5 xícara de kefir ou iogurte natural (360 ml)
1,2 kg de farinha de trigo branca (ou mais, se necessário)
Raspas de casca de limão galego, limão-rosa, limão tahiti e laranja (ou combinações que queira)
100 g de manteiga em temperatura ambiente
1/2 xícara de uvas passas pretas
1/2 xícara de uvas passas brancas
Para dar brilho: 2 colheres (sopa) de açúcar derretidas no fogo na mesma quantidade de água
Modo de fazer
: numa bacia dissolva o fermento na água morna. Junte o açúcar e o sal e, só depois que o fermento estiver bem dissolvido, junte o kefir (a gordura do kefir, iogurte ou leite pode criar uma película em volta dos grãos de fermento e evitar que se dissolva e, portanto, o pão poderá não crescer). Junte a farinha de trigo aos poucos, mexendo com uma colher de pau. Quando a massa ficar bem firme, junte as raspas de cítricos e a manteiga. Amasse bem, passe para uma superfície enfarinhada e vá adicionando farinha aos poucos e sovando até formar uma massa lisa. Junte as uvas passas e amasse bem, incorporando as frutas. Forme uma bola, cubra com plástico e deixe em local abafado para crescer até dobrar de volume. Divida a massa em três partes, modele pães da forma que preferir (bolas, cilindros) e coloque em forma untada e enfarinhada, deixando espaço para que cresçam. Cubra com pano, deixe novamente ganhar volume (cerca de meia hora no verão) e leve ao forno bem quente pré-aquecido. Asse por 10 minutos, abaixe a temperatura e deixe assar por mais 50 minutos ou até ficar bem dourado. Passe a mistura de açúcar e deixe no forno ainda ligado por mais 2 minutos. Tire do forno, espere esfriar se conseguir e nhac.
Rende
: 3 pães grandes

2 comentários:

Eduardo Luz disse...

Uma coisa eu aprendi! Não vou confundir este kefir com a kaffir !! E a quirquiña ?
Abs

Neide Rigo disse...

Oi, Eduardo,
a quirquiña passei para terra e ela está indo bem. Mas ainda não a ponto de colher. Obrigada. bjs,n