sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Um uso para as bananas verdes – caril de banana verde


Já deveria ter começado a usar as bananas verdes dos dois cachos que trouxe do sítio, porque sei que de uma hora para outra todas vão estar maduras no mesmo tempo. Aí, haja cucas, doces, bolos, farofas e moquecas.
Então, ontem resolvi fazer uma receita à moda indiana e já tinha a receita em mente, mas fui conferir no google e achei várias opções de curry de banana verde. Uma inspiração ali, uma adaptação aqui e outra acolá, fiz mesmo do meu jeito. Uma ótima pedida para vegetarianos. Mas meu prato, com arroz e farofa, ainda completei com uma costelinha de porco. Fiquem à vontade para fazer ao pé da letra as receitas que me inspiraram.
Esta e esta. De qualquer forma, deixo aqui minha, que ficou tão boa quanto acreditei que ficaria.

Caril de banana verde/ curry de banana verde

5 bananas verdes (usei a figo, mas outra também serve)
1 colher (sopa) de manteiga mais 1 colher (sopa) de óleo de coco-licuri (ou a mesma quantidade em ghee ou manteiga clarificada ou óleo de coco)
8 folhas de curry (se tiver, opcional)
½ colher (sopa) de sementes de cominho
½ colher (sopa) de sementes de mostarda
1 colher (chá) de gengibre ralado
2 dentes de alho socado
1 cebola grande picada
1 pitada de assafétida (se tiver, opcional)
1 colher (chá) de cúrcuma em pó
1 pimenta dedo-de-moça sem sementes picada (ou metade verde, metade vermelha)
1 tomate sem pele picado
2 colheres (chá) de sal ou a gosto
2 xícaras de água quente
1 xícara de leite de coco
1 colher (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de folhas de coentro picada

Cozinhe as bananas com casca na panela de pressão, com água que cubra e um fio de óleo. Se estiverem bem verdes, devem ficar macias com meia hora de cocção. Ou use panela comum e certifique-se com um garfo se estão macias. Escorra e deixe esfriar. Descasque, corte em fatias e reserve.
Numa panela aqueça a manteiga e o óleo com as folhinhas de curry (se quiser, use folhinhas de pitanga) e as sementes de cominho e de mostarda, até começarem a pipocar. Junte a cebola, o gengibre, o alho e deixe começar a dourar. Junte a assafétida (se for usar) e a cúrcuma. Mexa bem e junte o tomate, as bananas, o sal e a água quente. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 15 minutos em fogo baixo ou até o caldo ficar reduzido e encorpado. Acrescente o leite de coco e deixe ferver. Junte o suco de limão e as folhas de coentro. Confira o tempero e corrija, se necessário. Com arroz branco e nhac. Dá para quatro.

Nota: lembra um curry de batatas. Apesar de ter ficado bem gostoso, imagino que feito com banana meio madura fique ainda melhor. Veja aqui Moqueca de banana nanica.

O prato já estava pronto quando me lembrei que tinha combinado com o Marcos de irmos ver o ensaio aberto da peça O mistério de Irma Vap, no Shopping Frei Caneca. Solução: embalei tudo em marmitas, enrolei num pano e rumei para o conjunto nacional, onde comemos na copa do consultório, tudo reaquecido em microondas. Conclusão: ainda assim, improvisado, requentado, foi muito melhor que comida fast food de praça de alimentação.

8 comentários:

Luciana Macêdo disse...

Fiquei com vontade de experimentar este prato ou a Moqueca de Banana, ainda mais que combina com coselinha de porco.
Bjs!

Mariângela disse...

gostei,além do ranguitcho,do vasinho de flores enfeitando a refeição,beijo!

ogusucu@hotmail.com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

Oi Neide, vou experimentar esta receita assim que possível. Mudando um pouco de assunto, meu namorado encontrou uma receita de curry em um mangá. O link está aqui: http://www.onemanga.com/Addicted_to_Curry/2/19/
Fizemos outro dia e ficou bem gostoso.
Abraços

Cláudia disse...

Simplesmente fiquei morrendo de vontade de experimentar este caril de banana verde. Você saberia me dizer se consigo estas folhas de curry em Campinas? Gostaria muito de encontrar as frescas, desde que vejo o blog da Agdá.

bjs

Flavia Pantoja disse...

Oi Neide, acabei de ver tua foto e materia acompanhando na SAVEUR de fevereiro . Parabens!! Adorei ver mençao tua e dos sabores do nosso Brasil ! Um abraço, Flavia

Neide Rigo disse...

Renata,
achei incrível a receita de curry num mangá. Sensacional. Obrigada por me mandar o link.

Oi, Claudia,
infelizmente não sei onde encontrar as folhinhas a não ser no quintal da minha casa - quando vier a São Paulo eu te arrumo umas folhinhas.

Flavia, eu mesma não vi ainda. Obrigada.


Um abraço,
Neide

Anônimo disse...

Oi Neide!Simplesmente amo seu blog!
Estava lendo quando encontrei esse ingrediente chamado ASSAfÉTIDA, pesquisando no nosso amigo Google descobri que é o nosso coentro de peixe ou coentrão(Eryngium foetidum).
Sou baiana e moro no Nordeste, é um tempero muito ultilizado por nós.Abraços
Rosane