sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Receita do Mocotó, continuação – Pudim de tapioca com calda de coco queimado


Continuando, as receitas do Mocotó. Veja também receita da Mocofava, de Baião-de-dois, Atolado de Bode, Torresmo e Musse de chocolate com cachaça

Pense numa sobremesa bem gostosa, pra comer em dias de festa. É esta. Não sei se vamos conseguir fazer o coco queimado do jeito do Rodrigo, crocante, aromático, mas não custa tentar.
Pudim de Tapioca com Calda de Coco Queimado
(do chef Rodrigo Oliveira)

Ingredientes
75 g de tapioca granulada
375 ml de creme de leite fresco
200 ml de leite de coco
2 ovos
2 gemas
100 ml de leite
1 lata de leite condensado

Calda para a forma
200 g de açúcar
70 ml de água

Calda de Coco Queimado
500 g de açúcar
Uma pitada de anis-estrelado em pó
100 ml de água
100 g de coco fresco ralado
200 ml de leite coco

Comece o preparo do pudim: hidrate a tapioca com o creme fresco e o leite de coco por pelo menos duas horas..

Calda para a foma: coloque numa panela a água e o açúcar e leve ao fogo, mexendo devagar até formar uma calda caramelizada. Espalhe numa forma para pudim e reserve.

Prepare a calda de coco: caramelize o açúcar e junte o anis, a água e o leite de coco. Cozinhe até obter o ponto de fio grosso. Reserve. Aqueça o coco ralado em uma frigideira, mexendo sempre até dourar. Junte à calda, misture e reserve.
Continue o preparo do pudim: misture os ovos, as gemas, o leite e o leite condensado. Mexa bem, coe numa peneira fina e junte à tapioca hidratada.
Coloque a mistura na forma untada e asse em banho-maria a 150º por 40 minutos ou até firmar. Resfrie o pudim e sirva com a calda quente.

Rende: 8 porções
Mocotó
Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100 – Vila Medeiros
Tel. (11) 2951-3056
www.mocoto.com.br

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Neide,
Tendo visitado o seu blog tantas vezes, cumpre que eu deixe pelo menos um comentário. O seu trabalho
é bastante singular (e inteligente!). E, no que concerne à divulgação dos costumes e da culinária brasileiros, é muito oportuno. Isso podia até se transformar num livro (como os do
Caloca Fernandes.
Um abraço.

Marly

carlinhos de lima disse...

Sempre que me deparo, numa receita com o "leite condensado", me pergunto: será que não poderia ser feito de outra forma? Nada pessoal contra o leite condensado, mas penso nos pobres que têm restrições de açúcar ou gostam de "menos doce"...apesar de doce.

Luciana Betenson disse...

Neide, acabei de fazer esta receita do pudim de tapioca do Mocotó, que inclusive saiu recentemente na revista Lola. O meu levou duas horas e meia para assar! Desenformou, mas ficou mole e ruim para cortar, bem diferente do original. O seu levou apenas 40 minutos pra ficar pronto? Não ficou mole pra cortar? Um abraço,