sexta-feira, 18 de maio de 2007

Comida Viva


Gosto de cultivar brotos em casa. Estes feijões verdes são aqueles usados para fazer os brotos de feijão que a gente vê nos supermercados. São feijões mung, que compro na Liberdade. Já prontos, branquinhos, são até que bem baratos para se comprar, mas nada como ver quase a olho nu o feijão inchando e abrindo espaço para o desenrolar do gérmen em busca de luz. Como se faz: lave bem os grãos e deixe uns 10 minutos imersos em solução com hipoclorito – assim eliminamos a possibilidade de desenvolvimento de salmonelas etc. Depois, enxágüe bem e deixe de molho umas 5 horas (ou até de um dia para outro). Escorra bem e deixe num vidro ou tigela cobertos com um pano. Só tome o cuidado de não deixar excesso de água no fundo do recipiente. Toda vez que se lembrar, enxágüe e escorra (ou, no mínimo, umas 3 vezes por dia). E deixe longe da luz, mas num lugar ventilado. O excesso de luz vai deixa-los mais esverdeados, pois tem formação de clorofila. Eu gosto. Se quiser mais branquinho, apático, deixe no escurinho. Toda vez que enxaguar, aproveite para ir tirando as casquinhas verdes que se soltam. Por volta do terceiro dia já estarão crescidinhos. É só comer.

10 comentários:

laila disse...

neide assim q passar epla liberdade comprarei esses feijoes!eu quero fazer moyashi!!!bjs

Adriana disse...

Olá Neide, adorei essa dica de fazer brotos em casa, e gostaria de saber se você sabe fazer brotos de outros grãos e/ou verduras, ou se saberia me informar algum site relacionado ao assunto.
Obrigada, Adriana

KARIN MILAGROS disse...

Sou vegan e estou querendo passar a consumir coida viva... mas morando no interior do Rio de Janeiro é muito difícil achar certas coisas... alientos orgânicos então, é um sofrimento para achar. Bem que podia morar em São Paulo. Lá se acha tudo!

rose disse...

Oi Neide,queria saber onde posso comprar esses feijões aqui no Rio de Janeiro.Grande abraço.

Neide Rigo disse...

Oi, Rose,
não conheço muito do Rio, mas imagino que possa encontrar em lojas de produtos orientais. Ou em casas de produtos naturais.
beijos,
Neide

Anônimo disse...

Oi Neide, gostaria de consumir brotos, vc poderia citar outros além dos feijões? Gostaria de saber onde podem comprados e se o processo é sempre o mesmo para a germinação.
Obrigado, Cesar

Neide Rigo disse...

Oi, Cesar!
Qualquer cereal ou leguminosa podem ser germinados. Para cada um, o processo pode ser diferente, pode demorar mais ou menos. Mas o começo pode ser o remolho para todas. E o tempo você vai acompanhando. O ideal é conseguir sementes orgânicas ou próprias para germinar - imagino que tenha pra vender em alguns sites.

Um abraço,N

Anônimo disse...

Olá Neide, vou começar hj a preparar broto de moyashi. Depois conto sobre os resultados.
Há muito tempo atras fiz uma experiencia com azuki, lembro-me que gostei, mas houve uma pequena fermentação.
Agora estou em nova fase, inclusive alimentação, voltarei a fazer comida em casa.
Obrigado pelas dicas.
Para compartilhar, achei este outro site:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/materias/materias.asp?link=brotos

Abraços!
Celso

Henriette disse...

OLa, Te conheço do Slow Food! ME diz, onde acho sementes sem fumigação ou veneno, para fazer outros brotos (lentilha, girassol tudo bem, compro para comer e uso) mas painço, alfafa, rabanete, beterraba e etc. todos vem com veneno

Neide Rigo disse...

Henriquette, acho que a Bionatur tem: Bionatur - Sementes Agroecológicas, de Candiota - RS. Tel. 53-35031261 ou 53-9953-9704. www.bionatur.com.br. Email: bionatur@bionatur.com.br.

Um abraço, N