quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Presentes para quem gosta de comer, cozinhar e saber

Alguns nem foram de Natal, mas ficam sendo. Nem sei como agradecer todos estes carinhos. Acho que um jeito de fazê-lo é mostrar aqui e, quem sabe, eles sirvam de inspiração para leitores que ainda não sabem o que dar de presente a um amigo que gostar de comer, cozinhar e saber sobre o assunto. Idéias não faltam e hoje o Caderno Paladar também traz, na versão impressa, dezenas de itens sugestivos e bacanas. Clique & Amplie.

Saquinho de pano decorado com oliveiras e olivas recheado com ervas provençais super cheirosas. Trazido da França, pelo Pedro Henrique Garcia, da Blue Travel.

Misturinha de pimenta, salsa e alho, trazida da Itália pelo Paulo Chanel, co-lider do Slow Food de Piracicaba. E sal com ervas aromáticos feitos pela Claudia Mattos, do Espaço Zym.

Daintree tea, trazido da Austrália pelo Pedro Henrique; e Darjeeling trazido da Índia por nosso amigo Marcelo Urbano.
O livro sobre sushi, enviado pela Publifolha (Sushi, técnicas e receitas, de Kimiko Barber e Hiroki Takemura) tem dicas excelentes sobre peixes pouco valorizados e variações impensáveis de sushis - como os prensados, fáceis de fazer.
Este é o esperado livro da Mari Hirata. Quem digitar o nome dela no campo de busca, aí do lado direito, vai se deparar com muitas receitas dela já publicadas aqui. Mas, nem se comparam às que estão no livro pois estes trazem consigo divertidas histórias. As receitas são criativas e fáceis de fazer com os ingredientes que temos aqui. Ontem no jantar fiz os bolinhos de sardinha e legumes, deliciosos - posto mais tarde.
Trazidos de Paris pelo Pedro Henrique. O suco feito com o nosso açaí lhe chamou a atenção. Açaí com mirtilos e romã com framboesas. As misturas devem funcionar bem, mas ainda não provei. Estão gelando para eu tomar mais tarde.
Pilão de pedra sabão, presente da Cênia, lider do Slow Food São Paulo; separadores de gordura trazidos pelo Pedro Henrique de Nova Iorque; e Pilão de mármore de Carrara, presente das amigas Kátia Stringuetto e Mônica Manir, que compraram numa das Cinque Terre, quando fomos juntas para lá, em julho (mais dois para minha coleção).

Foi presente da amiga Sofia Carvalhosa o livro lindo de morrer sobre a histórica Fazenda Pinhal, escrito pela mãe, Helena Carvalhosa. Além da história da fazenda, traz receitas deliciosas das mais tradicionais, de família, às mais inusitadas, de amigos visitantes, como a de pipoca de panela escrita pelo médico Daniel Kotzel (clique e amplie a foto para ver uma das receitas); o livro do Arcimbolo foi presente do Marcos, do Divertimento para clarinete e orquestra opus 2 e traz muitas e incríveis variações daquelas do homens-feira que todo mundo já viu na capa de alguma revista para ilustrar matéria de comida; o livro O Avental, ganhei da própria autora, Maria Sylvia Montenegro Bergamo, no amigo secreto do Slow Food. Com memórias e receitas de comida caseira bem gostosas, ricamente ilustrado - edição da autora.

Nesta caixinha há cartõs ilustrados e envelopes. Não dá nem vontade de usar, de tão lindos. Mas guardarei só um de cada. Também Presente do Marcos, comprado na Livraria Cultura.

5 comentários:

Fer Guimaraes Rosa disse...

Jingle bells, Neide!! :-)

Quanto presente bacanudo! Adorei tudo! Tenho uns saquinhos identicos de ervas de Provence. Espero que elas nao tenham prazo de validade, senao...

Esses sucos estao muito populares por aqui tambem. O açaí tem ate congelado e a romã virou a fruta dos milagres [ e anti-oxidantes], substituindo um pouco as cranberries.

Bom proveito com seus presentes, que eles te ajudem a produzir mais coisas gostosas, que reverterao aqui no blog com certeza, para o nosso deleite!

um beijo,

Neide Rigo disse...

Fer, as ervas de provence deste saquinho estão tão cheirosas que, estando na cozinha, já são sentidas na sala. Pois é, estas modas - tomate, berinjela, feijão preto, romãs, açaí. Daqui a pouco a moda é branca e corremos para os nabos e rábanos. E ainda assim todos os legumes e frutas continuam gostosos e bons para a saúde. bjs, n

Neide Rigo disse...

Fer, espero que as suas ervas continuem boas. bjs,n

Mariângela disse...

Neide,quanta coisa linda e maravilhosa amiga,pois o Natal aí chegou mais cedo eihn,eu tenho paixão pelo Arcimboldo,acho tão lindo aqueles homens feitos de legumes e hortaliças,e aquele das receitas de fazenda também me chamou atenção,e as sacolinhas dos chás,os tecidinhos que agora ando examinando com olhos de costureira,adorei mesmo tudo,se fosse eu, estaria louca de tão feliz com todos os mimos,beijo!!

EU MULHER disse...

Fiquei encantada com tantos presentes lindos e delicados. Tenho certeza que vc é muito querida por todos.


Um beijão e Feliz Natal!