quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Bolinhos de sardinha - Satsuma age


Como prometi dois posts atrás, aqui vai uma das receitas do livro da Mari Hirata - As minhas receitas Japonesas (Publifolha). Como a pesca da sardinha está suspensa desde o último dia 12 de novembro para o período de defeso, que vai até 20 de fevereiro de 2009, comprei no mercado da Lapa sardinhas congeladas contrariando totalmente o que pedia a Mari na receita. Mas, se com sardinhas congeladas o bolinho já ficou pra lá de bom, imagino com a sardinha fresca. Fiz no processador. Tem que triturar a sardinha e já misturar os ingredientes, que devem ser previamente picados, pois a demora faz a mistura coagular (já pode imaginar o que me aconteceu...). Moldei os bolinhos com duas colheres, como quelenes, e talvez como a Mari, esqueci de contar as unidades de bolinhos. Já vou avisando também que não usei cebolinha e usei legumes que tinha aqui: cenoura, bardana, nirá e pimenta-vermelha e numa quantidade um pouco maior do que foi pedido. Ficaram deliciosos, crocantes e textura interna como a de salsichas - e eu adoro esta textura compacta, gelatinosa, macia. Já a receita do molhinho, juro, consegui seguir à risca. Tente ser mais fiel que eu, por favor. Aqui a receita tal e qual aparece na página 46 do livro que traz dezenas de receitas descomplicadas como esta:

Bolinhos de sardinha (receita de Mari Hirata)

Ingredientes
3 sardinhas bem frescas cortadas em filés (pode-se substituir por carapaus, ou qualquer outro peixe)
1 colhere de sopa de sake
1 colher de sopa de mirin
1/2 colher de sopa de fécula (milho ou batata)
1/2 colher (sopa) de cebolinha picada
1 colher (chá) de gengibre ralado
1/2 ovo inteiro (gema e clara) batido
1/2 colher de chá de sal
1/2 xícara de chá de legumes, a escolher (cebolinha, cenoura crua, bardana, raiz de lótus, vagem etc), picados cortados fininhos em palitinhos

Coloque todos os ingredientes, bem frios, no liquidificador ou processador de alimentos (menos os legumes cortados em palitinhos) até formar uma massa. Misture os legumes crus com a espátula de borracha e frite essa massa a colheradas em óleo quente (170 ºC) até ficarem dourados. Retire-os do óleo quente e ponha-os sobre papel-toalha. Sirva com molho.

Molho
2 colheres de sopa de shoyu, sake e açúcar (de cada)

Misture bem, leve ao fogo até derreter o açúcar e coloque sobre os bolinhos de peixe fritos.
Rendimento: 4 porções

Um comentário:

Ana disse...

Que pena que em minha casa não gostem de peixe, mas vou fazer lé em Brotas, onde a "assistência" é maior e certamente vão aprovar.