terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Cruá - só umas sementes. O caso de Palmeirina-PE


Esta muda cresce no meu pequeno quintal e eu ainda sem saber como aparar a trepadeira que, crescidinha, já pede um tutor

Para saber o que já falei sobre cruá, clique AQUI.
Este foi, sem dúvida, um dos melhores presentes do ano, quando eu mesma já nem me lembrava mais da história:
data: 13 de dezembro de 2008 16:09/ assunto: sobre as sementes de cruá enviadas para a Secretaria de Agricultura de Palmeirina -PE
Sou Ivo Pereira Viana, ex-Secretário de Agricultura de Palmeirina-PE, plantei as sementes de cruá, apesar do calor intenso, deu certo, já temos pé frutificando esperamos tirar muitas sementes e encher pelo Nordeste afora esse fruto tão importante e desconhecido para a maioria das pessoas que sequer lembra mais da aparência da mesma. Graças a você introduzimos novamente a fruta boa nessa terra de clima semi-árido. Aliás essa fruta fazia parte do cardápio de muitas pessoas há cerca de 30 anos. Ivo Viana.
Para entender a história
Tudo começou quando postei sobre o cruá. Veja aqui. Quando estava na Itália, recebi um email do secretário de agricultura de Palmeirina, uma pequena cidade de Pernambuco, perto de Garanhus, sobre a qual nada sabia. Ele pedia sementes de cruá. Quando voltei, eu mesma enviei algumas pelo correio. E o resultado aí está. Minha alegria é saber que umas simples sementinhas fazem diferença. Veja as trocas de emails:
data: 8 de julho de 2008 10:30/ assunto: mudas ou sementes de cruá
Neide, bom dia! Meu nome é Ivo Pereira, sou secretário de agricultura do município de Palmeirina, estado de Pernambuco. Acessando um site falando sobre o cruá, vi alguns comentários seus e de outras pessoas sobre esse fruto. E gostaria que se você soubesse e pudesse nos enviar endereços de pessoas que nos pudesse enviar mudas ou sementes do mesmo. Porque no nosso município tem uns agricultores interessados em começar experimentos com esse fruto. Agradeço antecipadamente no que for possível de você nos ajudar. Espero respostas. Até mais, Ivo
data: 11 de julho de 2008 05:25/ assunto: Re: mudas ou sementes de cruá
Ola, Ivo, bom dia! Eu mesma comprei outro dia o cruá e tirei as sementes, de modo que posso lhe mandar, se me disser seu endereco (desculpe, estou em Firenze e nào sei usar este teclado .... ). Volto no domingo pra Sao Paulo, assim posso coloca-las no correio na proxima semana. Um abraco, Neide
6 de agosto de 2008 11:28/ assunto: lembrando sementes do cruá,continuo aguardando
Neide, Aqui é o amigo Ivo Viana, Secretário de Agricultura do município de PALMEIRINA, Estado de PERNAMBUCO, que dias antes mandei e-mail a você, solicitando a amiga enviar-me sementes de CRUÁ, pois tenho uma vontade enorme de plantar cruá, pois quando garoto existia muito e era consumido pelas pessoas da época. Espero poder devolver a nossa região essa planta que além de ser útil para a saúde, sendo utilizada na medicina alternativa, é também muito bonita. Devo salientar que sempre faço esse trabalho de trazer pra nossa região plantas que não existem por aqui, ou outras que já existiram. Continuo no aguardo, como disse antes mande no meu endereço pelo reembolso postal. Rua Presidente João Pessoa, S\N - centro - 55310-000 - Palmeirina -PE. Agradeço muito. A Ecologia também.
data: 6 de agosto de 2008 12:42/ assunto: Re: lembrando sementes do cruá,continuo aguardando
Bom dia, Ivo! Já fiz o envelope. Devo postar amanhã algumas sementes de cruá. Espero que as sementes ainda estejam viáveis. Se não conseguir fazê-las germinar, por favor me avise, que eu tento arrumar mais. Parabéns pela sua iniciativa! Um abraço, Neide

data: 20 de agosto de 2008 21:01/ assunto: agradecendo recebimento de sementes
Neide Rigo, bom dia! Recebi as sementes de cruá. Agradeço de coração pela sua boa vontade em me ajudar. Estou a disposição de ti, no que for possível. Até a próxima oportunidade. Ivo Pereira Viana - Palmeirina/PE


6 comentários:

Mariângela disse...

Neide, este é o lado mais legal da blogosfera, a parte que faz tudo valer a pena e o retorno mais bacana que se pode receber,beijo e adorei a história toda!

Cláudia disse...

Neide, estou curiosíssima para saber e ver esta fruta. Nunca ouvi falar. Adorei o resgate do passado, coisa nossa que nem conhecemos!Aguardo novas postagens sobre este assunto!

um bjão!

Ana disse...

Oi Neide ...quanto tempo ....vc até já saiu de férias.
Não pude "deixar de deixar" um comentário sobre esse cruá, porque fiquei curiosíssima pelo tal.
Vou procurar saber se lá em Brotas ele existe.
Beijos.

Silvia - BH disse...

Neste grupo do qual participo há alguns anos há troca de sementes e muita informação:
http://br.groups.yahoo.com/group/arvores/

Anônimo disse...

oi e muinto bom pode conhecer esse saite e muinto emportante que a gente fale um pouco da cutura pernambucana. tchau e muintos beijos ass:jhenny da silva

Doce Refúgio disse...

Olá Neide voçê tem uma carinha muito simpática!Gosto muito do seu blog.Gostaria de dizer que descobrir essa fruta maravilhosa (Cruá)e me apaixonei por ela.Muito espertinha e cresce logo sem frescura e sivira sozinha.Ela é minha fruta paixão,e agora tenho as duas cores:a marrom e a pretinha.Faço sempre o suco dela com gengibre e limão.Se alguém quizer sementes eu darei.Um grande abraço....