sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Favo de Jataí: mel, pólen e cera

Sabe aquele favo de mel de abelha jataí que ganhei nesta semana dos amigos gaúchos? Ontem resolvi extrair o mel - separei com cuidado os potinhos de polén e coloquei as de mel no espremedor de batata (foi a maneira mais fácil e eficaz que consegui improvisar depois de ter tentado espremer na mão, com muito desperdício). Pois bem, espremi, passei o mel num chinois e obtive 300 gramas da preciosidade. Fora o vidrão que o Rui já mandou extraído.
Vi aquele monte de cera espremida e uns potinhos cheios de pólen e me deu um dó danado jogar fora. Então, lavei bem a cera espremida para tirar restos de mel e comecei a molda-la em bolinhas, que foi um divertido e relaxante passa-tempo enquanto via televisão.
Tenho em casa um vidro com um pedaço disforme de cera de jataí que ganhei do meu pai para usar em alguma coisa relacionada à costura ou à máquina de costura, que eu já não me lembro mais. Mas deve ter várias utilidades. Como sou tranqueirenta, um dia posso precisar...
Aqueles potinhos cheios de pólen também me fizeram pensar na quantidade de flores visitadas e polinizadas pelas centenas de abelhinhas que passeiam de estames em pistilos prestando um grande serviço aos nossos pomares. Tanto trabalho pra nada? Sei que deve ter mais serventia na indústria farmacêutica que na cozinha (pólens são suscetíveis a contaminantes ambientais e podem estar impregnados de espécies toxígenas - comer é que não vou), mas ainda assim resolvi separar, peneirar e guardar.
Aí sobraram uns pedaços de cera misturados com restos de pólen e também fiquei com pena de desprezar. Derreti tudo em banho-maria para homogeneizar, amassei bem, enrolei e cortei em pedacinhos. Pode ser útil em cremes cosméticos para calcanhares ressecados, por exemplo. Vou tentar emulsionar com azeite ou óleo de licuri.
Um pedaço de favo = as bolinhas pretas de cera + o pólen + o mel + cera-e-pólen
Se alguém tem alguma sugestão de uso, estou aceitando.
Veja sobre a jataí e seu mel em outro post aqui.
E um artigo recente sobre a composição do mel de jataí, aqui.

8 comentários:

Gina disse...

Neide,
Não sei você conhece o blog da Rute, que sempre procura utilizar ao máximo os produtos e subprodutos, de maneira racional e ecológica.
Ela já fez alguns produtos com cera de abelha, não sei se algo com pólen.
Segue o link para o blog dela:
http://www.publicarparapartilhar.blogspot.com/

Neide Rigo disse...

Oi, Gina!
Eu conheço o blog da Rute, sim. Mas não procurei a cera. Eu já fiz um creme de azeite com com cera, mas era uma cera de Apis, mais limpa. Depois vou procurar com mais tempo.
Um abraço, N

Marcelo disse...

as jataís são as abelhas mais limpas que temos no Brasil, não há relatos de coleta de resíduos ou substâncias tóxicas. Se o local de coleta do mel e pólen não tem contaminantes, creio que seria seguro consumi-los.
De qualquer maneira, a cera pode ser usada para cremes hidratantes de formulação simples, assim como fazemos com a cera de Apis. Se você tiver um pouco de tintura de própolis de Apis poderia fazer uma pomada excelente para usar em machucados.

Neide Rigo disse...

Marcelo,
vi um artigo sobre a análise de várias amostras de polen de jataí e algumas estavam mesmo contaminados. Talvez precisasse passar por algum processo antes de consumi-los, não sei. Já o mel, não. Tudo bem consumi-los e já está de bom tamanho. Pena que não tenho o própolis, se não, faria a pomada. Mas acho que vou usar a cera mesmo pra fazer um creme.
Obrigada pela contribuição.
Um abraço,
N

Anônimo disse...

Neide, na Africa sei que fazem sabão das ceras da abelha, aqui eu não sei conheço uma Nigeriano vou perguntar como é, te falo bjs.(Diulza)

João Luiz disse...

Volta e meia faço uma vizitinha ao teu blog. Gosto muito.Parabéns pelo belo tarabalho.
Eu acredito que o teu pai indicou a cera como lubrificante da correia da máquina.
Procure guardar o mel na geladeira pois como possui mais água, pode fermentar neste calorão. O pólen possui amioácidos, proteína,vitamina etc. conserve congelado. Pode ir colocar uma pequena quantidade quando fizer vitaminas ou misturar com mel. Super alimento. Crie jataí é um exelente hobby.
Aproveito para te convidar para conhecer o meu blog:
meliponariocapixaba.blogspot.com

Marcelo Pirografo disse...

oi. pode fazer iscas com a cera para atrair novos enxames. eu cheguei ate teu blog na esperança de conseguir um pouco de cera. mas acabei de ver que a postagem eh de 2015! puts! en fim, ja que escrevi vou publicar. grande abraço rss

Anônimo disse...

Gostei. Li num blog criejatai.blogspot.com.br, que o mel é um baita alimento.