terça-feira, 18 de março de 2008

Pitaia

Esta pitaia orgânica comprei na feirinha do Parque da Água Branca (todos os sábados, de manhã). Foi de uma assim, só que de casca amarela, que tirei há uns 5 anos as sementinhas pretas e plantei num vaso. Logo germinaram e quando um dos cactos já estava crescido levei para Fartura, onde cresceu, subiu numa palmeira e já deu alguns frutos. Lembra figo da índia, só que mais prazeroso de se comer, porque as sementinhas são crocantes.

7 comentários:

Elena sem H disse...

Além do mais é lindíssimo!!
Qual o horário da feira lá no Pq Água branca? Já ouvi que é BEM cedo e fico cá pensando se isso quer dizer chegar lá às 7h00 e tudo bem ou se seria exagero meu e ficaria esperando montarem tudo...
A atividade desenvolvida com os jovens com as mini-estufinhas foi um sucesso. Já repeti a experiência com um grupo de educadoras que estávamos capacitando e a idéia vai viajar o Brasil daqui a pouco ;-)
Beijos e obrigada pelas constantes informações interessantes.

Minny disse...

Querida Que lindo E como germinou assim tão depressa?
Eu gostava de saber como se come esse fruto. Parece que tem muita semente. Ou é impressão minha?
Um beijo.

Fabrícia disse...

No sítio do meus pais tem tb...cresceu rapidinho...adoro....
Bjcas.

Redneck disse...

Oi Niede, você não quer me linkar no seu blog? Estou, diariamente, colocando minhas aulas da faculdade de gastronomia. Você já está linkada. Beijo.

Alessander Guerra disse...

Oi Neide era eu sim, na pré-estréia do filme Estômago.

bjs
Alessander Guerra
www.cuecasnacozinha.blogspot.com

carlinhos de lima disse...

Linda!

Jane Malaquias disse...

Na Nicarágua é um suco muito comum em qualquer lanchonete, eles colocam um pouco de limão e a cor fica linda !