segunda-feira, 31 de março de 2008

Feirinha Boliviana

Fomos no domingo de dia à feirinha dos bolivianos: Cenia Salles, líder do Slow Food; Teresa Corção, chef do Restaurante O navegador e do Slow Food do Rio, e eu. Sempre tinha comido salteñas, mas desta vez Cenia e a Teresa quiseram experimentar um prato de verdade. Pedimos um só para provar. Lomo assada: carne de porco, banana e batata-doce assadas. Muito bom, substancioso, bem temperado. Mas da próxima vez vou levar meu prato e talheres, pois são servidos com faquinha e garfinho de plástico fininho, daqueles de comer bolo, que não suportam cortar um pedaço de carne. Bem, voltamos cada qual com sua sacolinha - milhos coloridos, favas, quinoas, chás de coca, pimentas/ rocotos, quirquinha – uma erva de aroma maravilhoso, batatas divertidas y otras cositas más.


Teresa e eu. Difícil escolher.

Feira Boliviana: todos os domingos, das 11h às 19h, na praça Kantuta - altura do no 625 da rua Pedro Vicente, bairro do Pari, São Paulo (SP). Melhor chegar depois das 13 horas, quando está mais agitada e divertida. Como chegar: Fica a 700 metros da estação Armênia do metrô, saída para a rua Pedro Vicente. É só perguntar, todo mundo sabe.

2 comentários:

Ana disse...

Aposto que vc vai plantar sementinhas de rocotos.

Gourmandise disse...

Eu surtei nesta feira! Fui embora com dusa sacolas imensas! Tudo tão diferente!
bjo,
Nina.