quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Programação do Espaço Gourmet Slow Food


Vejam aqui a programação do Espaço Gourmet Slow Food, que vai acontecer durante o evento Terra Madre Brasil, em Brasília, entre os dias 4 e 7 de outubro. Prometo trazer novidades para quem não puder ir.


A programação a seguir foi copiada na íntegra do site do Slow Food/ Terra Madre Brasil.


O Espaço Gourmet Slow Food será administrado pela Abrasel-DF e todo seu lucro será revertido para a Fortaleza do Arroz Vermelho, Fortaleza do Feijão Canapu, Fortaleza do Palmito Juçara e para a Comunidade de Produtores de Marmelada de Santa Luzia


Local: IV Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária

Pavilhão ExpoBrasília – Parque da Cidade


O Terra Madre encontra a Feira


05 de Outubro – Sexta Feira

14:30 – 16:00 - Oficinas do gosto para crianças

Chef Emiliana Azambuja, Chef Murielle Dargaud e Convivium Slow Food de Pirenópolis


16:00 – 17:30 - Oficinas do gosto para crianças

Chef Emiliana Azambuja, Chef Murielle Dargaud e Convivium Slow Food de Pirenópolis

Alimento: prazer, cultura e convívio Atividade ludico-educativa para crianças de escolas públicas de Brasília, buscando trazer maior entendimento sobre nosso alimento, qual o seu sabor e de onde vem, tornando, assim, o ato de comer mais prazeroso.


20:00 – 22:00 - Jantar Especial Chef Ofir de Oliveira - Restaurante Sabor Selvagem, Belém.» Entrada: Bolinho de Piracui com PirarucuKunkani»

Prato Principal: Peixe à Capitoa, com molho de arubé (concentrado de tucupi que os índios usavam para preservar a caça)

Genesis Merlot»

Sobremesa: Creme de bacuri

Versus Rose.


06 de Outubro – Sábado


12:30 – 14:30 – Almoço Especial Chef Faustino - Cantinho do Faustino, Fortalezae Chef Rita de Medeiros – Sorbê, Brasília.

Entrada: Surpresa do Nordeste – macaxeira recheada com camarõesAdolfo Lona Brüt Branco Champenoise

Prato Principal: Filé de Peixe ao Mocororó, acompanhado de arroz vermelho e purê de abóbora.

Adolfo Lona Brüt Rosé

Sobremesa: sorvete de frutas do cerrado com calda de pequi

Adolfo Lona Demi-Sec Moscatel.


15:30 – 17:00 – Oficina Ecogastronômica Delícias do Norte – Chef Fábio Sicília - Restaurante Dom Giuseppe, Belém (Líder do Convivium Amazônia)


18:00 – 19:30 – Oficina Ecogastronômica A Festa da Polenta – Chef Ana Toscano - Vila Borghese, Brasília


20:30 – 22:30 -Jantar Especial Chef Mara Alcamin - Restaurante Zuu aZdZ, Brasilia.

Couvert: pães artesanais de ervas aromáticas com manteiga caseira de umbu

Entrada: Capuccino de BerbigãoEspumante Dom Geovanni Universal Brut

Prato Principal 1: Ceviche de frutos do mar com caipirinha de cupuaçu

Espumante Casa Valduga 130 anos

Prato Principal 2: Fettucine de palmito Juçara à moda Alfredo com escalope de filet com cogumelos orgânicos

Vinho Tinto Don Geovanni Reserva Merlot

Prato Principal 3: Costeleta de cordeiro ao culis de mel e hibisco com feijão canapu tropeiro e farinha d’água

Vinho Tinto Dom Laurindo Reserva Tannat

Sobremesa: Arroz vermelho doce com paçoca de baru.

Vinho Tinto Miolo cuvée Giuseppe.


07 de Outubro – Domingo

12:30 – 14:30 – Almoço Especial Chef Beth Beltrão - Restaurante Viradas do Largo, Tiradentes.

Entrada: Palmito na manteiga

Aurora Millesine Brüt

Prato Principal: Viradinho da cozinheira com feijão canapu e Carne Serenada

Valduga Premium Cabernet Sauvignon

Sobremesa: Doideira da Mineira com queijo minas artesanal, marmelada de Santa Luzia e doce de umbu

Aurora Colheita Tardia


15:30 – 17:00 – Oficina Ecogastronômica

Super Tapioca – Chef Teresa Corção - Restaurante O Navegador, Rio de Janeiro e Instituto Maniva

5 comentários:

Sill disse...

Nê, Acho q não fui selecionada, pois não recebi nada do Slow...que puxa...

Joaquim disse...

mas a inscrição acabava hoje, nem deve ter dado tempo deles selecionarem ainda. imagine o tanto de gente que se inscreveu, deve dar um trabalhão organizar todas as inscrições e ainda selecionar. acho melhor ter calma e esperar um pouco. também não recebi nada.

Lídia disse...

Olá Neide,
obrigada pela sua visita. Também gostei muito de conhecer o seu blogue. Quanto à massa filo e à yufka, eu penso que a vulgar massa filo também não tem ovos, pelo menos foi o que consegui apurar nas minhas pesquisas. Mas, eu só utilizei a massa filo turca, que adoro! Não conheço a grega... Se for para baklava, existe outra yufka própria, aqui na Turquia. Todas elas se encontram à venda frescas e não congeladas.
Beijos

Eliana Scaramal disse...

Neide esse evento vai ser um luxo em?! Mau posso esperar as novidades que vai trazer. :)

Jane Malaquias disse...

Será que é muito caro ?