sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Paçoca com melancia

Tudo no mesmo prato: a paçoca de farinha de milho e a melancia


É a coisa mais normal do mundo de se comer em Capão Bonito: paçoca de farinha de milho com carne, no mesmo prato da melancia, cultura farta por lá. Às vezes substitui uma refeição completa. Parece estranho, mas a gente também não come açaí com camarão seco no Pará? (quero dizer, eu como...). Quase a mesma coisa, vá. Pois é, mas no Vale do Ribeira, onde fica a cidade, também é costume comer a paçoca de carne e laranja na cuia: tira uma tampinha da laranja e toma o caldo junto com a paçoca. Comida de tropeiro, paçoca feita no pilão, partes iguais de farinha de milho e carne (bovina e suina) frita, servida na gamela de madeira.
A paçoca tem que ser socada no pilão
Fiquei sabendo disto no Revelando São Paulo, que estará até domingo no Parque da Água Branca. São várias estandes de cidades paulistas. Em poucas horas dá para aprender muito sobre a culinária paulista e peculiaridades como esta. E vale também pela oportunidade de se conhecer um pouco da riqueza da cozinha do Vale do Paraíba com as paçocas de Guaratinguetá, o arroz vermelho com suã de Cruzeiro ou a pamonha na folha de caetê de Redenção da Serra, por exemplo.



Festival da Cultura Paulista Tradicional Culinária, música, dança e cultura indígena

De 8 a 16 de setembro

Parque da Água Branca - Avenida Francisco Matarazzo, 455, Perdizes, São Paulo – SP

10 comentários:

Verena disse...

Neide, adorei as curiosidades do nosso estado. Valeu pela dica e ótimo final de semana.
Beijinhos.


www.mangiachetefabene.wordpress.com

Edna disse...

também adorei a feira!
O mais interessante é ficamos mais curiosos com outros estados e esquecemos do nosso que é muito rico. beijos.

Anônimo disse...

Olá Dani,

Tudo bem?
Quem escreve é Luara, repórter da revista Tpm - Trip para Mulher, e gostaria muito de convidá-la para participar de uma seção da revista. Por favor, me escreva: luara@trip.com.br.

Um abraço e parabéns pelo blog!

Luara

Anônimo disse...

Neide, acabei de te escrever, confundi o seu nome com Dani, mil desculpas! Falaram este nome do meu lado quando eu estava escrevendo para você. Um lapso.

Um abraço.
Luara

Neide Rigo disse...

Pois é, Edna e Verena, há coisas por aqui que não imaginamos. Bom fim de semana!

valentina disse...

que bacana este evento.adoraria ir..pena que fisicamente é impossível.

bia disse...

me deu vontade de provar a paçoca e de ir a este evento ! bjs

Eliana Scaramal disse...

Sabe que em Goiás também comemos muito paçoca de carne seca. E algo que sempre como lá e que é estranho aqui, é fazer o pratinho com arroz e feijão e expremer por cima o caldo da laranja. :)

fezoca disse...

Eita! Paçoca eh bao demaisss. Qto tempo, quanto tempo... ;-) bjs!

Neide Rigo disse...

Humm, Eliana. Estou começando a gostar desta idéia de paçoca com laranja.
bjs, n