quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Limão Kafir ou lima-de-cafir - ganhei!


A muda chegou bem embalada, verdinha, com as flores intactas

Até outro dia desconhecia o cultivo de limão kafir ou lima-de-cafir no Brasil. Tudo o que tínhamos eram aquelas folhas secas e já sem perfumes compradas no bairro da Liberdade. Mas hoje chegou um pacote enorme por Sedex e era ele, que soltou uma baforada de perfume assim que fiz o primeiro furo com estilete para abrir correndo o pacote. Foi um leitor do blog quem mandou o presente. O Edilson, que tem um viveiro chamado Ciprest, em Limeira, e trabalha com estas frutas raras há 30 anos, manda qualquer muda pelo correio. O link dele está aí ao lado em "Comércio Legal". Nem sei como agradecer. Acho que o que posso fazer é divulgar aqui porque tenho certeza de que muita gente vai querer.

Sobre o limão kafir ou lima-de-cafir (Citrus hystrix ou Fotunella sagittifolia)
Originário do Sudeste Asiático, esta lima ácida começou a ser cultivada por aqui há poucos anos, especialmente em pomares domésticos por amadores que adquirem mudas de viveiros de frutas raras como este do Edilson. Embora usemos folhas de outros cítricos quando queremos substituir as de lima-de-cafir, seu perfume é muito diferente. Têm um aroma cítrico combinado com citronela que vai bem naquelas receitas asiáticas que levem também galanga, gengibre, capim santo, leite de coco. Podem ainda ser cortadas em tirinhas muito finas e colocadas no final, para decorar o prato. A raspa da casca também é muito aromática e é usada em pratos doces e salgados. Uma das características da planta, é que as folhas são compridas e formadas em duas partes como se fossem duplas. E os frutos têm casca muito rugosa e grossa. Embora quase não tenha suco, o pouco que se obtém espremendo pode ser usado junto com outras frutas para dar mais acidez e sabor.

Não vejo a hora de poder usar raspas, folhas e sucos (afinal a planta já veio com embriões de frutos)! Agora já posso fazer a receita do rendang quase fielmente.
Sei que é feio perguntar preços do que se ganha, mas achei que os leitores iriam gostar de saber o preço de uma raridade. Então, seguem informações dele mandadas por email só para se ter idéia:

Oi, Neide! Esta planta tem 24 meses, já inicia a produção. O Kafir Lime, Laranja Trepadeira, Limão Doce, Cidra Mão de Buda, entre outras, são cítricas mais raras, com custo de R$ 38,00. Desta forma, seu custo seria: 01 Kafir Lime - R$ 38,00; Embalagem/Postagem -R$ 12,00; Sedex São Paulo - R$ 18,00; Total - R$ 68,00*

Para uma planta raríssima, entregue em casa, que irá produzir frutos e folhas por muitos anos, acredito que mesmo assim seja um ótimo preço.

As cítricas mais comum (Tangerina Ponkan, Mexerica Rio, Bahia, dentre outras ) vendo a R$ 12,00 mais o custos acima (embalagem e Sedex). Espécies mais difícies de encontrar (Cidra, Laranja Cavalo - para doce, Tangerina Dekopom, Laranja Abacaxi, dentre outras), vendo a R$ 20,00, mais custos acima. Para quem quer comprar muitas mudas, existe a possibilidade de envio por encomenda normal (PAC Correios) ou ainda pelo Sedex, porém tiro as folhas e a terra para ficar leve, desta forma vão umas 6 mudas por Kg. Também entregamos com veículo próprio, para compras maiores. A vantagem do correio é que chega em todo Brasil, para pouca quantidade acredito ser o melhor custo/benefício. Abraços,

* As folhas do Kafir estão isentas de agrotóxico, se quiser usar pode; não prejudica a muda tirar, pelo contrário ela crescerá mais rápido.

Edilson Giacon

Fone (19) 3451-5824 / 9144-7580
Ciprest - Mudas de Plantas - Limeira- SP
www.picasaweb.google.com.br/Edilson.Giacon


8 comentários:

Leo Beraldo disse...

Esse cara foi um achado, em breve vou visitar o seu viveiro.

tita disse...

Nossa, que maravilha!!
=)

sylribeiro disse...

nossa!!!
esse limão é realmente uma estrela entre as estrelas.
na casa dos meus avós tinha um pé de lima doce, a gente chamava de limão-doce, era quase um ponto turistico de tanta gente que ia lá so para ver e provar os frutos dele.
fora que era sempre carregado, e os frutos de uma doçura sem fim.
durante muitos e muitos anos ele foi reverenciado, a gente sempre levava seus frutos para os amigos de fora, e ninguem acreditava que era limão!
pena que nao existe mais hoje, nem ele nem o quintal dos avós.
neide, obrigado pela informação, vou passar para os primos que ainda moram lá no interior para eles encomendarem uma muda! abraços!!!

Maria-Manuel disse...

Querida Neide,

desaguei em seu blog por curiosidade, era um dos que o "Ardeu a Padaria ( mas ficou a cozinha!)" tinha na lista...

Estou muito feliz por a ter encontrado - faz falta um sitio onde a identidade culinária brasileira seja pesquisada com tanta candura e afinco. Bem haja.

Por favor não pare! Um abraço da Maria Manuel

Neide Rigo disse...

Maria, obrigada! Espero poder sempre atendê-la! Um abraço,
N

Mari Catija disse...

Queria agradecer pela preciosidade que acabei de encontrar aqui, estou na Tailandia estudando massagem e fiz um curso de massagem com ervas e que usa as folhas secas do limão Kafir e estava preocupadissima em nw achar....problema resolvido...rs...muito obrigada...

Newton Oliveira disse...

Sou Chef de Cuisine em Curitiba, tenho interesse em uma muda de Limão Kafir.
Alguem sabe onde posso encontrar?

Anônimo disse...

Oi Neide!

Adorei a dica do Limão Kafir! Vou pedir uma muda para o Edilson com certeza :) Vai fazer companhia para o meu pé de Yuzu plantado ano passado está indo que é uma beleza...

obrigada!
Ana Baravelli
anabaravelli@gmail.com