quinta-feira, 2 de julho de 2009

É hora de colher a araruta

Aquelas ararutas que ganhei, plantei-as na roça de café. A produção ainda é pequena, de modo que não valerá o esforço para extrair o amido. E se o anseio fosse este, o de obter fécula, ainda aguentariam um pouco mais sob a terra. Mas quis aproveitar a viagem e trouxe algumas que irão pra panela (outras ficaram para garantir e aumentar a próxima safra).

Meu pai sacodiu um pouco a planta para que as raízes se soltassem da terra fofa. Depois foi só puxar de uma só vez com firmeza.
Para comprar araruta verdadeira (não o que se encontra hoje no mercado - polvilho doce de mandioca vendido a preço de araruta), entre em contato com Sr. Pedro Augusto Borges Coni: contatoararuta@hotmail.com - Tel. celular: 75-8129-1719, que entrega por correio a verdadeira.
Já falei de araruta aqui

10 comentários:

Gina disse...

Há muitos anos, fazíamos em casa biscoito de araruta, mas sabe-se lá se era a verdadeira! Os produtos industrializados nem sempre são ou têm o que dizem ser ou conter. Se temos uma terrinha, por menor que seja, é a certeza da colheita e alimentação saudável.
Bjs.

clau disse...

Me recordo qdo vc falou da araruta que nao era araruta.
Assim como sabemos que o "sagu" nao é sagu, tb.
Mas o que me preocupou muito foi minha mae me dizer que a farinha de trigo e tb o fuba estao horriveis, pq alterados...!
Sera que vou ter que levar estas coisas daqui qdo for para ai?!
Nao acredito...
Bom fim de semana, Neide!

Joe_Brazuca disse...


Antes de qq coisa, deixa te falar : teu blog é "massa real" !...Seu conhecimento é extraordinário, e ainda com arte, fica "mel na canjica"...rs !

Bem, elogios postos à mesa ( e sinceros...)vou te contar uma coisinha que talvez vc ja saiba :

A Araruta é exportada em grande quantidade sabe pra onde tb ?

Hollywood !...sim !

Por muitos anos os "pequisadores" do cinema procuraram algo que realmente satisfizesse a textura de um "sangue cenográfico"...
Pois é !...encontraram na "nossa" farinha de araruta, que misturada a outros elementos (mel, açucar, chocolate, "catchup" e outras "melecas" mais, sabe-se lá o que...rs), faz atinger-se aquela textura esperada pela "movie city" !
Legal né ?...portanto, quando a gente vê aqueles fimes com aquele "sangueba" toda, tá lá a nossa farinhazinha qeu tantas coisas gostosas fazemos "pelaqui", né mesmo ?...rs

um beijo e Parabáens !

Joe

Neide Rigo disse...

Oi, Joe!
Não sabia disto, do sangue. Obrigada!
Neide

Anônimo disse...

Oi Neide!
Vim parar no seu blog pesquisando sobre araruta. Serviu-me muito! Até já plantei e já comi refogada (receita sua).
Outras pesquisas (hibiscus sabdarifa) tb me trouxe pra cá e daí sempre visito, leio e fico feliz.,
Achei bom lhe dizer. É uma preciosidade seu blog.
Obrigada,
Lourdes

Neide Rigo disse...

Obrigada, Lurde. Fico feliz de saber. Um abraço, N

Ana Flávia disse...

Oi, tudo bem?
Cheguei no seu blog procurando por farinha da araruta. Que blog maravilhoso você tem!
Será que eu ainda consigo encontrar a verdadeira farinha de araruta?!
Vejo em muitos blogs gringos referências à farinha de araruta em receitas sem glúten. Por aqui é missão impossível achar a tal farinha. Que coisa!
Ana Flavia

Neide Rigo disse...

Oi, Ana FLávia,
Há araruta, sim, mas é raridade atualmente.
O Seu Pedro Coni, lá da Bahia, vende araruta. Aqui está o contato dele: saboresdeararutas@gmail.com
Um abraço,n

Araruta da Bahia disse...

Olá Neide, nós aqui no interior da Bahia temos nosso site para venda da Legitima Araruta. Quem desejar adquirir a Araruta verdadeira acesse nosso site: http://ararutadabahia.loja2.com.br/308427-Araruta-Pacote-de-1Kg

Morgana disse...

Oi Neide, tudo bem?
Eu estou morando em Manaus desde janeiro e aqui tem uma araruta ótima, "Dona Carminha", nao sei se voce ja ouviu falar. Eu tenho feito uma experiencia de tapioca de araruta, fica bem gostosa, mas nao sei se faz muito bem. Voce tem alguma ideia sobre isso?
abracao!