quarta-feira, 1 de julho de 2009

É hora de colher a cúrcuma

Aqui entre os trópicos, lá para o mês de outubro ou novembro, esteja onde estiver um rizoma de açafrão - numa gaveta já apontado e usado como um lapis improvisado de anotação; dentro da cesta de frutas na cozinha, na geladeira dentro do plástico ou debaixo da terra, que é onde ele já deveria estar -, ele vai brotar. Aqui em casa, em Fartura ou no clube da prefeitura, aqui perto, eles despontam todos ao mesmo tempo. Logo depois, as folhas sabendo a manga verde já podem ser usadas como embrulho para peixe ou como tempero (é só amarrar e jogar dentro de um panela de sopa ou curry, por exemplo). No começo do ano, entre fevereiro e março, desabrocham as lindas flores brancas que duram vários dias. Pouco depois, quando abril já vem anunciando um vento frio, as folhas começam a perder a graça e o viço, para ficarem amareladas entre maio e junho. É hora de pegar na enxada. Foi o que fizemos, minha amiga Inês Correa e eu, neste fim de semana em Fartura. Um pedaço já serviu para colorir o arroz de frango caipira da dona Orga, digo Olga.

Novembro e março
Junho: foi pra panela. Com frango e arroz
Um pouco sobre a cúrcuma
Muita gente confunde cúrcuma com o açafrão, a especiaria rara que colore e dá sabor à paella. A cúrcuma também confere sabor e dá cor, só que com personalidade muito própria. Aliás, muita paella por aí recebe um reforcinho extra deste corante (quando não de amarelo tartrazina), já que é infinitamente mais barato. Mas, pela similaridade de atitude, pode ser chamada de açafrão-da-terra ou açafrão-da-índia, embora haja um abismo de diferenças entre este tubérculo e os estigmas da flor de açafrão, caríssimos. Por aqui recebe ainda outros nomes: gengibre-dourado, açafrão-do-amazonas ou açafrão-de-raiz. Por sinal, os nomes revelam muito de sua natureza colorífica, afinal açafrão vem do árabe Za´faran, que quer dizer amarelo, assim como o persa kurkum ou o sânscrito kum-kuma, que deram origem ao nome científico Curcuma longa. Em inglês é turmeric, que vem do latim terra merita ou mérito da terra.

Hoje a gente encontra cúrcuma no Brasil todo e em todos os países tropicais, mas a planta é nativa do Sul e Sudeste Asiático. Da família das zingiberáceas, como o gengibre, a parte de maior interesse da cúrcuma são os rizomas que crescem debaixo da terra, de coloração laranja ou avermelhada. Na Ásia, já era usada como especiaria, corante e remédio há 4 mil anos. Hoje é usada na fitoterapia, com efeitos comprovados, como digestiva, estimulante da vesícula biliar, hepatoprotetora e imunoestimulante. Além disso, o pigmento de nome curcumina age como potente antioxidante.

É um tempero comum em vários países asiáticos, especialmente na Índia. É o que dá aquela cor amarela parte parte do sabor na maioria dos curries indianos e entra em quase todos pratos de carne, vegetais ou grãos. Não é muito fácil ser encontra fresca, como estas que colhi em Fartura, mas, quando recém-colhida, tem uma fragrância fresca e sabor algo amargo e picante. O que se acha no mercado é o produto em pó fino, resultado da secagem e trituração dos tubérculos, com perfume almiscarado e sabor lembrando um pouco o gengibre. Na Indonésia, as folhas frescas, com delicioso perfume de manga verde, também são usadas como aromatizante em pratos com molho ou sopas. O fato é que cada país que cultiva tem hoje seus usos mais comuns. No Brasil costuma ser usada para colorir arroz, pratos com galinha, peixe ou frutos do mar. E, embora não seja comum, em alguns países aparece em pratos doces como no bolo libanês Sfoof, feito com semolina.
Cultive você mesmo
Se tiver a sorte de encontrar cúrcuma fresca por aí (quando é época - agora - costuma aparecer em alguns supermercados e hortifrutis), enterre algumas para ver brotarem as folhas e use como tempero (ou espere um pouco mais e colha novos rizomas). Para conservar frescas, lave bem e congele. Na hora de usar, espere descongelar um pouco e rale. Mas use luvas e uma tábua que possa ser manchada, pois ela tinge tudo o que passar por perto. E lembre-se que uma parte do pó equivale a duas do produto fresco. Ou mais. Se quiser secar, é só fatiar fino, deixar secando na sombra seca e depois triturar no liquidificador.
Brinque de tingir
O pigmento da cúrcuma é muito sensível à alcalinidade, principalmente quando aquecido. Junto com bicarbonato ou fermento químico, nos bolos, por exemplo, ganhará uma linda cor vermelha. Adicione 1 colher (chá) para cada 300 g de farinha e o bolo ficará amarelinho. Se usar o dobro, o bolo poderá ficar vermelho e ainda ganhará um toque intrigante de especiaria, que poderá ser intensificado com um pouco de erva-doce ou canela em pó.
Faça um teste: coloque um tanto de cúrcuma em água e leve para ferver. Mergulhe aí um pedaço de pano branco. Ele deve ficar amarelo. Se quiser, fixe com sal. Aponte agora um pedaço de sabão como lapis e escreva ou faça desenhos sobre o pano ainda molhado. O sabão, que é alcalino, produzirá riscos vermelhos. Se arrependeu? quer apagar tudo? é só lavar tudo com vinagre que a cor amarela volta ao normal. Por isto, se manchar uma roupa com cúrcuma ou curry, não passe sabão. Se não, só mudará a cor da mancha para pior. Melhor lavar só com água ou com limão ou vinagre branco.
Veja também

80 comentários:

Mariângela disse...

Neide,queria mesmo era comer aquele arroz com galinha da dona 'Orga',que este sim sei que é dos bons,beijo!

Anônimo disse...

Neide, também plantei curcuma há pouco.Agora estou ansiosa para ver a flor. Também ganhei alguns rizomas que vieram do Sudão, mas estão bem secos, parecem desidratados. Seá que brotam? Tenho usado bastante!!
Um abraço,
Mariana Maronna

Neide Rigo disse...

Pois é, Mariângela, desta vez foi a Inês quem passou bem. Mas você pode voltar quando quiser, que será sempre bem-vinda.

Mariana, só não vai brotar se o rizoma foi irradiado. Às vezes as especiarias o são, justamente para que não brotem. É esperar pra ver.
beijos, N

Heguiberto disse...

Oi Neide,
Gostei desse posting!
Faço bastante comida Indiana em casa e a curcuma (turmeric) é indispensável.
Aqui vai uma dica da proxima vez que a curcuma florir colhe algumas flores e faça uma salada delas com um tempero leve de azeite, sal, pimenta do reino e limão. As flores são degustadas na Indonésia
Abraço,
Heguiberto

mariacarambola disse...

Coisa linda, hein... experimentei cúrcuma semana passada, em um arroz integral amarelo. Adorei.

Neide Rigo disse...

Oi, Heguiberto,
que ótima dica! Bem que eu desconfiava, mas não tinha certeza. Estou agora ansiosa pelas flores. Obrigadíssima!

Maria, nunca botei no arroz integral, mas deve ficar bom.

Um abraço,
N

Rhayssa disse...

Neide, que flor linda! O pé de curcuma fica muito grande? Dá pra plantar em vaso?

Neide Rigo disse...

Rhayssa,
o pé de cúrcuma não fica muito grande, não. Deve atingir cerca de meio metro. Dá pra plantar em vaso, sim.
bjs,n

Verena disse...

Neide, comprei os rizomas na feira sem saber como usar, mas com muita vontade de descobrir. Adoro comidas coloridas. Vou colocar no arroz, refogados e bolo, com certeza. No pão deve ficar lindo!
Adoro seus posts! Bjs!

Anônimo disse...

Olá Neide,gostei muito da sua aula sobre curcuma.Em Agosto vou dar um curso em Petropolis sobre alimentos anticancer e a curcuma fará parte do cardapio que sera oferecido.(sou nutricionista).Gostaria de saber onde posso encontrar esta raiz no RIO pois ate agora não tenho certeza se estou comprando açafrão ou curcuma.Att Catia.meu email catiaeboli@hotmail.com

Carmen disse...

Neide, como te envidio con esa cúrcuma que sembraste.

Y lo mismo sucede acá también, la gente confunde el bulbo de cúrcuma y le dice que es de azafrán sólo por el color, qué equivocados están. Hasta se enojan los vendedores cuando se los hago ver. No tienen ni idea que cosa es la cúrcuma.

Algún día podré sembrar mi cúrcuma en casa.
Un abrazo

Anônimo disse...

ola neide te descobri hj. procurando pela corcuma,onde encontro aqui em são paulo para plantar aki em casa e saber que é a verdadeira meu
email relelelopes@msn.com

abçs

Marga disse...

Bom dia... gostaria de saber onde encontro o VERDADEIRO ..Curcuma que tenha o pigmento Curcumina
... Gostaria de saber onde compro aqui no Rio de Janeiro.
agradeço retorno de VCs.
margarettcunha@bol.com.br
msn- margarett.cunha@hotmail.com

Célia disse...

Ola Neide
Mui tom seu post, tb fiquei com uma vontade de comer a galinha da Da. Orga!
Sabe me informar onde encontro para plantar? Estou em Sao Jose dos Campos, int. SP. Se nao encontrar, seria possivel vc me vender uma muda? Passe uma conta e eu deposito um valor + o frete pra vc.
Grande abralo e tudo de bom!!
Célia Paula - ctpaula@hotmail.com

Severina Gomes disse...

Muito interessante tudo isso. Minha esposa é bastante curiosa com semente desconhecidas e/ou exóticas. Sempre as planta para ver no que dão. Ela conseguiu uns rizomas, enterrou-os num vaso no jardim, deixando uma parte deles à mostra para sabermos que havia alguma coisa ali. E não é que brotaram as folhas, e realmente têm esse saboroso aroma. Agora estamos esperando as flores. E pelo que você nos informa e os comentários acima, só não vamos comer a terra, ainda....rsrsrs. Obrigado pelas dicas.
Djam e Sônia
Igarassu / PE

Neide Rigo disse...

Djam e Sonia!
Espero que aproveitem tudinho. Um abraço, N

Glora Buffet disse...

Adorei as dicas. Tenho um buffet de especialidades indianas. E finalmente consegui algumas rizomas de curcuma orgânicos. Vou tentar cultiva-los.

José Pedro de Oliveira disse...

Tenho isso no meu quintal. Faço uso dessa planta a vários anos.Muito saborosa como temperos e agora sabendo de suas qualidades terapêuticas fico muito feliz.

José Pedro de Oliveira

lidia z disse...

Prezada Neide, gostei de seu post e gostaria plantar: pode me indicar onde encontrar rizomas de cúrcuma? Moro em Águas da Prata, SP.
Grata, Lidia

Neide Rigo disse...

Lídia,
agora começa a temporada, então tem que ficar de olho nos supermercados, feiras e hortifrutis. É só comprar e plantar o rizoma. Boa sorte!
Um abraço,
N

Catossi disse...

Gostei muito do post sobre a Curcuma Longa. Procurava à muito e fui encontrar no seu blog. Tenho-a plantado, sabia que era útil, mas sem detalhes. Ainda hoje mudei a planta de local, pois ela tem uma grande touceira, e realmente ela tem muitos tubérculos. Agradeço muito suas informações. Se alguém precisar, estou próximo de Curitiba, morando na área rural. Vide o blog: http://catossi-ovinocultura.blogspot.com/search?updated-min=2010-01-01T00%3A00%3A00-02%3A00&updated-max=2011-01-01T00%3A00%3A00-02%3A00&max-results=14

abraço e sucesso.

cidacerqueira disse...

amei a informação sobre a cúrcuma, gostaria de ter a oportunidade de plantar no meu qintal.

cidacerqueira disse...

email:cidacerqueira2010@hotmail.com
diz que vou ter um pé no meu quintal.
vou esperar

Anônimo disse...

Ah! Que legal, vi uma receita com curcuma e não sabia o que era, aprendi mais uma, adoro temperos e sabores diferentes, gostei tb da dica de tingimento.
Obrigada, Bjs
Mara Fernandes

maje disse...

Neide, moro em Curitiba e o Sr. Catosse tem a planta Curcuma, como poderia me comunicar com ele?
Obrigada, bjos.
Maria josé

Anônimo disse...

Oi Neide, lindo seu post. Adorei, e agora mais uma idéia para a cúrcuma, quando fizer massa fresca colorida, o pó de cúrcuma ajuda a fixar a cor da massa ao cozinhá-la, principalmente as de cor amarela (cenoura) e rosa escura (beterraba). O único problema é achar a cúrcuma verdadeira, sou de Campinas SP, e não acho em lugar nenhum, gostaria de plantá-la para ter sempre.
Muitos beijos e obrigada pela dica maravilhosa.
Meu nome é Maria do Carmo Di Tullio e meu e-mail é mariactullio.hotmail.com

Neide Rigo disse...

Maria do Carmo,
seu email está certo? tentei mandar uma mensagem, mas a resposta é que o endereço está errado. Me escreva no neide.rigo@gmail.com.
Um abraço,
N

Anônimo disse...

Neide, li seu post no domingo passado e fiquei entusiasmada, pois descobri que tenho essa raíz aqui em casa.Na verdade eu nem sei te dizer como é que ela foi parar no meu vaso de babosa, só sei que ja faz uns 3 ou 4 anos que vejo essa planta nascer, florescer e secar, mas eu não imaginava que na terra havia isso tudo!!! Então hoje fui fuçar nas minhas plantas (estou tentando fazer uma horta em vasos, já que não tenho espaço com terra aqui) E fui replantar as mudas de babosa e me lembrei da cúrcuma. Retirei algumas raízes e plantei 3 delas em locais diferentes. Vamos ver, né!
Ah e agora um elogio, ou melhor, mais um elogio, .... rs...., Amei seu blog!!! Fiquei o domingo passado todinho lendo suas postagens!
PARABÉNS!!!
Bjs,
Tarles Regina
tarlessilva@bol.com.br

Anônimo disse...

Olá Neide, vi e li a sua postagem gostaria de saber onde posso encontrar uma muda de cúrcuma.Não sei onde fica sua cidade. Sou mineira, São Gotardo,estou muito interessada na planta pois li um livro onde um médico diz que tal planta combate o câncer. Se me responder ficarei muito grata.
Meu email é: reginarocha11@hotmail
Cúrcuma é o mesmo que açafrão?

Michele disse...

Quero agradecer por ter postado sobre a curcuma, estou a tempos procurando sobre o assunto.
Sabe me informar a validade depois que fizer em pó? Muito obrigada!
Michele Tomazani

Neide Rigo disse...

Michele,
não sei a validade, mas se estiver bem seco o pó, pode durar meses (na geladeira, mais ainda).
N

Michele disse...

Muito obrigada!

LENI PAULA disse...

eu tenho na minha casa e muito bom alem de ser usado como tempero e corante muitos usam como me
dicinal

Anônimo disse...

Tenho vários pés de açafrão da India e gostaria de saber se eles florescem e se florescem em que época.

Neide Rigo disse...

Anônimo,
o açafrã-da-terra floresce, sim. Os meus já deram flores que agora já estão secas. Um abraço, n

Anônimo disse...

Procurando informacao sobre acafrao, descobri seu blog. Gostei muito. Tenho uma questao. Tenho ha +/- 4 anos, guardado num potinho fechado, acafrao da terra. Ainda posso usa-lo? Meu e.mail:emilia@sindesporte.org.br.
Tudo de bom.
Grata
Maria Emilia

Kamikaze disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kamikaze disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

gostaria de saber onde compro a curcuma,favor enviar resposta para o meu facebook morena clara.obrigada

antonio disse...

Ola a todos, gostei muito do informativo sobre o curcuma, pois tenho em casa uma moita do mesmo. Aqui utilizamos no arroz e frango, em pequenas rodelas com se fossem cenouras cortadas em moedas. D'a uma cor e um sabor muito especial. Para lidar com os rizomas, é aconselhavel uma luva, pois os dedos vão ficar amarelos(experiencia proria). A quem possa interessar, aqui em Sao José dos Campos, encontramos no supermercado "Piratininga " do Jardim Paulista.
Abraços a Todos .
Namaste.

estet company disse...

tenho curcumina (açafrao puro)para veder cerca de dois mil k , sendo ele cozido e seco pronto para ser consumido, contato 62 33661520 FALAR COM NILO

Anônimo disse...

Gostei muito do seu blog até porque ouvi uma entrevista com um médico que exaltava as propriedades da curcuma para a nossa saúde. Gostava de plantar no meu jardim, mas não sei bem onde procurar a verdadeira curcuma aqui em Portugal.
Bons cozinhados!

angela disse...

A que você me deu, colhi hoje! E cortei em pedaços, e comovocê diz, meti no peixe e nhac!/
Então errei. Pra congelar tenho de colocar em algum recepiente, envolver em plastico, laminado?

Anônimo disse...

Olá Neide....

Comprei hoje no Super Mercado dois vasos com a flor CURCUMA, e vim procurar como e onde planta-la, assim encontrei seu blog.Posso planta-la em vaso na sombra, tipo na varanda? Ela seca todas as folhas ou posso utiliza-la como um vaso de folhagem? Achei muito interessante as informações contidas aqui, mas meu interesse maior é nas flores mesmo!abraço
Zenaide Ribeiro

Herodoto F. Bento-DeMello disse...

Oi Neide, achei muito interessante a sua postagem sobre a cúrcuma e queria conseguir uma raiz viva para plantá-la aqui em casa. A onde eu posso conseguir? É difícil?

Neide Rigo disse...

Heródoto, cultivar é fácil, mas conseguir, nem sempre. Quando é época de colher, é possível encontrar em feiras orgânicas ou de produtores. Aqui em São Paulo é onde podemos encontrar eventualmente.
Um abraço, N

gragra19 disse...

OLA NEIDE. COMO FAÇO PARA CONSEGUIR UMA MUDA DA VERDADEIRA CURCUMA, SOU FÃ DESTA ESPECIARIA . SÓ QUE VC SABE SEMPRE AS VECES COMPRAMOS GATO POR LEBRE , ENTAO QUERIA MUITO PLANTAR NO MEU QUINTAL ; JA QUE TENHO MUITAS VERDURAS E FRUTAS AQUI, SE NAO FOR MUITO INCOMODO , QUERIA SUA RESPOSTA NO MEU EMAIL ,OK?
gladissaito@hotmail.com

gragra19 disse...

neide estou sonhando em saber como consegeguir uma muda de curcuma. se puder me responder pelo meu email gladissaito@hotmail.com

Rui Zagalo disse...

Parabéns, gostei muito.
Muito claro e bem explicado, Desfiz todas as minhass confusões entre açafrão, açafrão das Índias e cúrcuma.
rzlima@sapo.pt
Rui Zagalo
Portugal

Vladimir Ghirotti disse...

Olá, sou Vladimir de Roraima, depois da matéria na televisão fiquei muito interessado em cultivar pra uso na culinária e também medicinal, por isso peço aos amigos que me ajudem a conseguir o rizoma para plantar.
meu email: vghirotti@gmail.com

Anônimo disse...

Neide, temos um monte de plantas que se parecem muito a curcuma que vejo nas fotos, mais a raiz tem cheiro de vicky vaporub, o cheiro é igual. Você conhece algo parecido? ou talvez seja da mesma familia de plantas. Meu pai costuma cortar as raizes e as coloca dentro de um recipiente com alcool, lo usamos para las picadas de los insetos no sitio, dores musculares e pouco mais. Imagino que essa nao será a curcuma que se come, nao?

Neide Rigo disse...

Anônimo,
não será pacová? Mas não sei, precisaria ver a planta. Não tem foto?
Um abraço,n

Anônimo disse...

Ola me chamo Ivon moro em goiania eu tambem tenho uma planta no meu quintal que muito parecida com açafrao mais a raiz tem cheiro de vick eu ja fisso uma pesquisa na internet e não achei nada a respeito, so o comentario do amigo anonimo... alguem pode me ajudar ...

Anônimo disse...

Olá, estou ficando maluca. Tudo que li sobre cúrcuma,fala que é da Índia. E o açafrão que os goianos colhem nas matas e beiras de córregos nesta época do ano, são a mesma coisa?É o mesmo da Índia, cheio de propriedades medicinais? Alguém sabe esclarecer?

Anônimo disse...

Não sei como, plantei um rizoma de gengibre branco, num vaso que tinha um pesegueiro, quando fui colher o gengibre ele tinha um tom amarelo escuro e sabor de curcuma. Como explicar?
Depois disso sou um produtor para a família e distribuo rizomas para todos os amigos "gourmet" e todos estão produzindo e adorando inclusive os meus amigos arabes que chaman de acafrão da terra! Antes eles buscavam na terra (Arabias)!!!!

p.bernardes disse...

Neide,

lendo sua postagem descobri que tenho dois tipos de curcuma aqui em casa: a curcuma longa (flor branca) e a curcuma zedoaria (flor rosa).
a zedoaria também é comestível?

um abraço,
Paula

Neide Rigo disse...

Paula, a raiz da zedoária é mais amarga que a cúrcuma, mas também é aromática e pode ser usada como tempero. As folhas podem ser usadas para embrulhar, como as de bananeira. E são também aromáticas.

Um abraço,n

p.bernardes disse...

Neide,

na verdade de tanto procurar, eu consegui juntar os dois tipos de curcuma aqui na horta: a longa (que adquiri de um produtor na feira do parque da agua branca), e a zedoaria (que adquiri num viveiro, pensando que meu rizoma tivesse apodrecido).

ao amassar as folhas, como você explicou, reparei que a longa tem folhas mais aromáticas.

muito obrigada pelo seu esclarecimento, eu amo seu blog e suas receitas!

um bom ano pra você!

um abraço,
Paula

Dada Veiga disse...

Neide me socorre preciso desesperadamente comprar a raiz de cúrcuma. Vc sabe onde eu posso encontrar?
Grata pela atenção!
Abraço,Dada Veiga.

Dada Veiga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dada Veiga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Neide Rigo disse...

Dada,
acho que no momento não vai encontrar porque ainda não é hora de colher. E quem tinha ou vendeu ou plantou.
N

Dada Veiga disse...

Obrigada Neide pela atenção!
Se alguém souber onde comprar as raízes de cúrcuma fresca por favor deixe aqui o endereço!!!
Abraço,obrigada.

Tânia disse...

Olá, alguém pode me enviar um ruzoma para eu plantar? Tenho procurado na minha cidade sem sucesso. Pago o frete! Obrigada! Meu e-mail: taniamdecastro@gmail.com

Tânia disse...

Olá, alguém pode me enviar um ruzoma para eu plantar? Tenho procurado na minha cidade sem sucesso. Pago o frete! Obrigada! Meu e-mail: taniamdecastro@gmail.com

Jango Nery Veloso disse...

Menina, tudo o que eu procuro encontro aqui no seu blog!! Um verdadeiro tesouro da cultura culinária brasileira!! Sem contar que seu estilo é leve e "causual" rs! Parabéns e obrigado por nos proporcionar este utilíssimo deleite!

Neide Rigo disse...

Jango,
obrigada! Que bom saber que o blog serve pra alguma coisa.
Um abraço,n

Luciana Calichio disse...

Parabéns pelos posts, me ajudaram muito. Amo cúrcuma, trato espondilite anquilosante com esta iguaria. Obrigada. Deus abençoe a todos.

Caio disse...

A Curcuma é realmente magnífica!

ilcekaefer disse...

Sim magnífico e seu site pois tenho o açafao e não sabia como usá-lo graças agora estou sabendo Ilce de Santa Rosa RS

Anônimo disse...

Boa Tarde a todos. Adorei as informações sobre cúrcuma. Vi que tem muita gente procurando e eu tenho aqui no sitio alguns que já estão na hora de colher. Neide, se me permite gostaria de deixar meu email caso alguém queira. viviene_lfb@yahoo.com.br

Belkis disse...

Coinciência ou não, ontem, dia 22, desenterrei um balde de cúrcuma. Ainda deixei alguns bulbos na terra, estoque para o próximo ano.
Sem saber, replantei cinco fileiras e adubei com húmus. O produto será absolutamente orgânico, imagino eu.
Estava curiosa em saber se é possível fazer conserva? Mas a dica de congelar me satisfez por enquanto.
Ontem mesmo, comecei a consumir, conforme indicação da professora da Pós em Gastronomia Funcional, Famesp, o equivalente à ponta do dedinho da mão. Espero não sair tingida. rs rs rs
Muito boas suas informações. Obrigada
Belkis Campos (belkiscampos@ig.com.br)

Valda Lucena 2 disse...

lendo estes comentário achei muita coincidência o comentário da Belkis.No dia 22 de maio ,que conheci os bulbos de açafrão.Fui numa feira em Rezende cheia de dor nas articulações vendo as barracas e vi os bulbos de açafrão, curiosa perguntei ao senhor o que era aquilo . ele me disse ainda me deu uma dica falando sob o açafrão que é bom para muita coisas relacionado a doença, dores muscular etc..... me ensinou cortar uma pontinha do tamanho da metade da pontinha do dedo mindinho e outro pedacinho igual de gengibre lavar , bater com meio copo de água e beber uma colher de sopa 3 vezes ao dia.Este preparo só pode ser guardado durante 3 dias, depois joga fora e faz outro.Estou tomando tem uma semana.Fiz pesquisa na internet realmente serve para várias coisas. Melhor ainda fiquei muito grata com o senhor ele me deu os rizomas. vou plantar no vaso já que descobrir hoje que pode.(obs: pode tomar em pó) se não tiver ... Bom Dia Ficam com Deus

Valda Lucena 2 disse...

lendo estes comentário achei muita coincidência o comentário da Belkis.No dia 22 de maio ,que conheci os bulbos de açafrão.Fui numa feira em Rezende cheia de dor nas articulações vendo as barracas e vi os bulbos de açafrão, curiosa perguntei ao senhor o que era aquilo . ele me disse ainda me deu uma dica falando sob o açafrão que é bom para muita coisas relacionado a doença, dores muscular etc..... me ensinou cortar uma pontinha do tamanho da metade da pontinha do dedo mindinho e outro pedacinho igual de gengibre lavar , bater com meio copo de água e beber uma colher de sopa 3 vezes ao dia.Este preparo só pode ser guardado durante 3 dias, depois joga fora e faz outro.Estou tomando tem uma semana.Fiz pesquisa na internet realmente serve para várias coisas. Melhor ainda fiquei muito grata com o senhor ele me deu os rizomas. vou plantar no vaso já que descobrir hoje que pode.(obs: pode tomar em pó) se não tiver ... Bom Dia Ficam com Deus

Valda Lucena 2 disse...

lendo estes comentário achei muita coincidência o comentário da Belkis.No dia 22 de maio ,que conheci os bulbos de açafrão.Fui numa feira em Rezende cheia de dor nas articulações vendo as barracas e vi os bulbos de açafrão, curiosa perguntei ao senhor o que era aquilo . ele me disse ainda me deu uma dica falando sob o açafrão que é bom para muita coisas relacionado a doença, dores muscular etc..... me ensinou cortar uma pontinha do tamanho da metade da pontinha do dedo mindinho e outro pedacinho igual de gengibre lavar , bater com meio copo de água e beber uma colher de sopa 3 vezes ao dia.Este preparo só pode ser guardado durante 3 dias, depois joga fora e faz outro.Estou tomando tem uma semana.Fiz pesquisa na internet realmente serve para várias coisas. Melhor ainda fiquei muito grata com o senhor ele me deu os rizomas. vou plantar no vaso já que descobrir hoje que pode.(obs: pode tomar em pó) se não tiver ... Bom Dia Ficam com Deus

Elieti Ribeiro de Lima disse...

Tenho uma plantação de açafrão,se alguém tiver interesse em comprar,envio
elieigmc@hotmail.com

Elieti Ribeiro de Lima disse...

Tenho uma plantação de açafrão,se alguém tiver interesse em comprar,envio
elieigmc@hotmail.com

Fabiano disse...

Alguém sabe onde posso conseguir um rizoma fresco aqui em São Gonçalo, RJ?

Fabiano disse...

Alguém sabe onde posso conseguir um rizoma fresco aqui em São Gonçalo, RJ?

JANETE APARECIDA ROSSANEZI disse...

Tenho artrite e gostaria de obter muda, se alguém puder, porque estou usando em pó
Moro em São Paulo
Muito obrigada
Janete