quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Jatobás

A ilustração de fundo é do livro "Fruteiras da Amazônia", da Embrapa

Eu bem disse aqui que a safra de jatobás ia ser boa este ano. Estes foram presentinhos da Sofia. Vieram da linda Fazenda Pinhal, de São Carlos. Pretendo fazer muffins com eles e, se derem certo, darei a receita.

12 comentários:

fezoca disse...

eu comia essa fruta quando era crianca! aveludada e macia, ainda consigo lembrar do gosto, nao muito doce, que ela tinha. fazendo as contas de quantos anos nao cheiro ou provo um jatoba.... uma vida!

beijo,

Karla disse...

Jatobá é a cara da minha infância, o sabor tão peculiar me traz maravilhosas recordações. Costumávamos catar jatobá e comer até não aguentar mais.
Beijo

Mariângela disse...

que gosto tem,lembra o que? Acho que nunca provei,nunca vi aqui pelo sul..beijo!

Agdah disse...

Nunca tinha visto antes.

Marizé disse...

Não conheço este fruto, vou investigar.
Beijocas e bom fim de semana

felipe disse...

Jatobá é o apelido do nosso entregador de água. O fruto é também para mim algo da infância. Hoje eles continuam presentes enfeitando minha fruteira ou fazendo sombra no meu caminho ao trabalho.

Neide Rigo disse...

Pôxa,
achei que fosse uma frutinha óbvia. Mariângela, lembra um pouco abacate sendo mais adocicada, com cheiro de queijo ralado.

Agdah e Marizé, não é daqueles frutos deliciosos, mas tem polpa farinhenta e dá pra fazer pães e bolos nutritivos.

Felipe, um abraço pro Jatobá!

Neide Rigo disse...

DA SOFIA
Neide,
Adorei ver os jatobas na página..

Jatobá é um árvore poderosa que dá estes frutos com cara de pré história. Este pé de jatobá do Pinhal é bem velho e fica ao lado da escadinha de água que cruza o pomar. Talvez minha tataravó tenha plantado esta árvore -rainha.
O interior da fruta é farinhento de cor cítrica. Gruda na boca. É estranho.
Sofia

Neide Rigo disse...

Sofia,
separei a "farinha dos jatobás" e deixei congelada para quando eu voltar. Não tive tempo de fazer nada antes de viajar. Aqui no Rio o quilo da fruta está R$ 18,00. Caro, achei. Obrigada mais uma vez. N

Anônimo disse...

bá. acabei de abrir um jatobá. e não faço a menor idéia de como comê-lo. não sei se ele está estragado. mais parece uma farinha endurecida.

Lucio

Lucio disse...

Aqui em Brasília achei por R$ 11 o quilo. Nem sabia que jatobá era fruta. Achei que fosse algo parecido com ingá. Mas é completamente diferente.

Neide Rigo disse...

Oi, Lucio!
A aparência é esta mesma, de uma farinha endurecida. É só passar por peneira para virar uma farinha soltinha que pode ser usada no bolo, em panquecas, polentas, mingaus. Poxa, não sabia que estava tão caro.
Um abraço,
Neide