quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Torta com massa de mandioca

A massa deve ficar com consistência mais densa que a de bolo. Usei ovos caipiras do sítio, que deixaram a massa bem amarela.
Estou na fase da mandioca, testando algumas possibilidades. Ontem decidi fazer uma torta salgada com a massa da mandioca (mandioca triturada e espremida, só que desta vez um pouco mais úmida, já que espremi no pano e não na prensa). Juntei ainda ainda farinha de mandioca baiana, fininha, branca para deixar a massa menos liguenta. Além do requeijão de prato, que trouxe de São Luiz de Paraitinha, uma delícia sem igual. Fui imaginando a consistência da massa para que ficasse macia e levemente aerada depois de assada. Deu certo e vale a pena testar, se quiser, variando o recheio que pode ser de tomates secos, pedaços de queijo e azeitonas, carne seca desfiada etc. Usei os tomatinhos porque era o que tinha por aqui, mas vou inventar outros recheios. Lembra uma torta de liquidificador, fácil de fazer, nutritiva, sem glúten (o significa que pode ser servida para quem sofre de doença celíaca) e, com uma salada verde, já se tem uma refeição completa.

Torta de mandioca com tomates
Massa
500 g de mandioca descascada
500 ml de água
5 ovos grandes
200 g de requeijão de prato (ou use cream cheese ou catupiry)
100 g de manteiga
3/4 de xícara de leite
1/2 colher (chá) de sal ou a gosto
3 colheres (sopa) de farinha de mandioca polvilhada
1/2 colher (sopa) de fermento químico em pó
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Manteiga para untar e farinha de mandioca para polvilhar
Recheio
200 g de tomates-cereja cortados ao meio
1 cebola picada
1/4 de xícara de cheiro verde picado
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Modo de fazer: bata no liquidificador a mandioca com a água (primeiro coloque a água, ligue o aparelho e vá juntando a mandioca em pedaços pequenos, aos poucos). Quando virar uma massa, coe num pano fino, espremendo bem. Coloque esta massa espremida numa tigela e reserve. No liquidificador coloque os ovos, o requeijão, a manteiga e o leite. Bata para misturar bem, despeje na tigela e junte o sal, a farinha de mandioca e o fermento. Misture bem com um batedor de arame. Unte uma forma de torta com manteiga, polvilhe com farinha de mandioca e despeje nela 3/4 da massa. Por cima, espalhe o recheio (todos os ingredientes misturados) e complete com a massa restante. Polvilhe com queijo ralado e leve ao forno médio. Deixe assar por cerca de 40 minutos ou até a torta ficar com a superfície dourada. Sirva quente.
Rende: 10 porções

O requeijão de prato - massa de requeijão moldada num prato, que trouxe de São Luiz do Paraitinga

8 comentários:

clau disse...

Neide, maior cara boa esta sua receita...!!
E com tomatinhos no lugar de tomate, sò deve ter ficado melhor ainda a coisa.
Anotado!
Bjs!

Mariângela disse...

Neide,que torta deliciosa,a minha fase da mandioca não passa nunca que eu adoro demais.Hoje lembramos da dona Olga no almoço que eu fiz aquele milho bebê que ela preparou lá em Fartura,ficou bem gostoso,claro que o dela era bem melhor rsrs ,beijo!

Carlos Dória disse...

Neide,

tira esse requeijão de copo, catupiry ou o que for. Acrescente ricota fresca. Ela se faz assim: ferva o leite, quando estiver para levantar fervura, acrescente duas colheres de café de sal amargo. Ele talha, você escorre o soro e usa na receita. GARANTO que fica superior.
Bjs

Neide Rigo disse...

Oi, Dória! Eu faço minha ricota com kefir, que também fica bem boa. Mas não é requeijão de copo não (aquilo não é requeijão). Usei requeijão de prato, artesanal, feito em São Luiz do Paraitinga - este tipo de queijo é bem comum por lá. Mas da próxima vez certamente vou usar ricota e ver no que dá (no recheio certamente dá certo, já na massa, a consistência e o teor de gordura são diferentes, então só testanto mesmo). Obrigada, beijos, n

Rachel disse...

Neide que linda sua torta, dá água na boca, esse requeijão, apesar de conhecer bem São Luis, ainda não conheço não, mas tá por pouco, adoro mandioca e com tomate deve ter ficado divina. Quando tiveres um tempinho vem me fazer uma visitinha, ok? Bjuss!!!

http://nabiroskinha.blogspot.com/

Janaina Mainchein disse...

otima receita....blog mto bom!

Laís Giusti disse...

Olá Neide!!

Olha só, por favor, fale-me spbre aquela "forminha" que usastes para dar forma aos mamuls de goiabada com pimenta!

Aquilo me deixou inquieta

Grata

ana cristina disse...

Neide, se vc aparar a água da mandioca batida no liquidificador, obterá polvilho, que dará um otimo bejú (ou tapioca, para alguns).