quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Broto de feno grego


Se estiverem em local claro, ficam mais verdinhos (com clorofila). Prefiro assim. Quando germinados em local escuro, ficam estiolados e pálidos.

falei do feno-grego aqui. Como recentemente fiquei encantada com sabor das folhas, resolvi experimentar agora os brotos. Deixei de molho em água fria as sementes de um dia para outro, escorri e mantive-os numa peneirinha de plástico coberta com pano claro. Duas, três vezes por dia, ou sempre que passava pela cozinha, dava uma enxaguadinha com água corrente, para mante-los úmidos (secos, morrem; enxarcados, apodrecem). Depois de três dias já me dei por satisfeita com a germinação e decidi que era hora de comer. Poderia esperar mais, até os brotos ganharem folhinhas, e talvez mais sabor até, mas a ansiedade foi maior que a razão. E eles estavam ótimos, mais sutis, como é de se esperar, que as sementes compactas, que são ligeiramente amargas. Mas o aroma é o mesmo. Comi com arroz basmati. Vão bem também nas saladas (crus ou rapidamente branqueados).

E aqui um jeito de prepará-lo à moda indiana dos caris (fui fazendo de olhada, mas a receita ficou mais ou menos assim:





Caril de cebolas com brotos de feno-grego

Coloquei ½ colher (sopa) de sementes de mostarda marrom e 1 colher (chá) de sementes de cuminho numa panela com 1 colher (sopa) de ghee e levei ao fogo. Quando as sementinhas começaram a pipocar, juntei 2 dentes de alho e 1 colher (sopa) de gengibre, ambos finamente picados. Assim que o alho ameaçou dourar, juntei 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes picada em tiras e 1 colher (chá) de cúrcuma em pó. Refoguei por 1 minuto e adicionei 3 cebolas cortadas em gomos e alguns naquinhos de pimentão vermelho que sobrava na geladeira. Polvilhei 1 colher (chá) de sal e pinguei umas gotas de água. Mexi e mantive no fogo até ficarem macios. Por fim, juntei uma xícara de brotos de feno-grego, mexi com cuidado e deixei cozinhar por 3 minutos. Rendeu 2 boas porções.


Veja também no Come-se como fazer brotos de feijão

17 comentários:

laila disse...

neide entao é assim q "faz-se" os brotos? dá pra faezr com qlq grão???

ah eu quero fazer tbm! bjos

Gourmandise disse...

Comi broto de feno grego em um restaurante coerano (estranho, não?)!
bjinho,
Nina.

Neide Rigo disse...

Laila, é simples assim. Veja também http://come-se.blogspot.com/2007/05/comida-viva.html. Espero que se arrisque.

Nina, que comida era esta? Estava boa?

Michel disse...

Estou curioso para tal.

Gourmandise disse...

Era uma entradinha (os coreanos servem um monte de potinhos com conservas e refogados de entrada), um refogadinho beeeeem apimentado. Eu achei que era broto de feijão, depois achei que era de soja, mas o garçon disse que era de feno grego!

Marizé disse...

Eu gosto muito de incluir rebentos (brotos) na comida, os de feno grego, alfafa e soja são dos meu favoritos.

Beijocas

Cris disse...

Que coincidência! Estava lendo agora mesmo sobre isto, no Allrecipes . Estava pensando em fazer de sementes de girassol. Bjs!

Eduardo Luz disse...

Dá pra fzer com linhaça também e fica bom ! Agora (segundo a minha teoria) com arroz basmati, é covardia !

carlinha disse...

Neide, estou a 2 dias tentando fazer semente de girassol germinmar e não consigo, me ajude por favor.Bjs

Neide Rigo disse...

Carlinha,
de girassol, nunca fiz. Talvez demore um pouco mais mesmo. Ou talvez tenha sido erradiado, ou talvez esteja velho. Mas vamos imaginar que ele demora mais. Tente mais um pouco. Se não der certo, compre novos em casa de produtos orgânicos
Um beijo,n

Jemaxv disse...

Neide, onde você compra feno grego?

Neide Rigo disse...

Jemaxv,
compro feno grego na Casa Santa Luzia, aqui em São Paulo. Mas tem também no Mercadão.

Um abraço,
N

Karla Caetano disse...

Para os brotos de girassol é preciso um pouquinho de paciencia, A emergência ocorre entre 7 a 10 dias após a semeadura, se for na primavera, mas vale a pena.

Amooooooooooooooooooo seu blog, quando o meu crescer quero que seja igual ao seu!... rs

Anônimo disse...

Navegando sobre as páginas deste blog, tomo coragem para solicitar um favor:
É possível indicar-me um Empresa que comercialize as sementes do Feno Grego?
Estou no Sul, e por aqui, não encontrei um endereço que me permita aquisição.
Agradeço antecipadamente, se for possível o solicitado!

eliana tavares disse...

Eliana disse:
Oi anônimo!
Tudo bem!
Vou pesquisar sobre o FENO-GREGO,
Tenho primos no Sul. Quem sabe ?
Meu e-mail li.assis@terra.com.br

teresinha victorino Victorino disse...

Onde eu consigo comprar sementes de feno grego para germinar? Moro na cidade do Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

Bom dia !
Eu trabalho em um restaurante em Campos dos Goytacazes (RJ), e estou com muita dificuldade em encontrar sementes e grãos, principalmente flores comestíveis. Por favor, se alguém souber de um fornecedor que possa me ajudar, ficarei muito grata. Posso receber a entrega no RJ, onde temos outro restaurante.
Obrigada desde já!
Letícia Mello.