sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

O que é, o que é?


Arrisquem seus palpites. Resposta na segunda-feira. Bom fim de semana!

21 comentários:

Luisa disse...

Essa foi fácil, tamarillos!

Turmalina disse...

Tomate!

Daniel Brazil disse...

Comparando com a foto do post anterior, parecem mesmo tamarillos.

Neide Rigo disse...

Já vou agradecendo à Luisa, à Turmalina e ao Daniel, mas adianto que não se trata de nenhum membro da famílias dos tomates, ou seja, nem tomates nem tamarillos. Já citei seu nome algumas vezes aqui, mas foi a primeira vez que vi o fruto in natura, fresquinho. Chi, já falei muito. Obrigado pela participação. Um abraço,
N

Andréa disse...

Ia falar maracujá, mas pelo seu último comentário, ficou difícil...
bjs e vou continuar pensando.
Andréa

Dória disse...

Figo da Índia

Chef Sônia Carlindo disse...

Olá...
Estava passeando pelo seu Blog, Neide...parabéns pela diversidade de informações!
Quanto ao " O que é, o que é"...seria um Maná Cubiu? Conhecido como
Tomate de índio?
Quero convidá-la para passear em minha pág, www.donnachef.blogspot.com
Abraço.
Chef Soninha

Turmalina disse...

Um tipo de giló?

Gina disse...

Essa semana vi no Mercado Municipal de Curitiba uma fruta exótica, muito parecida com essa e chama-se jamelão. Fiquei surpresa, porque a fruta que conhecia com esse nome é muito diferente.
Acho que é o jamelão.
Bjs.

Cláudia disse...

Parece tamarillos grelhados.

Anônimo disse...

Adorei o seu blog. Sou portugesa e o meu nome é Margarida.Cheguei até aqui quando andava pela net vendo jardins e flores, passei no blog " daqui do meu quintal" e achei esse linque com um titulo sugestivo.
Parabéns!
Já agora, esse fruto parece-me tamarillo. Será?

Anônimo disse...

Oi Neide...hoje, ao encontrar o Rui Gassen no Bric da Redenção com suas indefectíveis miniaturas de objetos culinários, disse ele q é um fruto indígena...ou algo assim. Fui pesquisar na internet e achei parecido com o que a Chef Sônia disse...o tal de cubiu, será?
Ah... o Rui ficou surpreso quando soube q eu o conhecia através do teu blog!!!

Um abraço,
Guilherme - POA

Neide Rigo disse...

Nem jiló, nem tamarillo, nem tomate, nem maracujá, nem cubiu, nem figo da índia, nem jamelão... É, pessoal, desta vez acho que dificultei.

Margarida, bem-vinda e volte sempre!

Guilherme, acho que o Rui só não entregou porque não se lembrou dotal nome indígena. Ainda bem. Amanhã, a resposta (coincidência encontrar o Rui na feira, hem?)

Um abraço, N

Rafaela disse...

Mamão grelhado???
hahahhaha...

Foi a única coisa que consegui pensar!

joseph disse...

hummmmmmmmmmmm... não sei... mais é pra arriscar né...hummmm não sei.

rs rs

Muito show de blogger

Anônimo disse...

Olha só...
Tenho uma pequena crítica a fazer.Não sabemos o tamanho da fruta. Isso tá mais pra pegadinha, Neide.
Pode-se pensar em primeira estância, ser um Cubiu.
Quando vi, logo pensei que fosse.Aí vi que a chef Sônia tbm pensou que fosse e vi que vc disse que não é...
Infelizmente, não temos pistas de proporção de tamanho. Posso pensar ser uma mangaba, cajá, araçá e tantas outras frutas com nome indígena.
Abço.

Neide Rigo disse...

Pra quem está chegando agora ao Come-se, isto não é uma pegadinha, mas é sim uma brincadeira para estimular a curiosidade. Não costumo mesmo dar nenhum parâmetro em relação ao tamanho. Pelo contrário, costumo mesmo confundir. Mas, tudo bem. Já que neste caso ninguém ainda acertou, dou uma dica: tem cerca de 7 centímetros de comprimento. Amanhã explico o que é, de onde vem, como se come etc. Obrigada por enquanto pela participação. Um abraço,
N

Anônimo disse...

Oi Neide,
Depois de ver o programa sobre o Slow Food onde a Evanilda estava no laboratório da Esalq falando do Jaracatiá me veio a imagem deste post, que desde ontem de manhã não sai da minha cabeça tentando desvendar o mistério. Será que é mesmo o Jaracatiá?? Acredito que também seja conhecido por outros nomes, mas aí temos que esperar o seu post de amanhã que certamente trará todo o histórico dessa frutinha que acabou virando símbolo da cidade de São Pedro em São Paulo.
Um beijo grande!!
Mariana Maronna
Piracicaba SP

Gina disse...

Neide, vi hoje o programa sobre slow food, que mostrou o jaracatiá, associei na hora à sua charada. Agora é tarde, você já revelou... Mas é legal essa sua brincadeira.
Bjs.

fabia disse...

figo da india, uma delícia, tão fresquinho

Anônimo disse...

isso parece um dedo cortado