terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Dobradinha com bucho casinha de abelha e feijão sopinha


Hoje precisei limpar o freezer porque chegaria uma encomenda de frango Korin, que compro com uma amiga direto do produtor, de vez em quando. Nunca acho frango fresco nos supermercados. Estão sempre com idade avançada, com 7, 8 dias ou mais na prateleira. Então lá fui eu com a Eliana tirar tudo, descongelar rapidamente usando secador de cabelo e organizar gavetas. Entre várias preciosidades esquecidas, encontrei um pouco de feijão sopinha cozido e um bucho casinha de abelha. Pedi para Eliana cozinhar o bucho enquanto vim para o escritório trabalhar. Na hora do almoço pensaria no que fazer. Era meio óbvio - misturei as duas coisas com legumes que tinha aqui e pronto, virou uma dobradinha até que bem boa que comemos com arroz e nirá refogado.
Mas se quiser aprender mais sobre misturebas e gororobas, vejam a que meu amigo Rui Gassen aprontou na ausência da expert Mariângela. Aquele lá é campeão.
Dobradinha com bucho casinha de abelha e feijão sopinha
1 bucho casinha de abelha (cerca de 300 g)
3 colheres (sopa) de bacon picado
3 dentes de alho picado
1 cebola picada
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 colher (sobremesa) rasa de páprica defumada ou de colorau (urucum)
2 cenouras picadas em cubinhos
1 talo de salsão fatiado
2 batatas picadas em cubinhos
2 tomates maduros picados em cubinhos
Meio pimentão verde grande, picado em quadradinhos
2 pimentas dedo-de-moça picadas (uma delas sem sementes)
1 xícara de feijão sopinha cozido (ou branco ou qualquer outro que prefira)
2 xícaras de água quente
Sal a gosto
Ervas frescas picadas (alfavaca, manjericão, manjerona). Teria usado salsa se tivesse.

Modo de fazer: lave bem o bucho e pique em quadradinhos. Jogue por cima água fervente com o suco de um limão e escorra bem. Numa panela de pressão, coloque o bucho, 1 colher (chá) de sal, 1 folha de louro e 3 xícaras de água fervente. Tampe e leve ao fogo alto. Quando pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 40 minutos. Desligue o fogo, espere acabar a pressão e só então abra a panela. Confira o cozimento. Se ainda estiver duro, cozinhe mais um pouco. Deve estar bem molinho e com pouco líquido. Reserve.
Numa outra panela, refogue o bacon, alho e cebola no azeite até o alho começar a dourar. Junte o colorau e misture bem. Em seguida, coloque todos os legumes, a pimenta, o feijão, o bucho reservado com seu caldo e a água. Tempere com sal a gosto (lembrando que o bucho já foi cozido com sal). Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 15 minutos ou até os legumes estarem macios. Se estiver com muito caldo, deixe um pouco mais no fogo para reduzir. Se faltar, complete com água quente. Prove o sal e corrija, se necessário. Espague por cima as ervas frescas e sirva como prato único, tipo sopa, com pão, ou com arroz branco.
Rende
: 4 porções

8 comentários:

Mariângela disse...

Neide,eu AMO dobradinha casinha de abelha, ficou pendente nesta visita à mãe pois a lista é sempre
grande(assim como o frango a molho pardo, o charutinho de folhas de uva etc etc etc). Obrigada pelo expert ,ficaria feliz se fosse,e nem estou querendo elogios, também faço gororobas brabas,beijo e até a volta!

Neide Rigo disse...

Oi, Mariângela! Bom saber, então já é um prato que vou fazer quando vierem pra cá. Está chegando...
beijos e volte logo pra casa!
Neide

Afrika disse...

Neide, parece dobradinha como e' feita no norte de Portugal, muitas vezes conhecida também como tripas a moda do porto!

aqui vai o link pra a receita da dobrada
http://sabores.sapo.pt/receita/?2325/dobrada_a_vila_franca_de_xira

Beijinho

Neide Rigo disse...

Oi, Afrika,
faltou cá uma linguicinha como aquela... Da próxima vez vou incluir.
Obrigada, um beijo,
N

Marcia H disse...

Neide, dessa eu passo longe. Gosto de tripa, mas bucho nao desce, incha na boca, fica maior e nao dá pra engolir - passei no site do Ruy, que flores lindas e q pecas maravilhosas (fui no outro blog) e o feijao dele ficou melhor ;-) pra quem nao curte bucho.

clau disse...

Ciao Neide!
Legal isto tudo que vc mostra!
Pq ajuda a acabar com muito preconceito de quem é contumaz consumidor de carne...!
Eu nao sou assim carnivora, pelo contrario, mas contraditoriamente, eu curto um monte este "casinha de abelha", que minha mae faz ou com picadinho de batata e cenoura ou com feijao branco.
Alias, ela é craque em fazer miudos à milanesa ou uma lingua de panela, cozida com batatas: otimos!
Tudo de bom ai para vc.
Bjs!

Anônimo disse...

adoro dobradinhas, mais com paio, linguiça calabresa.linguiça defumada, baycon, cheiro verde, batata, massa de tomate, e um loro..costumo por uma colher de chá de pimenta do reino, feijão branco, e o ingrediente melhor de todos, amorrrr...assim sai muito ak no meu bar, bjus a todos.

Neide Rigo disse...

Nossa, que delícia de dobradinha. Que bar é este??
(para o anônimo que não disse o nome)
Um abraço, N