quinta-feira, 29 de maio de 2008

Produto da estação: mangarito


Já falei do mangarito há um ano. Saiba mais sobre ele aqui.

Ontem acabei usando o mangarito do sítio por acaso. Tinha só duas postas de cação e precisei fazer render. Dei uma cara européia a ele juntando azeitonas, páprica defumada, cebolas, tomates, umas favas orgânicas que comprei em Fartura e, como se fossem batatas, umas bolinhas de mangarito. E não é que ficou bom?

Cação com favas e mangaritos
Aferventei por 1 minuto uns 10 mangaritos, escorri e fui puxando a película de cada um com os dedos, até que ficassem peladinhos. Tirei a pele de umas favas frescas, cerca de ¼ de xícara, que havia cozido por meia hora. Cortei em pedaços menores, para render, duas postas de cação e temperei com sal, alho e pimenta-do-reino. Deixei pegar gosto por 20 minutos. Numa panela, aqueci umas 2 colheres (sopa) de azeite, juntei 2 cebolas pequenas cortadas em pétalas e fatias finas de alho e esperei dourar. Juntei 1 colher (chá) de páprica doce defumada (se não tiver, junte colorau), 2 tomates bem maduros pequenos, picados, 1 pimentão verde pequeno e uma pitada de sal (lembre-se que já tem sal no peixe). Refoguei, mexendo, por um minuto, juntei ½ xícara de água, tampei e deixei cozinhar por 5 minutos. Juntei o peixe, o mangarito e as favas, sem mexer. Tampei e deixei cozinhar por 7 minutos. No final, provei o caldo (juntaria mais sal se fosse preciso), coloquei umas 5 azeitonas pretas que davam sopa na geladeira e juntei umas folhinhas de alfavaca. Desliguei o fogo e deixei a panela tampada até a hora de servir (em seguidinha). Com arroz branco fumegante. Fiz render 4 porções (alguém comeu 2 azeitonas....)


Dica: os mangaritos têm textura cremosa, muito delicada e ficam deliciosos também em purês, sopas cremosas, pães e em quase tudo o que se pode fazer com batatas. E as folhas verdes também se comem como as couves. Para saber se é hora de colher as batatinhas, é só ver se as folhas já estão ficando feias, murchas e amarelas.

12 comentários:

Aline Neme disse...

Neide, nunca vi, quem dirá comi esse moço aí... hehehehe

Mas que fiquei curiosa... ah se fiquei!!!

Bjundas

Pedrita disse...

bom dia neide, achei o seu blog. é de dar água na boca. adorei sua foto também, está muito simpática. não conhecia os mangaritos. vou te linkar. beijos, pedrita

lucia disse...

Estava eu tranquila no meu domingo e satisfeita com meu almoco simples, quase frugal ate que entrei aqui e deparo com tortas, mangaritos, etc. Mangaritos so os conheci quando menina, e nunca mais comi. Como conseguir rizomas?
Abs.

Guilherme disse...

"comprei em Fartura"
Fartura/SP?

Neide Rigo disse...

Guilherme,
é, sim, Fartura-SP.

Anônimo disse...

mangarito...botei reparo no trem, em sao luis do paraitinga, no mercadao...parece um inhame menor...comi com o afogadinho, com umas duas talagadas de luisense, na regiao de sao luis tem...mangarito...vou procurar pra plantar...este ano fiquei testando o cara-de cerca, ou inhame do ar...interessante sabor...

RUI ALBANO BARBOSA disse...

RUI BARBOSA
nossa desde que vim morar em são paulo, fico perguntando a uns e outros, onde encontrar mangarto, fui criado no paraná, meu pai cultivava essa batatinha, ele dizia pra gente não trocar o mangarito pela batata inglesa,risrisris
quero achar ainda e plantar , onde encontrar?.

Luciana disse...

olá, gostei muito de seu blog, parabéns!
gostaria de saber(se tiver essa informação, é claro) onde posso encontrar o mangarito aqui em São Paulo.
abço
luciana paola

Neide Rigo disse...

Oi, Luciana,
infelizmente ainda não há muita gente plantando mangarito comercialmente. Mas entre no blog do Sr. João Lino, que produz. Talvez ele possa te informar. http://www-mangarito.blogspot.com/
Um abraço,
N

daniel disse...

Oi meu nome é Daniel, gostei da sua postagem, e gostaria de conseguir uma muda para plantar. Onde eu encontro?
Eu Sou de Fartura mesmo, aguardo sua resposta.

Neide Rigo disse...

Daniel, meus pais venderam a chácara de Fartura, mas quem sabe se você for lá, não consegue. É chácara Santana, no bairro Pinheirinho. Os mangaritos ficavam na horta em frente à cozinha da casa principal. Um abraço, N

daniel disse...

Obrigado pela informação,eu vou lá procurar.