quarta-feira, 28 de maio de 2008

Tempo de exagero ou a ditadura do recheio

Fotos: Tarsila Rigo
CHEESE-TUDO (X-TUDO) E UM POUCO MAIS - pão de hambúrguer com recheio de churrasco de patinho, hambúrguer de carne, hambúrguer de frango, linguiça calabresa, bacon, queijo, pão de forma, alface, tomate, ovo frito e molhos à vontade.



Adoçante pro cafezinho
Gostava do tempo em que ninguém tinha medo dos bons carboidratos e proteínas e gorduras eram consumidos com moderação. E sanduíche era composto de um bom naco de pão com algum recheio protéico (um bife, uma linguiça, um ovo frito, um pedaço de queijo ou umas fatias de embutidos) além dos adereços clássicos como folhas, mostardas e até um pitada de maionese, vá lá. Para mim, o sanduíche ideal é aquele que possa substituir um prato de comida e ser comido com as mãos, sem malabarismos. E que numa só bocada se possa alcançar as duas bandas do pão pressionando uma camada fina e imóvel de recheio. Sem que escape maionese de um lado, katchup de outro e anomalias por cima e por baixo. Não sei se começou com a aberração de se meter 300 g de mortadela no meio de um pão francês, e São Paulo tem disto. Pode ser a melhor Ceratti ou o escambau, isto não é humano. Só sei que tenho visto por aí combinações grotescas. Na última ida a Fartura paramos no posto Rodoserv, na Rodovia Castelo Branco. Enquanto tomávamos um café com pão de queijo, vimos passar uma garçonete apreensiva se equilibrando para não deixar tombar o sanduíche em forma de um prédio disforme. Fora de brincadeira, ela tinha que segurar a bandeja por baixo e o topo do edifício-sanduba por cima. Supliquei para a cara-de-pau da minha sobrinha Tarsila ir à mesa do comilão e, com a delicadeza que lhe é própria, pedir permissão para a foto. Aí está. Até pão de forma tinha no recheio. Ui.

7 comentários:

Mariângela disse...

Neide,este aí me lembrou a descrição do xis-pança que a Laura leu para ti lá na praia da zona sul hahaha!Só de ver uma aberração dessas chega a embrulhar o estômago,e tu sabes que Porto Alegre é especializada em xis gigantescos,inclusive de coração de galinha,uma eca mesmo,beijo!

laila disse...

não entendo oq porque comer uma coisa dessas...
1- vc não snete gosto de nada...só de uma meleca com ketchup

2-vc se sente mal com tanta gordura e carboidrato

3-é feio de ver, dificil de comer

conclusão não há porque!!!

bjs

Elena sem H disse...

comer "porcaria" eu gosto, mas isso já é muito além do demais da conta... Concordo com Laila, não tem gosto de nada, quem come fica batendo papo com a "refeição" por horas a fio e não há blusa / camisa / camiseta que saia ilesa da empreitada...

caosnacozinha disse...

Aqui em Portugal há sítios que adoptaram a mesma mania: quanto mais recheio melhor! Há uma cadeia onde vou às vezes - porque os sanduíches mais "sensatos" são saborosos - que serve o sanduíche mais exagerado que já vi! Tem carne de porco, de vaca, de frango, de perú e ainda bacon, chouriço, ovo, salada e queijo. Tudo dentro de um só pão! É impossível de comer e mais impossível ainda sentir o sabor seja do que for. É uma mistura horrível!
Agora, um sanduíche equilibrado, mesmo que com alguma gordura, eu gosto. Só de vez em quando, mas quando é... Nham!

Beijo *
Mariana

carlinhos de lima disse...

O adoçante é apenas uma provocação, certo?

Ana disse...

Um crime - o sanduíche - com requintes de crueldade - a coca cola e o adoçante !!!!

Não dá pra acreditar.... se não fossem as fotos

Francisco disse...

Não entendo porque falar mal do Cheese tudo, algumas pessoas gostam da cor preta outras branca, algumas gostam da açucar e outras da sal. Eu não sou brasileiro, fui ao Brasil em fevereiro e adorei o Cheese tudo, muito melhor que o Mc Donald, certo não e´ para uma pessoa gorda, mas se so´ vai comer isso uma vez ao tempo, acho que esta´ bem!

Adorei ler o post. Muito legal.