terça-feira, 15 de abril de 2008

Bananas maduras




Banana é aquela coisa. A gente se empolga quando vê um cacho inteiro dando sopa e acha que vai dar conta de acabar com ele antes que as bananas amadureçam todas de uma só vez e não te deixe outra opção além dos bolos e doces em pasta. Lá no sítio é aquela fartura de bananas o ano todo. Pra vender, não tem volume e, sendo assim, o que se recebe é menos do que se paga pela embalagem e transporte. Acabam indo para o orfanato, para o asilo e para as galinhas. E pra mim, é claro, apesar de preferir a prata e a maçã em vez da nanica que tem por lá. Esta, gosto de comer cozida, transformada.
Bem, na semana passada estava com duas pencas madurinhas e fui obrigada a improvisar bananas grelhadas com especiarias e sopa de banana com curry. Aqui vão as receitas e, nestes casos, o fato de estarem super maduras – sem estarem abatidas, é claro, é essencial para o bom resultado. Na sobremesa porque o maior teor açúcar (com o amadurecimento o amido se transforma em açúcar) faz com que caramelize mais dourado e bonito. E o fato de estarem mais molinhas facilita a aderência das especiarias. Já na sopa, é porque cozinha mais rápido e o sabor adocicado combina com o curry e o limão.




Bananas grelhadas na casca com especiarias

1 pedaço pequeno de pau de canela
Sementes de 3 bagas de cardamomo
1 cravinho
Raspas de um limão
2 bananas nanicas bem maduras (mas íntegras, decentes), com casca.

Num pilão, soque a canela até restarem pedacinhos bem pequenos. Junte o cardamomo e o cravo e soque mais. Por fim, misture tudo com as raspinhas de limão. Corte as bananas inteiras, ao meio, longitudinalmente e espalhe sobre elas o tempero, apertando com uma faca de legume, para grudar bem. Numa frigideira antiaderente coloque as frutas com o lado aberto virado para baixo e deixe dourar em fogo alto – cerca de 2 minutos. Não precisa de manteiga nem açúcar. Fique de olho para não deixar queimar (minha chama pode ser diferente da sua). Aí é só servir com sorvete ou com um molhinho de limão como este inspirado no lemon curd da Fernanda, do Chucrute com Salsicha, que testei e aprovei
. Mas para servir com a banana alterei a receita para que virasse um creme mais fluido. Aqui, minha versão:

Molho de limão

¼ de xícara de suco de limão (taiti e limão-rosa)
1 ovo inteiro
1 gema
¼ de xícara de leite
3 colheres (sopa) de açúcar
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de manteiga sem sal

No liquidificador bata o ovo inteiro, a gema e o açúcar com o leite e o suco de limão. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre com uma colher de pau. Desligue o fogo quando engrossar um pouco (se cozinhar muito pode formar grumos e ficar com sabor de ovo). Fora do fogo, junte a manteiga aos pedacinhos, mexendo sempre para derreter. Sirva o molho gelado sobre a banana quente.

Rende: 1 xícara


Sopa de banana com curry
Inspirada numa sopa de banana do Restaurante Spot
. Maria Helena Guimarães me deu a receita, que ela já ensinou certa vez no programa Fantástico, da Globo. Mas perdi a anotação, deu preguiça de procurar e por isto fiz uma outra sopa apenas inspirada naquela que, me lembro, levava creme e era liquidificada. Aqui, minha versão fast food com as bananas bem maduras.

1 colher (sopa) de manteiga (sempre rasa, é claro)
Meia cebola branca picada
1 colher (sopa) de farinha de trigo
2 bananas nanicas bem maduras (mas não moles), bem amassadas com garfo ou passadas pelo passador de legumes
Sal a gosto
3 xícaras de caldo de frango ou água
1 colher (chá) de pó de curry
½ colher (chá) de pimenta vermelha em flocos (ou use uma pimenta dedo-de-moça finamente picada, sem sementes)
2 colheres (sopa) de salsinha picada
1 colher (chá) de suco de limão

Numa panela, em fogo alto, aqueça a manteiga e refogue nela a cebola bem picadinha, até ficar dourada (por favor, não vá me deixar queimar). Junte a farinha de trigo e mexa bem. Em seguida, coloque a banana amassada e o curry. Misture bem e junte o líquido. Deixe cozinhar, mexendo sempre, até engrossar. Junte o sal e experimente. Junte mais curry, se achar necessário. Se achar necessário, bata com o mixer para ficar cremosa. Acrescente a pimenta, a salsinha e o suco de limão. Misture e sirva. Se quiser, substitua a salsa por coentro, que vai muito bem neste caso (teria usado, se tivesse).

Rende: 2 porções (ou uma, se este for o seu jantar, como foi o meu)





Banana com limão e coco

Neste caso, as bananas não precisam estar muito maduras. Quem me ensinou foi a amiga Laurence, filha de francês com tailandesa. É só passar as bananas no suco de limão e depois no coco ralado. Sobremesinha singela, mas deliciosa.

Veja também aqui no Come-se:
Banana, muita banana

11 comentários:

Elvira disse...

Achei todas as ideias excelentes! :-)

Migas disse...

Eu sofro desse problema às vezes! Porque se a banana tiver "pinta" o esquisito cá de casa já não lhes pega! :o) Adorei as sugestões doces! :o)

Beijos

fezoca disse...

Neide, sou fan NUMBER ONE das bananas e adorei as tres receitas. U-la-la! Sem falar que tenho esse mesmo problema das bananas as vezes ficarem muito maduras, pois sou gananciosa e acho que vou dar conta. Como uma banana por dia, me se fizer assim frita com molhinho, o ceu eh o limite. ;-)

beijao.

carlinhos de lima disse...

Já estava com saudades...

Eu gosto de comer assada... Sem mais nada.

Luciana Macêdo disse...

Tem duas semanas que me encontro nesta situação. Já dei, fiz cuca, torta, complemento de rabada, pão, doce em calda e ainda tenho muitas cada vez mais maduras nas fruteiras. As sugestões forma muito bem vindas.
Bjs!

Rosane Vargas disse...

Não conhecia o blog, cheguei aqui procurando no Google se é possível fazer mudas com galhos de ervas. Muito boa a dica das estufas. E ótimas as receitas.
bjs.

Goreti disse...

Bananas, bananas, bananas...como gosto desta frutinha, tão doce;quando sinto necessidade de algum doce emergencial, pego duas delas e viram uma guloseima rapidinho...no fogão, no forno, no micro,e no freezer sempre tem ter... e ao contrário de vc , prefiro a Nanica...Adorei as sugestões!!!

Beijos!!!

Ana disse...

Tanta coisa maravilhosa que podemos fazer com as bananas né...e ainda costumamos rebaixá-las. Puro preconceito.
"ele é um banana" "a preço de banana" quem é que nunca ouviu ou falou essas expressões. Também pura falta de conhecimento. Mas com Professora Neide, nossos "pobremas se acabaram-se".
Ai meu Deus, quanta coisa gostosa...nem sei qual a melhor. Mas vou começar fazendo a sopa, pra deixar todo mundo lá em casa maluquinho...
Hoje mesmo vou postar uma cuca de banana e também já fiz o bolo com as cascas.

http://nacasadoborao.blogspot.com/2008/03/chiquita-bacana-l-da-martinica.html

Beijos para você.

Aline Neme disse...

Neide, a moda por aqui em Vitória é moqueca de banana e farofa de banana... afff... duas tentações!

Bjundas
Aline Neme
http://moquecacompimenta.blogspot.com/

Laurinha disse...

Adorei as sugestões, a sobremesa então, foi aplaudida pelas lombrigas de plantão!
Beijinhos,

Renata Boechat disse...

Neide,

Bom dia!

Ontem tive a felicidade de poder provar a sopa de banana e curry, que ficou fantástica, aproveito para agradecer e elogiar seu blog, do qual me tornei fã!

Um abraço,
Feliz Ano Novo

Renata Boechat
www.eternosprazeres.com