quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Panforte da Tanya Volpe



Tanya veio pessoalmente me entregar o panforte que está fazendo para vender. Confesso que nem botava muita fé quando ela me contou. Primeiro porque não sou muito de doces (gosto deles, mas não tenho desejos como tenho de frutas) e depois porque nunca comi bom panforte fora de Siena. De qualquer forma, sempre confiei no talento da Tanya, seja na cozinha ou no estilismo de comida (aliás, ela está dando aula sobre isto hoje na Escola Wilma Kövesi) e sabia que ainda que não fosse perfeito seria o melhor depois dos italianos.  Enganei-me tremendamente. Uma, que eu gosto sim de doce, deste tipo de doce que leva  muitas frutas e especiarias. E outra que o panforte da Tanya consegue ser melhor que os que comi em Siena (numa única vez que estive lá). E, se eu não tenho este doce no meu repertório familiar, Tanya teve parâmetros de sobra para comparações.  A ascendência italiana e as memórias de infância lhe dão certa autoridade para ter chegado à melhor receita que combina frutas secas mas suculentas, confitadas, com avelãs, amêndoas, pistaches. Todas as diferenças de texturas e sabores agrupadas por uma massa perfumada a especiarias e mel em equilíbrio, que combina a maciez de um pudim, a firmeza de um bolo e a translucidez de uma geleia. E as frutas não são quaisquer umas - muito diferente daquelas imitações que encontramos dentro dos panetones. Por toda a massa espalham-se ainda pontinhos de crocância dados pelas sementes do figo seco que são como borbulhas sólidas.  Tudo isto está bem acima de uma providencial folha de hóstia, que não deixa dúvida que este é um doce pra se comer de joelhos.  Tão artesanal, até o saquinho de algodão, um mimo,  é feito por ela.  
Ficou com vontade? Ela está vendendo em dois endereços, no Pacaembu e Vila Madalena.  Vou deixar também o contato aí ao lado nos links de "comércio legal".  Para ver preços, vá ao blog da Tanya: Delícias e Paisagens.

Onde comprar
Casa Romilda - Rua Tupi , 592 - Pacaembu - Tel. 11 3661 9488
Sou Sou - Rua Aspicuelta, 355 - Vila Madalena - Tel. 3812 4076
Mas você pode encomendar diretamente com ela pelo email: tanya.volpe@gmail.com.



Os de Siena

5 comentários:

saboracasa disse...

que sorte a sua! Está a crescer água na boca só de ver essa bela iguaria
vou procurar a receita e tentar fazer tem um aspecto fantástico
até breve
paula

marcia micheli disse...

Oi Neide,

Tudo bem com vc?
Lá no Paladar tem uma foto sua pertinho de um pé de curry, na Lapa. Será que vc me conta onde é que está essa maravilha?
Sou moradora da região e adoraria tem uma folhinhas frescas de curry de vez em qdo...
Beijos e obrigada,
Márcia
(marciamicheli2008@gmail.com)

angela disse...

Too late! já estou de volta!
Que coisa chique, vou usar" nunca comi bom panforte fora de Siena" . Infelizmente, na única vez que estive lá não comi panforte..buáa! perdi de novo.
Cara ótima!! Também amo esse tipo de doce.

Mariangela disse...

ai que vontade de comer este panforte,adoro!!em POA tem uma mulher que faz um delicioso também,e por aqui,descobri uma delicatessen da Italia que vende os de Siena.Beijos!

Maria das Graças disse...

Neide, guardadas as devidas proporções eu comparo o Panforte ao doce Espécie que comia na minha terra, o Ceará. Ele, o Espécie, é uma combinação de especiarias, mel de cana e castanha de caju. E a se não me falha a memória a farinha era a carimã, ou massa puba. Os dois doces me tiram verdareiramente do sério.