quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Pimentas pisca-pisca

Um dia ainda chego a enfeitar minha fachada de vermelho como naquelas casas húngaras onde se aproveita o tempo seco do momento pra se secar páprikas.
Mas com o tempo chuvoso e as pimentas do jardim amadurecendo quase todas ao mesmo tempo, e como já tenho profusões de pimentas em conserva, congeladas, em pó, páprica da húngara e da espanhola defumada de La Vera, resolvi secar as ardidas à força da luz e do espírito natalino que uma hora ou outra chega, cada vez mais cedo, queiramos ou não, cristãos ou não.
Então colhi, cortando com a tesoura para manter o pedúnculo, amarrei turminhas de três ou quatro num cordão de pisca-pisca e, voilà, se fez a luz ardente como olhos faiscantes de invejas a enfeitar panelas e secar pimentas. Que venha o Natal e que até lá as pimentas estejam secas pra virar flocos que não tenho.

6 comentários:

Adriene disse...

Olá,Neide...
aproveitei uma folguinha no serviço e voltei a ler seu blog e ví que já tinha postagem nova, eba!!! Lindas as suas pimentas e com essa sua imaginação incrível... nasceram as "pimentiscas", hehehe. Quero ver os flocos delas depois, ok?
O blog da sorveteria é:
www.sorveteriabrancadeneve.blogspot.com
O nome não é lá grandes coisas mas como já era ponto tradicional em Lins achamos melhor deixar como estava. Mas ela é conhecida como Branca.
Qdo vir a Lins venha nos conhecer, vai ser um prazer. Meu marido é expert em sorvete e ele só usa produtos de excelente qualidade, inclusive os importados, principalmente os italianos.
Vou tentar manter o blog mais atualizado, mas com a correria na sorveteria devido ao calor escaldante que faz nesta terra... haja tempo pra tudo. Ainda mais dividir esse tempo entre todas as ocupações que eu me meto a ter. Mas, eu gosto hehehe
Bjs
Adriene

Gui Borducchi disse...

Alô Neide! tudo bem?
É engraçado que me sinto velho conhecido, apesar de escrever pela primeira vez aqui. Aproveitei o "espírito natalino" pra dizer que adoro o que você escreve aqui e a maneira como encara a comida e seus significados. Faz muito sentido pra mim, que vim de uma família do sítio, lá pras bandas de Cajobi e deixei de sentir tantos sabores depois que mudei pra São Paulo. Escrevi só pra falar das pimentas, que eu gosto tanto, principalmente aquelas ristras mexicanas, que enfeitam as casas de lá o ano todo. http://www.kenrockwell.com/trips/2008-11/IMG_2209-ristras.jpg

Espero que você continue com apetite pra continuar nos abastecendo com tanta coisa boa! Parabéns! Um grande abraço,
Guilherme Borducchi

Neide Rigo disse...

Adriene! Obrigada, já visitei a Bola de Neve (o blog, por enquanto) e gostei. Quem sabe um dia pessoalmente?...

Guilherme, seja bem-vindo, então. Que bom que gosta dos assuntos do Come-se. Adorei a foto das pimentas. Obrigada, um abraço, N (vou procurar saber onde é Cajobi)

arte da sadhia disse...

nossa que delicia ..amo pimentas de todos os tipos
bjus amei

Gui Broducchi disse...

Obrigado Neide!
Cajobi é perto de Olímpia, capital do folclore e famosa pela linguiça cuibana, que é uma delícia! Acho até que ela já deu as caras no Revelando São Paulo. Se por acaso estiver indo praquelas bandas me avise, que será um prazer falar dos segredos de lá! Um abraço,
Gui

Anônimo disse...

Oi, Neide,

Adorei a foto, meu marido é húngaro e páprika tem que ser de lá não tem jeito, a tia dele deixa secar dessa maneira ou com a fresca ela faz uma conserva que eles colocam na comida, muito bom, eu mesmo gosto de comer com pão mesmo ou com a linguiça que vem de lá. Ah além disso gosto de colocar no guyás, Delícia.

Essa foto me deu uma saudades de lá.

Beijos Miti