sexta-feira, 24 de maio de 2013

Pudim de leite com leite (sem leite condensado)


Pode parecer redundante dizer que o pudim de leite é de leite, só leite, sem leite condensado. Mas há gente que não acredita ser possível tal façanha, como se não houvesse pudim na era A.lc.  Poderia ter usado leite comum, sem concentrar, mas acontece que esqueci uma garrafa de leite cru fora da geladeira (a rotina tem sido comprar o leite cru do caseiro e trazer as garrafas congeladas, chegando aqui, transfiro para o freezer, vou tirando duas a duas para descongelar, deixo ferver, deixo invariavelmente a espuma entornar e sujar o fogão, mesmo colocando uma colher de pau na borda da panela, limpo xingando o fogão, espero o leite esfriar, deixo gelar, tiro a nata para fazer manteiga - que vou deixando no congelador até o pote se encher, passo o leite já meio magro para duas garrafas de vidro e vou usando para o kefir ou para fazer receitas). Mas, então... esqueci em temperatura ambiente por uma noite e um dia e resolvi ferver para ver se estava estragado. Antes de constatar que estava ainda em bom estado, resolvi deixar ferver mais para reduzir a 1 e meia xícara e fazer pudim com o leite concentrado, que daria mais corpo à sobremesa. É só abaixar o fogo ou colocar entre a chama e a panela um redutor de calor e deixar até conseguir a quantidade que quer. E para saber o momento de apagar o fogo, é fácil. Escolha a panela que vai usar e coloque nela 1,5 xícara (ou menos, se quiser o leite reduzido ainda mais) de água. Mergulhe na água um palito de fósforo (com a pólvora pra cima, claro) e marque com uma canela a altura da água. Jogue a água fora, coloque o leite e vai conferindo a altura com o palito.

Não consegui desvirar esta p de foto de jeito nenhum
Nem sou assim muito de doces, mas o trabalho no sítio me fez perder naturalmente cinco quilos nos últimos meses e não sei se é isto mas tenho tido mais vontade de comer doces, o que faço com moderação espontânea e sem culpas, com boca boa. Agora, veja aí como fiz.



Os ovos caipiras o deixaram assim, bem amarelo

Pudim de leite concentrado sem leite condensado

Para o caramelo: meia xícara de açúcar e 1/4 de xícara de água 

Para o pudim 
3 ovos 
1,5 xícara de leite concentrado (1 litro de leite sem nata reduzido no fogo a 1,5 xícara) 
1/3 de xícara de açúcar - ou menos, se preferir menos doce
Sementinhas de uma fava de baunilha 

Prepare o caramelo: coloque numa panela o açúcar com a água, leve ao fogo e vá mexendo devagar até derreter e formar um xarope grosso, cor de caramelo. Distribua esta calda no fundo de uma forma de pudim pequena (com capacidade para um litro).  Reserve. 

Para o pudim bata todos os ingredientes no liquidificador só até formar um líquido homogêneo.  (pode usar mixer, bater com garfo ou simplesmente passar inúmeras vezes por peneira). Despeje sobre a forma com caramelo, tampe bem e cozinhe na cuscuzeira, com água fervendo na parte de baixo, em fogo brando,  por cerca de 40 minutos ou até a parte de cima estar coagulada - teste com uma faca, que deverá sair limpa. Se quiser assar no forno, em banho-maria, faça como este pudim com priprioca. Espere amornar e desenforme. Sirva gelado. 

Rende: 8 porções
Nota: Se fizer como eu, na cuscuzeira, o pudim tem que ser bem tampado - com papel alumínio ou usando forma com tampa como a que mostro na foto.  Se não, o pudim ficar encharcado de água de vapor. Em banho-maria, no forno, pode ficar sem cobertura, que não haverá grande prejuízo (mas é sempre recomendável cobrir para o pudim não ressecar).  Para mais furinhos, fogo mais alto. Textura lisa, fogo baixo (use ou não use liquidificador).  Outro que fiz na cuscuzeira, em forminhas individuais, está aqui.


E nhac!

13 comentários:

Anônimo disse...

Pat, fiquei com uma dúvida.
Você compra o leite cru, mas antes de tomar ou fazer kefir, você ferve ele?

Neide Rigo disse...

Anônimo, acho que quis falar com a Pat Feldman, não? Não é aqui não.

Margareth DOnófrio disse...

Oi ...não entendi como colocar o palito de fósforo na água.
Obrigada.

Dani Santos disse...

Que maravilha ter leite cru assim à disposição! O pudim ficou lindo e imagino que delicioso tb! Bela receita! beijos
cantinho da galega

Anônimo disse...

Neide, perdão pelo engano, eu estava com os dois blogs abertos ao mesmo tempo.
Mas gostaria de saber a sua opinião, você acha melhor ferver o leite cru antes de tomar?

Anônimo disse...

Neide, perdão pelo engano, eu estava com os dois blogs abertos ao mesmo tempo.
Mas gostaria de saber a sua opinião, você acha melhor ferver o leite cru antes de tomar?

Gabi disse...

Ofereço-me como voluntária para trabalhar no sítio e perder alguns kilos tb. Acho que vou trabalhar bastante para perder os 10 que se alojam por aqui... ;)

bj!

Leticia Cinto disse...

Que pudim lindo! Muito bom saber que dá para fazer pudim sem leite condensado :) To precisando trabalhar um pouco nesse sítio para perder várias vezes 5 kg, kkkk. Bjs

Ana Canuto disse...

Neide: Minha avó costumava colocar um pires de cabeça pra baixo dentro do caldeirão de leite pra que não derramasse no fogão quando fervesse.
Reza a lenda que dá certo, porque teoricamente quando o leite ferve, o pires levanta e abaixa, levanta e abaixa, fazendo com que o leite não derrame.

Um beijo !

Neide Rigo disse...

Margareth, o palito é só para marcar a altura do volume de leite na panela. Funciona como uma régua.

Dani, fica muito bom, sim.

Anônimo, eu gosto de ferver para ficar mais fácil de extrair a nata para fazer manteiga. E gosto do sabor.

Gabi, está convidadíssima pra ser cobaia no spa´iracaia. Dois finais de semana abrindo covas para árvores, carpindo braquiária etc rss.

Letícia, mais uma voluntária pro spa´iracaia! (risos)

Ana, obrigada pela dica. Acabei de testar rss. Advinhe? Só não caiu porque fiquei vigiando. Depois lhe mando foto. Acho que a coisa é comigo rss.

Um beijo, n






ahmed disse...

Graças muito possível, por favor visite o meu humilde blog

شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم

David Kim disse...

Nenhuma das receitas de pudim (flan ou crème caramel) que encontrei em sites em inglês leva leite condensado. Aliás, nenhuma outra receita de sobremesa que peguei desses sites (populares, não especializados em comida saudável) leva esse ingrediente. Eu chuto que a paixão nacional pelo leite condensado se deva a alguma grande campanha publicitária feita por alguma dessas marcas na época das nossas avós, com a popularização de receitas com leite condensado da marca X, a tal ponto que as receitas originais que vieram com as tataravós europeias foram esquecidas.
Estou assando um crème caramel (sem leite condensado e com leite cru) e no meu forno e na minha altitude (Campos do Jordão) está levando mais de duas horas para firmar em banho maria.

Yuri disse...

Olá. Reduzir um litro de leite a 1,5 xícara de leite não deixará o leite com uma consistencia de leite condensado, mesmo? É que geralmente as receitas pedem uma ltada de leite condensado e duas latas de leite. Ou a ideia é deixar o pudim bem concentrado, mesmo? Obrigado.