segunda-feira, 21 de julho de 2008

Florença - as carnes do Mercado

De manhã os vendedores estão alegres e falantes.

Durante o tempo em que estive na Toscana comi pouca carne vermelha, a não ser nos produtos curados e embutidos. Fora a insalata di trippa (salada de bucho/ dobradinha) e o coniglio ripieno (coelho recheado) que comi no encontro do Slow Food, só comi um prato de trippa fiorentina (bucho em tirinhas com molho e queijo ralado) no Mercado e, de resto, massas e risotos feitos com cogumelos ou, no máximo, frutos do mar. Nada de carne de aves, de boi ou de porco. Por isto, não posso nem dizer se são boas ou não estas carnes que vi no Mercado. Mas pelo menos o nome delas acho que aprendi. Uma coisa interessante é que os tendões, línguas e tripas são vendidos já cozidos. Vejam aí as fotos:
(Para saber onde se encaixa cada peça, bem como seus nomes italianos regionais, veja a ilustração da vaquinha aqui).


Coniglio ripieno. coniglio porchettato


Faraona (angola) e galetto


Pollo e galletto

Trippa cotta e centopelle cotta

Zampa di vitella

Vitella: rosetta, ossibucho, scannello


Piccioni (pombos)

Bistecca, rosetta, bicchiere, groppa e magro scelto
Bollito, scanello e girello

Vitella: campanello, scannello, ossibuchi, rosetta, coscio e spalla.

Cervelo

Bistecche, girello e rosetta


Arista


Musetto cotto, Arrotolato di guancia cotta, lingua cotta


Soppello, campanello, spalla e petto

Nervetti cotti di vitella e lamprenollo cotto
Pancetta, spalla di maiale, stinco e rosticciana

Pecora e Capra


Pollo e coniglio

5 comentários:

laila disse...

nossa mesmo sem provar diria q são sensacionais...olha a cor dos galetos e a carne do coelho..arece tão molinha...maravilhoso!bjs

Carol disse...

Ola Neide. Você sabe que ontema noite estava indo para meu estágio no restaurante La Table,lá na Bela Cintra e cruzei com você no metrô consolação. Eu estava saindo e você entrando. Fiquei morrendo de vontade de te chamar, aquele dia no Hyatt nos falamos tão pouco, mas pensei de repente você poderia estar com muita pressa ai fiquei com vergonha. Se você tiver um tempinho, e ainda for ficar aqui em Sampa, dá um pulinho lá no La Table pra Jantar, estou lá Julho inteiro na janta. Grande Beijo!!

Sill disse...

Oi Neide! Qta novidade fresquinha! Meus Nônos iam fazer a festa neste mercado! Quero mesmo é saber o que vc achou de Lucca, a cidade deles! Bem vinda de volta a SP! bj Sill

clau disse...

Oi Neide:bentornata!
Sò faltou mm foi a foto do açougueiro!!
Aqui na Umbria eles fazem o coelho divinamente e de varios modos. A carne é toda branquinha qdo cozida, que fica atè dificil distinguir da de frango.
Mas coelhinho eu, pessoalmente, prefiro é vivo!
E cavalo e asno tb.
Pq na Toscana um dos pratos tipicos é a polenta com a carne do ultimo, mm que a do cavalo seja outro tanto popular, e nao sò ali...
Mas meus parabéns pela sua coleta de dados!
Bjs!

Neide Rigo disse...

Laila, preciso voltar lá pra provar...

Carol, querida, que pena que não me chamou. Eu costumo andar por aí sem olhar pros lados e sempre atrasada, mas teria sido um prazer parar pra conversar um pouco ou pelo menos dar um Oi. Da próxima vez, me chame. Que legal que está no La Table. Eu quase não saio pra jantar fora, mas quem sabe.

Sil, Lucca é uma cidade fantástica. E linda, claro.

Clau, não sabia do asno. Mas acho que experimentaria pelo menos. A seu pedido, incluí uma foto dos açougueiros. Não está muito boa, mas dá pra ter uma noção de como são.

Um abraço,
Neide