sexta-feira, 17 de junho de 2016

Pancnacity de 6 de junho de 2016. Comemos até formigas!

Para quem está chegando aqui agora, Pancnacity é um passeio de reconhecimento de plantas alimentícias não convencionais no bairro City Lapa, em São Paulo organizado por mim duas vezes por mês - sempre no primeiro sábado e primeira segunda-feira. Quem tiver interesse, não deixe comentário aqui, mas escreva diretamente para o meu email: neide.rigo@gmail.com. Na caixa de busca aí do lado, se digitar pancnacity, vai encontrar vários posts sobre as andanças anteriores.

Por ora, antes que chegue o próximo passeio, deixo aqui a fotos do último, com presenças amigas como Ana Luíza Trajano, Neka Mena Barreto, e Marle Alvarenga. Amigos ou não, todos acabam se aproximando - já que minha casa é pequena e o andar a pé tem dessas coisas, as pessoas vão se conhecendo.

As fotos estão todas misturadas. Tem aqui fotos minhas, da Ana Luíza Trajano e da Marle Alvarenga. Muito agradecida, meninas! E é interessante notar como outros olhares capturam momentos, objetos e movimentos diferentes.  Misturados também são os ingredientes pancs do almoço. Espécies colhidas se juntam às pancs de casa, ganhadas, congeladas, colhidas no quintal ou no sítio. E até banc (bicho alimentício não convencional ..) teve. As formigas içás ou tanajuras que vieram do sítio e estavam congeladas deram mais crocância à farofa e muito assunto entre a turma. Foi divertido.

Castanha-do-maranhão e amendoim de árvore. As castanhas são deliciosas
mesmo cruas. E germinam facilmente


Uvarana da praça - dá um palmito comestível 
Dente-de-leão
Mentruz rasteiro 

Sob o pé de caferana 
Tem alguém guardando sementes...  Neka adorou a castanha-do-maranhão
Na horta comunitária
Por sorte havia chovido e colhemos cogumelos
orelha-de-judeu
Monstera deliciosa - pena que ainda verde
Um pé cortado de tamarindo. Sorte que as folhas são
comestíveis
Feijão espada colhido no sítio. As vagens e os feijões foram pra panela
Endro silvestre. Substitui até a salsa 
A turma 
Pancs de casa 
A colheita 
Lili, grande amiga e ajudante
Água aromatizada com huacatay e chá com a mesma erva e capim santo
Nada como uma banqueteira pra ajudar

Caxi no leite de coco 

O feijão espada 
Vagem verde de feijão espada com cúrcuma e coentro

Manoela com a formiga. Nhac!
Pão de abóbora com beterraba 
Bora comer! 
Cogumelo orelha-de-judeu com misso, limão, sal, açúcar e gergelim 
Salada de rúcula com folhas de hibisco e pétalas de malvavisco 
Flores do coração da banana no leite e gratinadas 
Tipos de folhas de batata doce, todas comestíveis 

Detalhe da minha cozinha. Foto da Marle 
No fim, todos levam mães de kombuchá, grãos de tibico, kefir e isca de levain



5 comentários:

adelia sylvia penna ramos disse...

Oi, Neide! Acho um barato esse PANC na City! Morasse eu mais perto... Mas estou a

adelia sylvia penna ramos disse...

Oi, Neide! Acho um barato esse PANC na City! Morasse eu mais perto... Mas estou aqui, longe e sempre com esperança de que um dia você venha pra estes lados. Tem caminha e comidinha garantidas.

Paty disse...

Neide, procurei na Internet um passo a passo de como extrair esse palmito da uvarana mas não encontrei! Você poderia nos ensinar?

Alessandro Polo disse...

Muito bom. Esses dias apareceu um caruru entre as plantas da minha horta. Não tive dúvidas, comi refogado. Abraço.

Alessandro Polo disse...

Muito bom. Esses dias apareceu um caruru entre as plantas da minha horta. Não tive dúvidas, comi refogado. Abraço.