quinta-feira, 24 de abril de 2014

Ervas frescas. Um outro jeito de guardar


Já mostrei aqui e acolá jeitos de conservar ervas. Ultimamente, porém, trago ervas do sítio e não faço nada mais que lavar, escorrer e colocar dentro de um vidro com tampa. Trago assim e assim permanece durante vários dias, sempre fresquinhas pois não amassam e não perdem umidade. O microclima criado com o resíduo da água e a própria umidade das folhas garantem vida longa. Pelo menos uma semana aguentam muito frescas. Estas das fotos têm cinco dias e parecem que acabaram de ser colhidas.  Para comparar, coloquei uma parte da hortelã na água. E olhe que cortei os talinhos para que ficassem sempre frescos, hidratei algumas vezes as folhas, mergulhando-as na água, como já mostrei aqui, e ainda assim, com o tempo seco, elas não resistiram. Pronto, foram pras minhocas.  As do vidro, salsa, hortelã e manjericão, vou continuar usando.  Só não soque muita erva. E, claro, não ouse colocar dentro do vidro um maço de salsa com os talos amarrados com fio plástico (ou não). Não há erva que resista a tanta tortura. Solte o maço, jogue fora a folhas estragadas e murchas, lave as ervas, escorra bem e aí sim coloque no vidro, que pode ser tapado e deixado na geladeira. É também um ótimo meio de transporte. 

Guarde o vidro deitado 


Ou em pé, não importa. Olhe o estado da hortelã testemunha


Quando quer usar a erva, é só tirar 

E escolher 

5 comentários:

Maria Teresa Valente disse...

Que sistema prático para conservar, agradeço, abraços carinhosos
Maria Teresa

Anônimo disse...

Neide, pode guardar em pode de plástico?

Manoela

Quilly disse...

Que idéia ma-ra-vi-lho-sa!!! Bjs.

Fabricia Juliana disse...

Pode guardar na geladeira dessa forma?

Fabricia Juliana disse...

Pode guardar na geladeira dessa forma?