segunda-feira, 5 de março de 2012

Resposta à charada: umbu num cacto

Até agora não havia lhe pregado nenhuma peça nas charadas, mas o espírito brincalhão da gente da caatinga me contagiou e não pude resistir. Está certo que a Carol Leone, a amiga que me acompanhou nesta viagem, incentivou, mas gostei da brincadeira e espero que a encare com o mesmo humor. 


Chegamos numa mini-fábrica da Coopercuc bem na hora da labuta. Um balde cheio de umbus de todas as cores - os tradicionais verdes aos montes mas também os de vários tons de amarelos e laranjas chegando ao vermelho - que estavam sendo lavados tingiram meus olhos de fantasia e daí a vê-los espetados nos espinhos do cacto (acho que um Opuntia palmadora ou talvez uma palma híbrida ) como uma árvore de natal do sertão, quase como disse o Fábio em sua resposta, foi um passo em terra fofa. 


Carol e eu achamos graça dos comentários bem humorados, às vezes desconfiados, às vezes sérios, com um acerto e outro erro, com dois erros e um acerto, com certezas e até histórias vividas. Mas sempre com algum acerto. 


Comemos umbus até dizer chega. Agora o que resta é lidar com a saudade e tentar organizar as experiências que lá vivi para dividir um pouco com quem acompanha o Come-se ou que por aqui chega.  Aos poucos, devarinho.  Obrigada Priya, Tiago, Faustino e a todos que colaboraram. Acertar ou não importa pouco quando não precisamos de aplausos. O importante é guardar a resposta. 


Dois comentários que complementam o post com corretas informações:

Priya - Paula Magnus disse...

Acho que a palma é so apoio para as frutas...
As frutas, vou arriscar, acho que são umbus. E o bem vermelho parece um umbu que vi em uma notícia na internet uma vez. Um tipo de umbu que parece misturado com seriguela, apelidado de umburela. Afinal, é o festival regional do Umbu... :)

 Mimosa Pudica disse...

A planta é uma Opuntia sp, porém o fruto não é dela. Se não forem frutos de outra planta presos em seus espinhos, pode ser uma galhas produzidas pela ação de algum parasita. Mas a fruta lembra muito o umbu (Spondias tuberosa, L.) mesmo, só a sua coloração e as formas que me deixam com uma pulga atrás da orelha, não batem!
Bom essa está difícil Neide!
Tiago Pilla

Mulheres com umbu em Lages da Aroeira, Uauá - BA

5 comentários:

Ninha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ninha disse...

Vixe! Amo umbús, tirados do pé, inchados ou maduros, umbuzada ou musse (melhorr que a de maracujá).
Faz pouco tempo que coloquei foto dos daqui de casa no blog.
Tenha uma ótima semana!

Priya - Paula Magnus disse...

:)
O Festival foi uma bela dica. Beijos

Nadia Marrach disse...

Desta vez eu acertei..achei mesmo que era uma pegadinha!!! Só que algo me tirou da frente do computador e eu me esqueci de postar!
Experimentei umbú há anos luz atrás, quando fui de carro para Barra da Estiva, no interior da Bahia, visitar um amigo. Tinha um moleque atrás do outro vendendo umbú na estrada...uma delícia...comi até me fartar!!!

Anônimo disse...

:)
ufa que entenderam a brincadeira!
e viva a árvore de natal do sertão!
bj
carol leone