quinta-feira, 12 de maio de 2011

Quinta sem trigo 21: panquecas coloridas sem glúten

Fazer massa de panqueca sem trigo não é nenhuma empreitada difícil, afinal a massa não precisa crescer. O difícil é fazer pães levedados sem glúten. E qualquer amido umido em contato com calor se gelatiniza e se transforma numa massa agregada, mais ou menos firme, mais ou menos elástica. Mas queria usar polvilho doce, fácil de encontrar. Sabia que ficaria muito elástica, mas pensei em usar algum legume cozido para diluir um pouco esta característica, própria do amido de mandioca. Pensei em batata doce ou mesmo batata comum, mas me ocorreu que talvez ficasse mais bonita e nutritiva se usasse legumes coloridos. Depois de algumas tentativas, acho que esta versão ficou bem boa. E com uma textura macia, agradável e flexível.  Dá pra cortar e colocar na sopa como macarrãozinho, fazer panquecas recheadas e gratinadas ou trouxinhas fáceis de manusear, menos frágeis que as feitas com farinha de trigo. À receita, pois:





A massa fica bem líquida e deve ser colocada na frigideira não muito quente para dar tempo de espalhar bem. Depois, se quiser, corte como macarrão e sirva com caldo. Pode cortar a massa aberta ou enrolada  - neste caso ela se desenrolará em contato com o líquido quente. 


Panquecas coloridas


Para a massa de beterraba: 50 g de beterraba cozida (cerca de 1/4 de xícara se amassar bem), 1 ovo, meia xícara de leite (120 ml), 1/2 colher (chá) de sal, 1 colher (chá) de fermento, 1 colher (sopa) de óleo e 5 colheres (sopa) de polvilho doce (35 g), lembrando que uso medidas padronizadas (1 xícara = 240 ml e 1 colher (sopa) = 15 ml) sempre rasadas. 


Para a massa de espinafre: 1/4 de xícara de espinafre cozido, espremido e picado (pode ser espinafre congelado). Se quiser, substitua por taioba. O resto dos ingredientes, igual à massa de beterraba.  


Para a massa de cenoura: 50 g de cenoura bem cozida (cerca de 1/4 de xícara). O resto, às massas anteriores. 


Modo de fazer: bata os ingredientes de cada massa no liquidificador até que a mistura fique bem homogênea e lisa. Frite cerca de 1/5 da massa em frigideira antiaderente sem untar (o óleo na massa elimina a necessidade de untar e o uso de frigideira anti-aderente também). Mexa bem a mistura cada vez que despejar  na frigideira, para evitar que o amido se assente no fundo.  Doure de um lado, vire com uma espátula e cozinhe do outro - não precisa deixar dourar depois de virar, assim este lado ficará mais colorido.
  


Recheie com o tempero que quiser, cubra com creme de leite ligeiramente espessado com polvilho e temperado com sal e noz moscada, cubra com queijo e leve para gratinar. Ou sirva como qualquer outra panqueca, faça trouxinhas ou corte tiras para servir com caldo de frango caseiro. 


Cada massa rende 5 panquecas (a depender do tamanho de sua frigideira)




Recheei a minha com frango desfiado e bem temperado com cebola, cheiro verde, páprica defumada e pimenta. Cobri com creme de leite espessado e temperado, espalhei queijo ralado grosso por cima,  levei ao forno só pra gratinar e Nhac! 

14 comentários:

Kenia Bahr! disse...

Amei a trouxinha, achei fofa! Me lembrou minha mãe tentando nos agradar com trouxinhas que ela fazia com folhas de alface e recheava com arroz, feijão e pedacinhos de carne... Quero fazer essas trouxinhas! :D
Beijos

angela disse...

Psiu, vou fazer pra moça que não come carne, não sei com que recheio pois eu não gosto lá muito de palmito e por aqui não é seguro comprar camarão.. mas vou ter uma ideia. Mas vou tirar onda.. tomara que ela não leia essa sua entrada de blog!!
e amei idéia das cores em panquecas,mesmo com trigo.. claro que pro marido tem que ser sem beterraba, mas amei.

Gina disse...

Esse "macarrãozinho" colorido no caldo ficou show!
Bom final de semana.

Anônimo disse...

Coisa linnnnnnda e o colorido nem se fala e demais ..... Beijos Denise ha o sabor tambem deve ser divino , mas primeiro sempre comemos com os olhos.

Amehlia Digital ® disse...

Cumadi,
Amei sua receita...e como macarrão foi novidade total para mim.
Além de ficar muito lindo, claro! =)
Desejo um domingo especial...
Um bejim grande!
Vinni

aguiar disse...

Olá Neide,
você sempre surpreende com suas receitas. Essa entãao? Maravilha!
Já começamos a comer com olhos, tudo tão colorido e apetitoso!
Panqueca é um prato infalível! Agrada sempre!
Bjo grande

Taís disse...

Oi Neide! Fiz as panquecas no final de semana, de beterraba e de cenoura. Adoramos! Farei novamente para usá-la como macarrãozinho, deve ficar muito bom também. Dia desses eu posto no blog. Bjs
http://tataecoisasetal.blogspot.com

Carmen disse...

Neide querida, yo hice unas así hace tiempo, sólo que eran más gruesas y con trigo. Algún día las publicaré.
Me encantaron en la sopa, cuando haga frío las haré.
Un abrazo fraterno

Elis disse...

Amei, o recheio pode ser espinafre com ricota, tomate, cebola e alho, tudo picadinho! Huuuuuum

Studio Lari - Lembrancinha nascimento, batizado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Studio Lari - Lembrancinha nascimento, batizado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Studio Lari - Lembrancinha nascimento, batizado disse...

Fiz a receita branca mesmo. Ficou muito bom!!!! Dava vontade de comer mesmo sem recheio!!!! Muito melhor do que as panquecas feitas com farinha! Ficou fofo!!!!! Delícia mesmo!!!!
Obrigada por compartilhar a receita com a gente!
Ah, já fiz assim tb: batendo a massa com feijão! Fica super nutritivo!
Bjus Thais

blogutensilios disse...

Acabei de testar a receita de beterraba e de cenoura (substitui o leite por água mesmo), ficaram maravilhosas! Muito, mas muito mais gostosas que as tradicionais. Valeu!!!
Abrs,
Catharina.

Agnaldo luiz disse...

Ótima dica. Vou experimentar.