terça-feira, 8 de novembro de 2016

Pão de chá reciclado


Outro dia ganhei da Paola Carosella um pouco de chá gun powder, o chá verde pólvora cujas folhinhas são enroladas na própria plantação e ficam crocantes. Dá vontade de ir comendo como chips. O chá é delicioso e as folhinhas ficam muito macias depois de infusionadas, por isto provei e não tive coragem de jogar fora. Pareceu-me uma preciosidade a ser aproveitada mais uma vez.




Como o assunto pão está sempre na mesa por aqui, resolvi adicionar as folhinhas no pão que estava fazendo.


E os ingredientes para o pão que estava fazendo já estava na tigela. Queria fazer um pão com fermentação natural mas não cascudo. Queria um pão macio para sanduíche, sem ser assado na panela, assado em forno mequetrefe a gás, para mostrar que você não precisa de um super forno para conseguir fazer pão. Pode não conseguir fazer certos tipos de pães como aqueles dourados pelo excesso de calor e com alvéolos também resultado do forno bem quente e glúten bem trabalhado.

No forno a gás o resultado é às vezes frustrante se você quer produzir o pão que está na moda, o pão rústico, cascudo, cheio de lindos buracos. A temperatura quase nunca chega ao que você precisa e o pão sai branco, feio. Mas que tal fazer um pão dourado mesmo sob temperatura mais baixa? E ainda macio, afinal não precisamos ceder à ditadura do pão cascudo. Podemos ter um bom pão, macio, para sanduíche e dourado, atraente. É só usar um pouco de açúcar, ovo e alguma gordura. Os dois primeiros ingredientes para contribuem para a cor e a gordura e também o ovo contribuem para a maciez. E assim você terá um pão muito melhor que aqueles industrializados pães de forma.

Bem, o chá, apenas espremi bem o que ficou na peneira e acrescentei à massa.

Pão de chá reciclado
200 g de levain reformado e borbulhante
250 ml de água fria (e mais água se precisar)
500 g de farinha (toda branca ou 400 g de branca e 100 g de centeio ou a combinação que quiser com farinha integral)
1/2 colher de sopa rasa de sal
1 ovo
1/4 de xícara de manteiga ou azeite
1 colher de sopa de açúcar ou mel
1/2 xícara de folhas de chá verde usadas e úmidas, bem espremidas
Um punhado de passas

Misture o levain com a água, junte a farinha e misture bem com as mãos. Junte os outros ingredientes e misture até formar uma massa homogênea. Junte mais água se precisar para fazer uma massa bem macia, quase grudenta. Não precisa sovar, não. Coloque dentro de uma vasilha de plástico com tampa, untada com azeite, e deixe em repouso por meia hora. Dobre as bordas da massa, espichando pra cima, como um envelope. Coloque a tampa e repita a operação mais uma vez depois de meia hora.

Espere mais meia hora e divida a massa em duas partes, molde os pães e coloque em duas formas de bolo inglês untadas e enfarinhadas. Cubra com pano e deixe crescer até dobrar de volume. Se quiser, faça desenhos com farinha (usando um molde de mdf ou descanso para pratos), corte com gilete - mas não precisa, e leve para assar em forno bem quente por 20 minutos e mais 40 em temperatura médio ( mas lembrando que cada forno meia boca tem lá suas idiossincrasias...). Fica bem fofinho, bom pra crianças e sanduíches.



Obs. Se não tiver levain, use 10 g de fermento granulado dissolvido em 80 g de água e uma xícara de farinha de trigo. De resto, faça igual. 

Nenhum comentário: