segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Conyza da jardineira. Ou buva.


Ervas do gênero Conyza, a gente encontra a rodo pelas ruas de São Paulo e nas lavouras - motivo para serem atacadas ferozmente com glifosato - round up ou mata-mato. Mas a ervinha não só é daninha, mas é danana, hibridiza-se com facilidade e se adapta com maestria às situações adversas. E assim, tornou-se resistente ao herbicida.

Sorte nossa que gostamos de comer suas folhinhas. Quando as encontro na rua, nunca sinto uma atração muito grande para comê-las. Talvez pelo nome, buva, talvez pela aparência - quando as descubro, geralmente já estão para florescer e, portanto, com folhas já encolhidas.

Mas hoje decidi que não vou mais chamá-la de buva e sim pelo nome científico do gênero, Conyza. Mais fácil, mais charmoso e só de saber que vou atrás de uma conyza certamente vou encontrar as plantas mais jovens, tenras e apimentadas - sim, as folhas são apimentadas.

E também hoje fui reformar uma jardineira e havia lá uma planta enorme com folhas vistosas, que colhi para comer. E elas estavam deliciosas. Cozinhei em água salgada até que as folhas ficassem macias, escorri e misturei a uma farofa com farelos de pão, alho, manteiga de garrafa e pimenta. Ficou bem gostosa e já estou desejando a próxima colheita.  

Fonte da foto: http://invasoras.pt/gallery/conyza-sumatrensis/

Há três espécies que podemos encontrar por aí, todas muito parecidas, com algumas particularidades. A Conyza canadensis, a sumatrensis e a bonariensis.  Todas são comestíveis e às vezes difíceis de distinguir já que se cruzam e geram muitos híbridos.

Recebem também o nome de voadeira, porque formam dezenas de pomponzinhos brancos que, maduros, espalham suas sementes voando por aí.


Com farofa de pão de batata-doce-rocha, manteiga de garrafa e alho 
E nhac! 

4 comentários:

Fabio Tristão disse...

Nossa, ao chegar em casa vou reparar no quintal, mas me parece bastante com uma planta que cresce com fartura por lá e sempre corto achando que é "mato" como costuma dizer aqui no blog! kkk Se realmente for, vou botar na panela para experimentar

Ivo Alemao disse...

Hoje comi uns brotos de uma Conyza, muito saboroso, apesar dos pelinhos, deixa um gosto agradável na boca, parecido com menta e pimenta (essa bem fraca).

Fabio Tristão disse...

Como disse anteriormente, verifiquei em meu quintal e realmente é Conyza. Nascem aos montes, mas aina não provei. Assim que possível vou cozinhar alguma!

Cristina Pavani disse...

Eu conheço por voadeira. A gente tratava porcos (na infância).
Vou passar a comê-la escaldada! Amo sopas...