sexta-feira, 24 de junho de 2016

Aquela sua waffle maker ...

Waffle de verdade gosto de fazer na lenha. Faz um tempão que não uso minhas formas de ferro que se encaixam na bola do fogão de lenha. Mas tenho também uma forma elétrica que paguei 10 pilas num brechó e ultimamente tenho feito bom  proveito dela. Tudo ali, menos waffle. Outro dia mostrei rodelas de berinjela. As de hoje, cortei de comprido e o tempero, a gosto.

Mostro aqui outros vegetais e até o beiju de massa de mandioca que ficou delicioso - com coco fresco, um pouco de açúcar e erva-doce, como comi no Marajó.

Os quiabos e as berinjelas são meus preferidos e as pimentas também ficam lindas. Quando tiver algo úmido, pegajoso, doce, é só isolar as chapas com folhas de bananeira ou de amendoeira. E nhac!



2 comentários:

Kr. Eliane disse...

que ideia legal!!!
tenho uma forma elétrica de waffle que está grudando e não sabia mais o que fazer com ela !!
genial sua ideia....
:o)
obrigada.
trabalho maravilhoso !!!
http://elianeapkroker.blogspot.com.br/

Priscila Silva disse...

Oi, Neide! Acredita que tenho feito coisa parecida numa grill elétrica que tenho? Desde o começo do ano faço quase tudo nela, especialmente porque ficamos sem fogão até semana passada. Os legumes faço assim desse jeito mesmo que você faz. Berinjelas, jilós e abobrinhas são os meus preferidos. Também coloco lascas de abóbora japonesa e deixo até começar a estatelar. Chuchu, cebola, lâminas grossas de alho, quiabo, inhame... Já assei biscoito de queijo e pão ázimo nela também. Quase todos os dias fatio uma batata inglesa, rodelas não muito finas, salpico sal e alecrim e deixo na grill até ficarem crocantes, são como chips de batata, crocantes e gostosas. Já também grelhei metades de jilós que depois pus num vidro com azeite de ervas e sal grosso - virou um antepasto... Muito legal!