quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Nariz para te ouvir melhor

 
Os pratos acima são só para você não se esquecer que este ainda continua sendo um blog de comida. Mas como já registrei aqui vários passos importantes da menina, faço-o novamente. Falar dela a cada dois ou três anos está de bom tamanho, não?

Hoje fomos, Marcos e eu, comemorar novo motivo de orgulho  no restaurante Jiquitaia, do qual já falei na semana passada.  Só nós, pais corujas, e comemos deliciosamente - eu, feijão tropeiro, Marcos, peixe -, brindamos, mandamos fotos para a filha e dissemos: estamos comendo esta comida deliciosa em sua homenagem. Resposta: carinha com boca invertida, snif. Ananda continuou trabalhando depois do encerramento da cerimônia de "formatura" da residência. Hoje o jantar para os pais será coletivo, mas refeições e viagens sem ela neste tempo todo foram várias. Almoços importantes, reveillon, festas, feriados, aniversários, várias datas foram passadas sem ela, que estava sempre trabalhando de dia ou de noite, às vezes de dia-e-de-noite.  Vida dura esta de médico. 

Há aqueles que são bons generalistas de nascença e os que nasceram para ser especialistas em alguma coisa. Eu, por exemplo, sou especialista em generalidades. Jamais seria uma especialista porque ora me interesso por matos da rua, ora quero saber sobre a bioquímica da curcumina. Já Ananda cisma com uma coisa e estuda a fundo, por isto agora entende quase tudo (sempre há o que aprender) de nariz, ouvido e garganta. Como o pai, formou-se em otorrinolaringologista. E gosta de fazer cirurgias (eu desmaio só de pensar em sangue), faz bem. E depois do jantar, mostra para o pai tomografias de pacientes, vêem juntos vídeos de cirurgias, discutem casos. Bonito de ver. 

E tudo bem que ela mal tem tempo para cozinhar ou falar de comida, minhas paixões. Mas gosta dos restaurantes que gosto, um alento. E pelo menos já acerta todos o que é, o que é, o que me deixa feliz. Mas quando penso que vou ter minha filha mais perto de mim, fico sabendo que  foi convidada para ser preceptora (chefe dos residentes) no mesmo departamento de otorrino do HC, no ano que vem. Ou seja, mais almoços sem ela, mais saudade e mais vontade de podermos voltar a cozinhar juntas. Um dia, quem sabe... Tudo por uma causa justa.

Ela era uma bebê séria (e meio careca, analfabeta e banguela) 
E virou uma séria médica, sabida e sorridente 
Já falei dela aqui e ali

14 comentários:

Anônimo disse...

Neide, já parabenizei a Ananda pelo facebook! Estas modernidade... Agora parabenizo vc e Marcos pela pessoa maravilhosa, linda e excelente profissional que vocês criaram! Com toda certeza será muito feliz nesta profissão! E parabéns pela preceptoria, sinal de reconhecimento! Bjs, Suzi

Dricka disse...

e linda tambem! Muito sucesso para Ananda, sorte ela já teve de ter vocês como pais!

Anônimo disse...

Sua ilha é linda pode não ter tempo de cozinhar mais é sua fotocopia são parecidíssimas. Parabéns o país precisa de médicos médicos.(Diulza)

cara mengobati asam urat disse...

yummi reciep :D

obat stroke alami disse...

i try at home :D

pengobatan hipertensi disse...

nice reciep

Marcelo C. Bastos disse...

Neide, parabéns pela filha e muito obrigado pelos elogios ao nosso restaurante. Não lia o blog há algum tempo e só hoje vi a comparação do post da semana passada. Um mínimo elogio seu já seria glorioso para nós, mas o post sobre o almoço de vocês não podia ser mais lisonjeiro. Kidoairaku, Maripili, Tordesilhas e Mocotó não são apenas alguns dos meus restaurantes preferidos, como são minhas referências mesmo. Dia desses disse para minha mulher: Quem sabe um dia a gente não chega a ser um Kidoairaku de cozinha brasileira?
Fiquei muito contente com tudo o que você escreveu.

Um abraço
p.s: desculpe não ter dado mais atenção a vocês hoje, estávamos numa correria danada

Neide Rigo disse...

Suzi! É gostoso compartilhar isto com você, que a conhece desde bebê. E o país precisa de médicos sérios, responsáveis e éticos como vocês. Linda profissão.

Obrigada, Drika e Diulza. A revanche dos feios (aqui me incluindo) é ter uma filha bonita. rss

Cara, Obat e Pengobatan: o post de hoje não é uma receita e nada que se possa reproduzir em suas casas. caiäum fórah djá.

Marcelo, eu é que fico feliz de morar numa cidade que aos poucos vai colecionando bons exemplos de restaurantes com a nossa cara. E vocês são exemplos a serem seguidos. Por favor, não me peça desculpas pela falta de atenção. Fui tratada tão bem quanto todos os clientes do salão. E quando encontro o chef na cozinha, como aconteceu nas duas vezes em que estive aí, e dali saem comidas gostosas, sinto-me tratada com o maior carinho e respeito do mundo. Obrigada!

Um abraço,
n

Anônimo disse...

Neide, meus parabéns pela filha linda e competente!! É incrível, sabemos que os filhos são nossos até uma certa idade, depois vão para o mundo, estudar em outras cidades (como a minha, que foi pro Paraná) ou viver seus sonhos em outros cantos ou países. Cabe a nós, pais, torcer para que sejam felizes, confiar nos valores que transmitimos e rezar bastante, para que tenham proteção divina! Humm, o almoço estava gostoso,hein? Beijos, Liliana

Obdulia Belmonte disse...

Parabéns pela filha! Linda, dedicada e competente. Desejo sucesso na profissão.

Anônimo disse...

E linda!! Parabéns, Neide e Marcos. O exemplo é a melhor forma de educar e acho que vcs passaram as boas referências do melhor jeito que podiam/sabiam.
Claro que é bom plantar em terra fértil, né?
Parabéns, Dra. Amanda.
Bjo a todos os envolvidos e até breve, Neide...aqui, aí, algures.
Gaby

Ana Canuto disse...

Bom,ela quis ser igual ao pai na profissão, mas na carinha é você, ontem !

Entre especialistas e generalistas, aposto que sobra é muita generosidade nessa moça bonita, esforçada e competente.

Vai Ananda, vai ser feliz !

Janice Kiss disse...


Parabéns para a filhota e para os pais porretas! Bjs, Jan.

Anônimo disse...

E linda, e muito parecida com você! parabéns a todos pelas conquistas merecidas. Abç
Izabel