quinta-feira, 23 de maio de 2013

Dente-de-leão. Coluna do Paladar, edição de 23 de maio de 2013

FOTO: Tiago Queiroz/Estadão
Hoje tem Nhac lá no Paladar. Falo do dente-de-leão, esta erva que já apareceu por aqui tantas vezes e não cessa de aparecer nas calçadas. Bem, você pode ir direto ao blog do Paladar, mas trago também aqui a versão integral.
...

Temos muitos nomes para este matinho nativo da Europa e Ásia, sendo o mais popular, dente-de-leão. Mas responde também por taraxaco, amargosa ou chicória silvestre. 

Não me lembro de tê-lo visto sendo vendido em feiras livres ou supermercados, mas é daquelas ervas ditas daninhas que vão aos poucos tingindo de verde das folhas e amarelo das flores as calçadas e jardins abandonados sem que ninguém as perceba. Até que a pouco chamativa flor que cresce na ponta de uma haste amadureça em forma de uma bolinha de pompom de seda.  Aí vem o vento ou uma criança que sopra por brincadeira. E, pronto, a espécie está disseminada. Perto de minha casa sempre há uma pequena plantação esquecida e nunca estou desabastecida. Na pressa, faço um angu, refogo umas folhinhas com bacon e nhac.

Esta família botânica a que pertence o dente-de-leão agrupa outras espécies que a gente conhece melhor – a  margarida, a alcachofra, a camomila e o girassol, por exemplo. As flores vivem frequentadas por abelhas e como as outras citadas   não são comuns, mas em capítulos, agrupamentos de flores pequenas assentadas num mesmo receptáculo, normalmente plano. Nas bordas, as pequenas flores podem ter uma parte prolongada simulando pétalas. E ao redor de tudo, folhas modificadas dando o desenho de flor.  Se as flores tem estas particularidades, com os frutos não seria diferente. São em forma de aquênios, ou frutos secos, finos, ínfimos, com um chumacinho de pelos na extremidade. Todos juntos eriçados sobre a base dão a forma da bolinha de seda que se desmancha em voo ao menor sinal de instabilidade. É assim que se dispersam.  

Mas toda esta descrição é para que,  da próxima vez que estiver andando pela cidade de São Paulo ou de Lisboa, ou de qualquer outra capital mundo afora, você pare e observe que a disposição das próprias folhas serrilhadas como dentes (de leão, é claro) e verde escuras,  assentadas na mesma altura em volta de uma base, faz da verdura uma roseta basal difícil de esquecer ou de confundir com qualquer outra. E se acaso colher por engano alguma erva parecida, saiba que todas as assimiladas ao dente-de-leão, serralhas ou serralhinhas, são comestíveis.  

Na zona rural as folhas são encontradas facilmente nos cultivos de roça, nem sempre benquistas, mas apreciadas junto com outras ervas espontâneas como alimento principalmente nos  tempos em que alfaces não eram tão abundantes e dispersas nos mercados.  Mesmo na Europa, com uso ancestral na cozinha e na farmácia, já foi muito mais comum.  Sorte que tanto lá quanto aqui ainda há agricultores interessados em preservar a biodiversidade alimentar que cultivam a erva para vender em feiras de produtores. Já vi algumas vezes na feira de orgânicos do Parque da Água Branca, aqui em São Paulo.

No romance A Ciociara, de Alberto Moravia, que conta as dificuldades de duas mulheres que voltam ao vilarejo natal durante a segunda guerra mundial, a erva é mencionada junto com outras que cresciam espontaneamente nas montanhas,  chamadas todas indistintamente de chicórias,  e serviram para matar a fome em tempo de penúria. A personagem descreve estas ervas assim: “Luísa, a mulher de Paride, acompanhou-me a primeira vez para me ensinar e bem depressa me tornei tão hábil como os camponeses, conhecendo as várias espécies uma por uma, pelo nome e pela forma. Lembro algumas: o mastruço, que na cidade se chama agrião, com as folhas e os pés tenros e doces, de um verde-escuro; o dente-de-leão, que se encontra entre as pedras dos socalcos, de um verde quase azul, com folhas finas, compridas e carnudas ..”

Não são exatamente carnudas como as folhas de beldroegas ou espinafres, mas são folhas consistentes quando adultas e melhor apreciadas se cortadas em fatias finas como nossa couve para a feijoada. Folhas jovens são tenras e podem ir inteiras para as saladas. Nos dois casos, porém, não deixam de ser amargas, não posso mentir. Mas são deliciosas para quem tem apreço por este sabor que combina com bacon, abacates e alhos.

Pelo nome científico, Taraxacum officinale,  já conseguimos ter sobre a planta a certeza de utilidade, afinal espécies nomeadas officinale são sempre aquelas com aplicações na fitomedicina. Além de serem ricas em antioxidantes, vitaminas, minerais e, como qualquer verdura, clorofila, as folhas, raízes e flores são diuréticas e também indicadas para problemas biliares e estomacais. Mas, para isto, é melhor procurar um médico fitoterapeuta que sabe fórmulas e dosagens adequadas. Nosso negócio é comida.

O que interessa aqui é saber que as folhinhas são gostosas como o almeirão e apetecem justamente por terem um amargo bom, conferida pelos princípios amargos como a taraxina. As flores em botão fazem as vezes de alcaparras, as abertas são aproveitadas em licores e geleias e a raiz, torrada, vira bebida como café.

Quem ainda não está acostumado com a verdura deve começar com algo de fácil aceitação, como este macarrão. Acrescentei alho negro no final, mas alho fresco pode ser usado no lugar, fritando antes com o bacon. Uma salada com folhas jovens regadas com vinagre e gordura quente em que se fritou bacon também pode seduzir. E as flores em broto podem estar juntas.  Para quem gosta de amargos, um bom refogado sobre um angu mole pode ser visto lá no blog do Paladar.

FOTO: Tiago Queiroz/Estadão


Macarrão com dente-de-leão e bacon

2 litros de água salgada com meia colher (sopa) de sal
150 g de macarrão de massa curta
2 colheres (sopa) de azeite
40 g de bacon picado em cubinhos
Meia pimenta dedo-de-moça madura sem sementes picada
100 g de folhas de dente-de-leão
4 dentes de alho negro*

Numa panela, coloque a água salgada e leve ao fogo. Quando ferver, junte o macarrão e cozinhe pelo tempo indicado na embalagem (cerca de 8 minutos ou até ficar al dente). Enquanto isso, numa frigideira, coloque o azeite e o bacon na frigideira e frite até o bacon dourar. Junte primeiro a pimenta e depois o dente-de-leão picado e refogue até murchar. Tempere com sal a gosto (cuidado porque o bacon já tem sal) e junte o alho negro fatiado no final. Escorra o macarrão, coloque na frigideira e incorpore à verdura, chacoalhando a frigideira. Sirva bem quente com lascas de queijo da Canastra curado, se quiser.

Rende 2 porções

*Se não tiver alho negro, acrescente junto ao bacon umas fatias de alho fresco, comum. Vai ficar bom do mesmo jeito.


FOTO: Tiago Queiroz/Estadão

Refogado de dente-de-leão para comer com angu

5 pés de dente-de-leão
2 colheres (sopa) de gordura de porco ou óleo
2 dentes de alho grandes bem picados
Meia xícara de água quente
1/4 colher (chá) de sal

Lave bem as folhas,  escorra e pique em fatias de meio centímetro. Reserve.
Numa panela, coloque a gordura e o alho picado. Deixe começar a dourar e junte a água e o sal. Coloque na água as folhas e deixe cozinhar para que fiquem bem macias (cerca de 3 minutos). Se precisar, junte um pouco mais de água aos poucos. Prove o sal e corrija, se necessário. Sirva com angu ou polenta mole.

Rende de 2 a 3 porções

Para o angu, misture 1/2 xícara de fubá fino de milho com 3 xícaras de água. Leve ao fogo, mexendo sempre,  até começar a espessar. Tampe a panela, abaixe o fogo e cozinhe por meia hora ou até que esteja soltando do fundo da panela e com consistência cremosa. Não precisa ficar mexendo. Se quiser, junte uma pitada de sal.  Rende: 2 a 3 porções

11 comentários:

João Inácio disse...

Neide, dente-de-leão é muito bom! E nem é tão amargo assim. Para sempre ter em casa (moro em apartamento), apanhei uns pom-pons pela rua e semeei nos meus canteiros, na sacada, junto de tomate-cereja, caruru, salsa e das flores. Agora, quando quero fazer uma omelete mais incrementada, por exemplo, basta ir na floreira da janela e pegar umas folhas. E, ao contrário do que afirmam alguns agricultores, a ervinha não é daninha: ela não prejudica o crescimento das outras plantas e (tenho a sensação) de que afasta pulgões e cochonilhas das demais plantas. E é muito gostoso, principalmente as folhas mais novas.

marta.hoffmann disse...

Oi Neide,
Hoje qdo.fui a feira aqui perto (marché provençal),estava cheio de flores de abobrinhas(courguettes,zuchinni).Além de serem lindas são comestiveis, i.e.,Uma vez comi elas fritas e são deliciosas.Perguntei hoje na feira, se além de fritas,teria outra maneira de comé-las, a resposta foi que elas podem ser recheadas e serem cozidas no forno. Lendo o teu post de hoje, pensei em perguntar a vc.como eu poderia usar as flores das abobrinhas, sem irem ao forno (atualmente não tenho forno) e sem frita-las, isto é,sem ser tipo beignet. Comprei algumas hoje porque não resisti,elas estavam lindas!!! Vc.tem alguma sugestão de como poderia usá-las?

Neide Rigo disse...

João, eu tampouco acho amargo ou daninha, mas a maioria das pessoas o vêem assim. Eu adoro de todo jeito. Obrigada pelas informações.

Marta, que tal um "risoto ai fiori di zucca"? Há várias receitas na rede.
São deliciosas.

Um abraço, n

marta.hoffmann disse...

Neide, obrigada, achei vários sites com a receita do risoto (Risotto à la fleur de courgette).Agora 11.10 pm.,vou sonhar com as flores (rsrrsr) e amanhã,vou fazer a receita!!!!

João Inácio disse...

bah, Marta, mas abre uma exceção e faz as flores fritas, à milanesa. Até quem não come ou não gosta de fritura cai de joelhos :) Além do risoto, outras receitas fáceis é torta salgada, quiche e pizza! Para fazer a quiche, tu podes pegar umas receitas da Neide como essa aqui, de caruru e substitui o mato pelas flores:

http://come-se.blogspot.com.br/2009/01/quiche-de-caruru-verdadeiro-ou-quiche.html

E pizza é só caprichar na mussarela, orégano e azeite de oliva e manda ver nas flores. Fica muito, mas muito bom mesmo!

Abraços!

Anônimo disse...

Aqui em Caxias do Sul esta planta também é conhecida como 'pissacan'.

Juvelino

Leticia Cinto disse...

Ótima a coluna, Neide! Adorei :) E, Marta, eu tb comeria frita, envolta por uma massinha, nham, nham. Mas comi um ravioli com molho branco e fiori de zucca, que eu babei, rsss. E, João Inácio, obrigada pela ótima ideia de plantar a dente de leão! Vou copiar, hehehe. Bjs!

marta.hoffmann disse...

Oi Neide,
aproveito aqui para responder João Inácio e Leticia.Olhei o post sugerido quiche de caruru,torta salgada,etc...meu problema que comentei com Neide.Não tenho forno!!! segundo, atualmente,moro num apto.pequeno (rsrsrsrs) e fiz uma vez fritura e ficou o cheiro em todo o apto. (está ainda um pouco frio aqui, e as janelas ainda continuam fechadas),mas mesmo abrindo a janela da cozinha, fazendo as flores fritas, salta oleo para tudo que é lugar!!!! por isso, adorei a sugestão da Neide de fazer o risoto, hoje a noite, será nosso jantar e agora lendo a sugestão da Leticia, tb. gostei, só vou pesquizar internet e ver se posso fazer e não precisar o forno para gratinar.

Anônimo disse...

Olá Neide,
sou do RJ, e aqui tem uma planta parecida com essa da foto, sendo que a flor é de cor vermelho, com o tempo vira pompom, ao qual já brinquei muito na minha infância, gostaria de saber se também é uma espécie de dente-de-leão?
Andrea Louredo

Anônimo disse...

ORAÇÃO PARA CASAL BRIGAR FEIO,PUBLICAR 7 DIAS,NO 3 DIA É CERTO O RESULTADO,MAS
TERMINE ATÉ O 7 DIA. EXUS PAGÃOS,EXU CAVEIRA,EXU DO LODO,SEU ZÉ
PILINTRA,FAÇAM(TF)E(AF) BRIGAREM,DISCUTIR FEIO E SE ODIAREM.(AF)SERÁ IMPACIENTE E
ESTÚPIDA BRUTA COM(TF)E ELE FICARÁ MUITO ZANGADO,SENTIRÁ UM ÓDIO INCONTROLÁVEL E
NOJO PARA SEMPRE DE (AF)TRATARÁ ELE MAL COM GROSSERIA E IGNORANCIA AINDA HOJE 15-06-2013
SEM FALTA,E NÃO VAI QUERER FALAR MAIS COM (TF)NUNCA MAIS,(AF)OFENDERÁ (TF)E GRITARÁ
COM ELE E VICE E VERSA,QUE OS DOIS TENHAM UMA GRANDE DISCUSSÃO,QUE A VIDA DE
(TF)E(AF)SEJA UM INFERNO,QUE ELES SE SEPAREM PARA SEMPRE,QUE A FAMILIA DELA TAMBEM
HUMILHE(TF)ASSIM SEJA E ASSIM SERÁ HOJE E SEMPRE

Anônimo disse...

Para você mesmo, diga o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)... Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes)... Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (nove … Amém Nossa senhora do desterro,desenterre TF _ de onde estiver ou com quem estiver e faça ele me telefonar ainda hoje,apaixonado e arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que TF venha para mim RM _.,afaste todos amigos, que ele não tenha pensamentos para outras coisas e amigas e sim para mim, pense em mim, me telefone e me ame. Confio no seu poder e sei que serei atendida. Amarra (_TF_),amarra(_TF ), amarra homem( TF _)PRENDO E amarro tua alma, teu espírito e teu corpo,as forças te trarão chorando aos meus pés,tú não hás de comer, tu não hás de falar com outra mulher enquanto não me procurar para pedir o meu amor,o meu perdão e a nossa reconciliação.Te prendo(_TF _)toda força,amarrado a mim,dominado por mim,nenhuma outra mulher te interessará,tu terás pensamento só em mim,meu amor por ti será tudo!

Socorro!!!Salve Rainha do Cruzeiro, traga o_TF _de volta imediatamente, que o_TF _mande mensagem, me ligue, me procure, me ame loucamente, não tenha vontade de fazer mais nada enquanto não ligar para mim, me procurar e queira me amar e estar comigo sempre, que o_TF _sinta saudades de mim, como eu estou sentindo dele neste momento. Prometo publicar esta oração sete dias seguidos, todos os dias, pois sei minha Salve Rainha do Cruzeiro que sua bondade é grande.Amém Para MEU amor procurar ainda hoje,apaixonado e querendo ficar comigo firme e serio. conte 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,9,8,7,6,5,4,3,2,1 em seguida bruxinhos e bruxinhas assim que esta simpatia eu publicar _ TF vai me procurar e falar que precisa de mim que me ama e quer ficar comigo, ele irá me ligar agora,pois esta pensando loucamente em mim e me fará a pessoa mais feliz do mundo e vamos ficar juntos sem brigas e com carinho,respeito e fidelidade para sempre. Trazer seu amor loucamente para você um milagre será feito, somente repita essas palavras… E veja como Deus se move: Senhor Deus eu te amo necessito que _TF _Seja comigo no meu coração. Abençoe minha família, minha vida afaste as pessoas que querem me prejudicar, traga-me TF _loucamente apaixonado por mim _ me procure comigo preciso de sua ajuda urgente em nome de Jesus Re: Para ter seu amor de volta – infalivel