terça-feira, 28 de maio de 2013

Arroz doce da Dona Olga

As coisas coincidem. Ananda,  com vontade de comer arroz doce da avó. Eu aqui com uns quilinhos a menos e boca boa para comer doces. Fernando, do Alimento Sustentável, com um bom arroz cateto orgânico, da Chácara Santo Antônio, de Bocaiuva do Sul, que eu adoro porque é cremoso, ideal para o arroz doce.  E bastou! 

Nesta hora, nada que pensar que arroz branco é "carbo", que carrega um número de índice glicêmico nas costas, que foi destituído de sua película nutritiva, que é calórico,  não tem nenhuma propriedade messiânica como a batata doce, a chia ou a linhaça, que o leite é integral, que o açúcar é cristal, o escambau. Gente, menos, menos.  Os extremos são sempre perigosos.  

Arroz doce é comida de alma, o leite veio da vaquinha do caseiro lá de Piracaia, o açúcar é orgânico, o limão veio da roça, mas a canela deve ter vindo da China. O importante é que a gente volte a cozinhar.  E aos poucos  vai tentando fazer o melhor, usar os melhores ingredientes que se pode conseguir. Mas tudo isto pode ir acontecendo aos poucos. É importante não desistir e resgatar o prazer de comer (e de cozinhar a própria comida) e usar bom senso na hora de dosar a quantidade que vai comer. Só isto. Mas vamos lá à receita de minha mãe, dona Olga. 

E nhac! 

Arroz doce da dona Olga

Deixe de molho 1 xícara de arroz cateto com 1 litro de leite fervente. Depois de uma hora,  leve tudo para cozinhar em panela grande, com um pau de canela, em fogo baixo.  Quando o arroz estiver bem macio, junte açúcar a gosto (algo como 3/4 de xícara ou menos) com pedaços de casca de limão verde ou rosa (usei rosa) e uma pitada de sal. Cozinhe até que fique cremoso e o arroz bem molinho. Tire do fogo e sirva com canela em pó. Para enfeitar, coloque sobre o arroz uma toalha rendada ou um apoiador de panela com desenho e só então polvilhe a canela. Retire com cuidado. Deixe gelar se for capaz. E nhac! 

Rende: 6 a 8 porções 



11 comentários:

marta.hoffmann disse...

Oi Neide,
este arroz doce está uma delicia, o problema é se controlar para não comer todo!!! A proposito, fiz o risotto com as flores de abobrinhas e ,seguindo tua sugestão,pequei a receita na web e consegui seguir a receita direitinho e no final me atrevi um pouco e acrescentei umas ervilhas frescas que estavam sobrando na geladeira.Ficou uma delicia.Obrigada pela sugestão.!

Anônimo disse...

Parabéns Neide, estou sempre besbilhotando seu blog. Assim que tiver um tempinho de uma olhada nas receitas do blog abaixo:
arquivoculinario.blogspot.com

Abçs,

Anderson

silvia disse...

Vou ter que fazer....ai ai....rsrsrs
Silvia

João Pedro Diniz disse...

Neide, adoro arroz doce, uma coisa que se faz muito por aqui mas nem sempre bem. A receita da sua mãe tem um truque que para mim é novo, isso deixar o arroz de molho... vou testar em breve. Em Portugal, uns fazem o arroz doce com gema de ovo e os outros não. Já comi versões deliciosas dos dois.

Vah Pimenta disse...

Acabei de fazer.. nham nham ameeei!! Muito gostoso, ficou super cremoso, aveludado.. cometi a petulância de acrescentar amendoim, e ficou muito bom.
Beijoo

Dricka disse...

Delicia! Meu arroz doce é assim simples tambem, nada de leite condensado ou creme de leite, mas não resisto a uma boa porção de coco ralado na ponta da colher, para honrar minhas origens nordestinas.
Bjs

Marília disse...

Neide, você maravilhosa como sempre! Adorei o "não tem as propriedades messiânicas da batata doce"! Meu irmão agora só come peito de frango e batata doce, não há o que o demova dessa busca pela salvação 0 carb! Tempos loucos!

VINICIUS CASTILHOS RAMOS disse...

aumente suas visitas trabalhodisponivel.blogspot.com

Paula Siqueira disse...

que lindo! adorei!

Anônimo disse...

Fui juntando tantas receitas de arroz doce que nem sei...com leite condensado, gemas e diferentes maneiras de cozinhar o arroz. Pois bem, fiz a sua este fim de semana e joguei tudo que tinha no lixo! Seria injusto se não viesse a público agradecer-lhe. Pedro

ahmed disse...

Graças muito possível, por favor visite o meu humilde blog

شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم
شبكة انت والعالم