sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Coca cola é isto aí!



Não tenho por hábito tomar refrigerante, mas já gostei de coca-cola e tubaína. Hoje, quando tomo coca-cola sinto forte cheiro de barata (ou é veneno de barata?).  Outro dia, numa viagem à Bahia, minha amiga Silvinha e eu paramos na estrada à caminho de Uauá, e pedimos uma coca-cola bem gelada. Aquele cheiro discreto de barata que sinto normalmente estava ainda mais forte. Nós duas sentimos. Pedimos pra trocar a garrafa e os copos, pensando que talvez o gosto não fosse exatamente da bebida. Pois continuou. E agora, esta reportagem. O caso do moço parece não ter nada a ver com o assunto discutido pelos especialistas confiáveis, de qualquer modo, e sem aqui querer ditar regras, acho bom tentar consumir o menos possível desta bebida e de outras açucaradas (e adoçantadas) até o momento em que voltaremos a sentir prazer em matar a sede e se refrescar com o bem mais precioso que temos por aí, água!  E não pense que só a coca-cola peca em corantes e outras substâncias tóxicas. Tem o caramelo IV na cola, o amarelo tartrazina nas bebidas amarelas etc. Fora outros aditivos. Gente da minha idade ainda foi pouco exposto a estas substâncias todas, agora, imagine crianças que já crescem tomando coca-cola na veia. E pensar que a coca-cola patrocina congressos de nutrição aqui no Brasil, hem?

7 comentários:

Anônimo disse...

Descobri a pouco tempo que tenho uma doença genética de nove Rins Policísticos.

A única coisa que o médico foi categórico em proibir: Coca-Cola.

Alguns espanto?

Beijo e obrigada pelo seus sempre excelentes textos.

João Inácio disse...

Bem, se dá para desentupir pias e ralos com Coca-cola, né?

Quando está muito quente sinto vontade de uma coca bem gelada, mas eu consumo pouco realmente, abro uma pet, tomo uns goles, deixo na geladeira e quando vejo ela já está velha... Vamos ver se eu consigo eliminar esse troço da minha vida definitivamente...

Jussara disse...

Oi, Neide,
Não entendi a parte onde você diz "O caso do moço parece não ter nada a ver com o assunto discutido pelos especialistas confiáveis"... Isso quer dizer que ele não ficou daquele jeito por causa da ingestão da Coca, mas sim do veneno? Sinceramente, achei a matéria meio mal feita, e fiquei com essa dúvida, que voltou agora que li seu texto. Gostaria de entender melhor o fato.
Eu tomava refrigerante esporadicamente, e às vezes sentia vontade de tomar coca, mas nem sempre cedia à tentação. Quando podia escolher optava pelo guaraná, que acho o menos pior. Já fiquei um ano sem beber refri, mas depois voltei. Quando a gente volta a beber estranha bastante o gás, o organismo parece que rejeita. Hoje estou fazendo reeducação alimentar e eliminei os refrigerantes.
Mas acho que todo mundo sabe que essas bebidas não fazem bem, esse tipo de matéria só vem para nos chacoalhar e nos fazer pensar no que estamos colocando para dentro do nosso corpo.
Realmente, muitas mães dão coca-cola para seus bebês ainda na mamadeira e muita gente a toma no café da manhã.
Abraços.

Dricka disse...

Affe! Nojo total, em minha boca never forever! Agora, o pessoal tá demonizando a coca-cola mas esquecem de ressaltar que todo refrigerante é prejudicial a saude, com rato ou sem rato, não traz nenhum beneficio.
Eu tambem curtia uma tubaina, mas agora acho doce demais ou acrescentaram mais açucar na formula ou estou mais intolerante. De qualquer forma acho uma delicia que noticias assim venham a tona, dão um chacoalhão no povo, porque né? coca-cola na mamadeira é demais!
Bjs

Neide Rigo disse...

Ká, espero que consiga controlá-los.

João, coca cola vicia. Tem que ir desmamando aos poucos.

Jussara, a edição da reportagem está mal feita. O caso do moço é estranho e não tem relação com o corante e os aditivos de que a reportagem fala no resto da matéria. São duas coisas diferentes.

Dricka, eu incluiria até mesmo outras bebidas açucaradas mascaradas de saudáveis.

Um abraço, n

Anônimo disse...

Oi Neide,

Quando ainda morava com meus pais, só podia beber refrigerante dois sábados no mês. Depois que sai de casa e casei, atribui a culpa de beber refrigerantes diariamente a falta de tempo. Depois de longos 7 anos bebendo coca-cola quase que toda noite meu intestino simplesmente pifou. Adquiri a síndrome do intestino irritável. Hoje em dia só como tudo natural. Depois de 2 anos sem tomar um gole sequer de coca-cola fui provar e simplesmente odiei, na hora senti formação de gases na barriga e um mal estar. Eu estou livre desse víci

Blogger disse...

Do you drink Coke or Pepsi?
PARTICIPATE IN THE POLL and you could win a prepaid VISA gift card!