segunda-feira, 8 de outubro de 2012

É tempo de uvaia

Passamos de carro em frente à praça, já no fim da tarde, mas ainda foi possível ver a árvore pintada de bolas amarelas. Era a uvaia. Nem me lembrava que já era hora dela, uma das mirtáceas mais deliciosas que já provei. Fomos para casa, pegamos sacola e pano e voltamos lá ainda a tempo de enxergar no alto as frutinhas frágeis que se esborracham no chão quando maduras, sucumbem ao ataque de larvas e, na melhor das hipóteses, servem de comida para os pássaros. Com sorte, nos sobram algumas. Marcos subiu na árvore, eu estendi o pano no chão. Aos poucos conseguimos juntar algumas para suco imediato, outras verdolengas e algumas no ponto para serem congeladas. Tudo foi feito rapidamente quando chegamos em casa. Umas sete bem maduras, com o benefício da luz noturna onde todo gato é pardo e todo bicho é polpa, foram batidas no liquidificador sem as sementes com 1 banana prata, 2 xícaras de água, além de açúcar e gelo ao nosso gosto. A banana entrou para dar cremosidade, mas a combinação me pareceu perfeita. A uvaia é mais ácida que doce e muito perfumada enquanto a banana é doce, sem acidez,  saborosa e faz espuma quando batida. Uma bebida refrescante para um fim de dia escaldante. 


Já falei muito de uvaia aqui no Come-se. Não carece de falar mais. Procure no campo de busca. De qualquer forma, depois uso as que foram congeladas (lavadas, higienizadas, secas e congeladas em aberto).

15 comentários:

Juliana Valentini disse...

Neide,
"luz noturna, onde todo gato é pardo e todo bicho é polpa" é sua melhor frase dos últimos posts! Adorei!
E é assim mesmo com a uvaia, o perfume é maravilhoso e os bichos acabam sempre chegando primeiro, então só mesmo a luz noturna pra garantir volume de frutas pra degustação!
Beijo grande,
Ju.

Maria de Lourdes Ruiz disse...

Tenho um pé de uvaia que frutificou uma vez só e depois disso secou de tal maneira que cortei um palmo acima do colo da planta e ela rebrotou e cresceu, ficou viçosa mas até agora não deu fruto. Vendo suas uvaias me deu vontade de chupar.

Bjs

Manuela Teixeira disse...

Oi Neide,

Não conheço uvaia mas o aspeto é delicioso. Essas frutinhas coloridas devem ser uma delicia.

Bjnhos e uma boa semana.

(http://saborescomtempo.blogspot.pt)

Nelson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nelson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nelson disse...

Olá, tudo bem? Não conheço a uvaia, mas me lembra muito um fruto típico da minha região, a cagaita. Seriam a mesma fruta? São realmente muito parecidas. Abraço!

merceariacaseira disse...

Ora aí está uma fruta que nunca ouvi falar...É parecida com algum fruto em particular?
Se a conhecesse melhor, até a tinha colocado no mapa de época de frutas que temos no blog (http://merceariacaseira.wordpress.com/2012/09/18/epoca-dos-alimento/)

david era uma vez... disse...

Oi minha fessôra preferida!!

Uvaia ou orvalha (como eu conheci quando criança) é uma fruta deliciosa, tem o doce e o azedo na medida certa, o problema sempre foram os verminhos.
Lembro me das minhas aulas de laboratório de química orgânica, em que cada grupo teria que preparar um licor e um grupo de meninas que ignoravam a fauna que cada frutinha dessas abrigam. Todas felizes começaram o processo de macerar no álcool de cereais as uvaias e eu muito intrometido perguntei se elas haviam tirado os bichinhos... Pra que eu fiz isso?
Foi um deus nos acuda, pois tente achar bichinhos mortos nessa frutinha...
Meu professor me chamou de lado e brigou comigo dizendo que não faria diferença, mas para as garotas era como fazer licor de cadáveres!
Semana seguinte elas estavam macerando morangos e eu me abstive de falar sobre o mesmo problema!

Beijos mestra!

Anônimo disse...

Também amei a frase, Neide. Parabéns!
Os bichinhos para mim, são meros detalhes que se mexem, ou capinhas de proteína animal para complementar a dieta. rsrsrs
Abç
Izabel

Neide Rigo disse...

Juliana, e não é?

Mara de Lourdes, elas são persistentes.

Manuela, o sabor é incrível e único.

Nelson, lembra a cagaita, lembra o araçá-boi, mas é outra fruta, com sabor muito particular.

Mercearia, não consigo pensar em nenhum fruto com o qual a uvaia pudesse ser comparada. Ela tem sabor ácido com ligeira doçura, muito perfumada e singular.

David, apareceu!! Ótimo causo. Obrigada!

Izabel, exatamente.

Um abraço, N

Anônimo disse...

Neide querida,
na casa da minha mãe tem um pé de uvaia e tenho me esbaldado com elas! Sempre penso em você. Outro dia fiz suco com água com gás, caipirinhas.. Tentei fazer seu vinagre mas nâo deu certo. Acho que vou começar com as maçãs... Desidratei umas uvaias e coloquei sal.. Ficou mais ou menos. Agora tento fazer mudas para espalhar por aí.. como você. Falando nisso, criei um grupo no facebook chamado "Bancos com encosto para Sampa" para discutir porque se senta tão mal nas praças de São Paulo. Pena que você não está no face, mas já publiquei vários textos seus por lá.É um grupo aberto. Beijo, Sofia Carvalhosa

Neide Rigo disse...

Sofia, eu me lembro de ter visto. Eu já tive uma uvaieira daquelas numa outra casa onde morei aqui em São Paulo. A gente não vencia usar e congelar. Felizmente elas congelam bem. Depois quero uma mudinha da sua pra plantar em Piracaia. Que legal este grupo no face (sei que estou perdendo muita coisa, mas não dou conta, não). bj,n

Patricia Lieko disse...

Olá Neide Rigo,
só para constar: o Edilson (Ciprest) tem mudas de uvaias com pouquíssima acidez, quase doces mesmo.
Inté.

Leticia Cinto disse...

Ah, uvaia (ou uvalha, como a gente falava), que delícia! Tinha um pé na minha casa e durante anos os bichinhos não descobriram essa fruta e a gente se esbaldava em fazer sucos, sem nunca achar verminhos. Depois de algum tempo, meio maltratada, os bichos atacaram e a árvore acabou cortada, para meu desgosto. Mas o perfume dessas frutas nunca me deixou!

Wilson Cologni disse...

Nelson, a Uvaia ( Eugenia Pyriformis) e a cagaita (Eugênia Dysenterica) não são as mesmas mas provavelmente são da mesma familia. Eu fiquei conhecendo a Cagaita através da postagem de um amigo nordestino e também confundi com a Uvaia. Ele esclareceu a diferença e disse que como o próprio nome diz, Cagaita provoca "Caganeira ou desinteria" e tais sintomas já estão expressos no nome desta fruta. Caga..ita nome popular e E.Dysenterica , nome científico . Parece que faz sentido. Mas realmente são identicas.