quinta-feira, 5 de maio de 2022

Flor de bananeira com cogumelos



Este coração é de banana são tomé, aquela roxa. Mas qualquer uma serve. Já expliquei como preparar o coração com suas flores aqui.  Basta ir desfolhando e tirando as flores. Mas, claro, você pode também fatiar o coração inteiro sem separar as flores. É que elas são especiais, tem formato interessante e absorvem o sabor dos outros ingredientes de qualquer prato com temperos marcantes. Mesmo depois de aferventadas (duas ou três vezes em água já quente com gotas de limão), ainda ficam amargas e um pouco tânicas, mas quando misturadas com outros ingredientes não percebemos nada. Ficam bem delicadas, incorporando o sabor e aumentando o volume do prato, conferindo uma textura de cogumelos ou algo assim. Por isto, desta vez, pensei em misturá-las com cogumelos, se beneficiando assim do sabor e da consistência. 

Entre as sépalas
Separadas




Para uma textura mais delicada, recomenda-se
tirar os pistilos que são como palitos de fósforo
no centro da flor - ficam mais duros quando cozidos


Flores já aferventadas 


Com cogumelos 


Como fiz:  refoguei cebolas em um pouco de manteiga e juntei cogumelos shitake fatiados.  um pouco de shimeji desmembrados e as flores de um coração.  Refoguei, mexendo sempre, em fogo alto, até o cogumelo amolecer. Juntei um pouco de cebolinha picada, shoyu e um pouco de mirim. Assim que a cebolinha murchou, apaguei o fogo e Nhac!   Com arroz branco desta vez.