terça-feira, 23 de julho de 2019

Chaipira - chá chai caipira de piracaia

Quando estou em Piracaia, nunca abro caixinhas, latinhas ou recorro a sachês de chás. Basta dar um volta na casa e colher ervas aromáticas deliciosas para infusões que aquecem.


Mas desta vez, tive uma inspiração para além do chá de todo dia. Em menos de um mês ouvi duas vezes a mesma receita pra gripe em regiões diferentes. Uma gemada com leite e infusão de hortelã/ menta e hortelã- gorda ou hortelã-baiana (malva,  em algumas regiões do nordeste, mas é parente do boldo e não das malvas) . Não sei as proporções mas gostei da ideia e fiz a minha própria infusão ou confusão com ervas aromáticas e ou medicinais do quintal para uso recreativo, porque fica deliciosa. Se houver gripe, certamente vai espantá-la.  Os aspecto lembra o chai indiano - chá com especiarias e leite, por isto o apelido que ganhou: chaipira que faz tripla associação: chai, capiria, Piracaia (a cidade onde temos a chácara com estas ervas todas). 

Eu fiz assim e você poderá criar ao seu modo. Preparei uma infusão com folhas de canela, manjericão-cravo, hortelã-gorda comum e variegata, cravinho-da-serra, gerânio-de-cheiro sabor rosas, capim-santo e perpétua-do-mato - erva terramicina vermelha que não aparece na foto, mas me lembrei na última hora. Resumindo, faça um litro de chá gostoso que você tomaria. Enquanto isso, bata duas gemas de ovo de galinha caipira e mel suficiente para adoçar ao seu gosto, até a mistura clarear como gemada cremosa. Despeje sobre esta mistura uma xícara de leite puro bem quente para cozinhar as gemas. Bata bem e despeje o chá quente. Misture bem e corrija a doçura se achar por bem. Se não toma leite, substitua por leite de coco. Se é vegan substitua o mel por açúcar mascavo, o leite por leite de coco e dispense as gemas. Se não pode com sacarose, leite de coco, mel, gema, leite de vaca e se não tem ervas frescas no quintal, coloque água sobre um sachê de chá e tome ;))