segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Embalagem ecológica com cera de abelha. Adeus filme plástico!


Outro dia uma aluna da oficina de pão trouxe para mostrar uns tecidos encerados como este aqui. Nunca tinha visto e fiquei fascinada. São lindos, mas são americanos. Nunca vi por aqui. Confira lá no site as utilidades: www.beeswrap.com

Quando percebi como era feito, logo pensei na possibilidade de fazer um igual com cera de abelha de mandaçaia que tinha sobrado daquele creme para mãos.

Não via a hora de testar. Antes, dei uma espiada nos vídeos do You Tube, como este  - de tudo a gente encontra por lá. A vantagem deste tipo de embrulho é que ele é modelável, se ajustando à coisa embalada com um simples aperto com as mãos (imagino que seja mais difícil com quem tenha mãos geladas). Pode ser lavado em água fria, embora não absorva a sujeira nas tramas do tecido que se torna impermeável. Seca rapidamente como um pedaço de plástico. É dobrável e embala sanduíches, pedaços de frutas ou legumes abertos etc. Substitui filmes plásticos e, em vários casos, também o papel alumínio, sendo assim uma alternativa sustentável e ecológica ao excesso de plástico que costumamos usar na cozinha.

Só não funciona pra embalar carnes, peixes ou outros proteicos que possam apodrecer e depois contaminar alimentos nos próximos usos - porque pode haver micro-falhas na cobertura do tecido. Fora isto, o uso se mostra bastante seguro.

Quero fazer ainda muitos outros. Vou comprar cera de Apis em loja que venda artigos para sabonetes e cremes - já comprei uma vez e é bom porque às vezes lá vem em lascas. Já que a cera de abelha sem ferrão (mandaçaia, jataí, urucu etc)  é muito mais rara. Sem contar que a de Apis não mancha o tecido. De qualquer forma, adorei meus paninhos marrons e até comprei um com desenho de abelhas. Tenho usado bastante nos últimos dias.  Quer ver como é fácil de fazer?

Então, aqui vai o passo-a-passo de como fiz.

Coloque na mesa uma toalha de banho dobrada e por cima dela um pedaço de
papel vegetal ou papel alumínio. Coloque um pedaço de tecido de algodão,
distribua por cima cera ralada, tentando espalhar uniformemente. A quantidade você
logo vai descobrir,  na prática. 


Coloque por cima da cera ralada outro pedaço de papel e passe o ferro
quente médio. Vá passando até perceber que a cera derreteu e se espalhou
pelo tecido. 

Retire o papel enquanto ainda está quente e com um pincel distribua melhor
a cera sobre o tecido. 

Desgrude o tecido do papel de baixo e puxe com cuidado. Ainda nas suas
mãos, o tecido vai secar e estará pronto pra ser usado 

Se suas mãos estão quentinhas, o tecido
se ajusta melhor. É só ir modelando em volta
do que quer embalar ou fechar (não cubra
pratos quentes - a cera pode derreter) 


7 comentários:

Leticia Cinto disse...

Gostei!

Ana Carolina disse...

Que legal! Onde encontra cera de apis pra comprar?

Marina Ferreira disse...

Oi Neide, a gente ja fez aqui em casa, mas ressecou na geladeira. O seu não ressecou? Fiz desse mesmo jeito. Ja vi uns videos que o pessoal adiciona uns óleos diferentes...
Bj,
Marina

Bruno Oliveira disse...

Que demais neide! eu já me incomodo com a frequencia assustadora que se usa filme plastico em casa, e tenho uns quilos de cera de apis guardados, vou fazer uso deles!

Valter Mello disse...

Que sensacional Neide.
Quando a gente acha que não viveria sem um "poluente" qualquer, tem sempre alguém com uma boa ideia.
Vamos fazer por aqui!

E como faz muito tempo desde a última vez que lhe escrevi, Parabéns pelas suas iniciativas e lições. Sempre leio e vejo coisas interessantes vindas de você.

Luiza Maciel Nogueira disse...

Muito legal!!

abç!

Bruno Padilha disse...

Que genial !!
👏👏👏👏👏👏👏👏