segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Cenas de primavera em Piracaia


Salada mandada da sobrinha Tarsila. Foto: Carol Leone 
O fim de semana teve sol e chuva, silêncio e barulho, mas sobretudo comida e muita prosa. Festejamos a primavera em Piracaia com a casa cheia de gente. Amigos, irmãs, sobrinhas, cunhado, caseiro Carlos, caseira Silvana, mãe da caseira, dona Dita, gatos, cachorros, passarinhada e folhinhas sopradas de passagem por um vento primaveril que anunciava chuva e incentivava o fogo da lenha. 

Descobri finalmente uma boa comida para se fazer quando há muita gente, você tem pouco espaço para trabalhar e ainda quer tempo para ficar com as pessoas. O molho de tomate com linguiça fresca, que compro ali mesmo em Piracaia, posso deixar pronto e só aquecer na hora. E os spätzles, posso deixar a massa pronta também, mas uma boa ideia é deixar os legumes cozidos e misturar tudo na hora - isto pode despertar o interesse de quem não sabe fazer esta massa super prática e versátil - e se encanta com a simplicidade.  Foi o que fiz. E se você não sabe fazer spätzle nem tem o instrumento certo, veja aqui uma alternativa.  E o gostoso é cozinhar ao ar livre. Vai tirando da água à medida em que os nhoquinhos sobem e já monta os pratos com o molho. Fiz desta vez com cenouras colhidas na horta e folhas de batata doce fresquinhas também colhidas no sítio. A intensão era fazer com espinafre, já que tinha um canteirinho cheio, mas as formigas chegaram antes. E quer saber de uma coisa?, até prefiro folhas de batata doce porque são mais fáceis de lavar.  Cozinhei as duas coisas no dia anterior -  folhas e cenouras. Outra coisa que preparei foram aquelas tortillas. Fiz a nixtamalização ainda aqui em São Paulo e levei o milho já cozido. No sábado Marcos passou dois quilos de milho cozido pela máquina de moer cereais e no domingo foi só envolver todo mundo no feitio das bolinhas que depois eram prensadas e assadas na chapa sobre o fogão de lenha que foi posto ao ar livre - o mesmo usado para fazer, depois, os spätzles. Foi uma verdadeira linha de produção, com alternância de turnos.  Comemos com recheio de carne moída e feijão com muita pimenta. Tarsila, minha sobrinha, colheu verduras e pepino e montou um salada mandala enfeitada com flores do jardim - capuchinha e begônia, para comemorar a primavera junto com a outra sobrinha, Flora, que ajudou a cobrir o bolo com frutinhas vermelhas colhidas aqui no meu bairro (amora, cereja do rio grande e pitanga) e ali em Piracaia (framboesa da montanha). Sonia ainda colocou no meio uma maçã do amor trazida pela Flora de uma festa do dia anterior. E assim passamos o domingo, colhendo, cozinhando, comendo, bebendo,  lavando, cozinhando, comendo, bebendo, lavando, cozinhando, conversando, rindo, comendo... Para terminar bem o domingo, uma chuva grossa ao anoitecer lavou a poeira e deixou tudo limpo para a próxima farra. 

Aqui, mais umas fotos da Carol Leone que fez sem ninguém notar.  Se não fosse ela, nenhum registro do momento. 

 





8 comentários:

aguiar disse...

Parabéns Neide!!! Que farra boa!
Adorei a ideia do prato único e servido na hora, maravilha!
Fiquei encantada com seu fogão a lenha portátil,que prático! Amei!!!
Estou sempre aprendendo com vc.
Obrigada.
Abraços

aguiar disse...

Parabéns Neide!!! Que farra boa!
Adorei a ideia do prato único e servido na hora, maravilha!
Fiquei encantada com seu fogão a lenha portátil,que prático! Amei!!!
Estou sempre aprendendo com vc.
Obrigada.
Abraços

Lynn disse...

This is cool! It looks very tasty.

Suélyston disse...

Olá, Quer ganhar dinheiro com seu blog?

Participe de nosso site onde nossos membros se cadastram em programas de afiliados, inserem o banner do programa no blog e trocam cliques com os demais membros, assim todos saim ganhando.

Funciona mesmo! Então não perca tempo pois nosso site é limitado a 500 pessoas. Garanta sua vaga!

*Estimativa de lucro de R$400,00 por mês
*Você faz seu próprio horário
*Você faz seu trabalho diário em menos de 1 hora
*Não precisa ter experiência
*Não se trata de marketing multi-ní­vel
*Não se trata de pirâmide
*Sem nenhum custo inicial
*Sem mensalidades fixas
*Sem precisar indicar pessoas
*Sem precisar comprar nem vender nada

Acesse e cadastre-se: www.grupotcb.com

Se tiver alguma dúvida, pode nos enviar um e-mail: contato@grupotcb.com

Att,
Grupo TCB

Nadia Marrach disse...

Adorei seu fogão a lenha!!!Então a folha da batata doce é comestível, que bacana!! E por falar em batata doce, você saberia me dizer se aquela espécie de cará moela da Flórida (air potato) também é comestível? Bjs.

Neide Rigo disse...

Aguiar,
pois é, comprei este fogãozinho há algum tempo de uma antiga faxineira.

Suélyston, não, não quero.

Nadia, sim, é como um espinafre, mais gostosa até. Tem algumas receitas com ela aqui no come-se. Sim, a air potato é o nosso cará-moela.

Um abraço, n

No tabuleiro da Carol tem... disse...

Neide, será que dá certo substituir a folha de taioba por folhas de espinafre? Resido em Salvador e nunca ouvi falar de taioba aqui, conheci a tal no seu blog. Adorei a ideia para um almoço com os amigos. Um abraço.

Neide Rigo disse...

Carol, eu digo aí no post que a intenção inicial era usar folhas de espinafre, mas não fiz nem com espinafre, nem com taioba. Este, fiz com folhas de batata doce, conforme digo aí no texto acima.
Boa sorte, n