sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Folhas de cúrcuma para embrulhar peixe



Já mostrei as folhas de cúrcuma como erva aromática e como envólucro, aqui. Neste ano, por causa das chuvas abundantes, elas estão ainda mais vistosas e grandes. Elas conferem um aroma herbáceo fresco delicioso aos assados. E o bom é que tem gente plantando nas praças (além de mim). Outro dia, achei duas moitas enorme numa praça cheia de árvores frutíferas. As crianças do piquenique também plantaram na Praça Senador José Roberto, aqui perto. Mas usei as que tenho no quintal.

Duas moitas grandes numa praça perto de casa. Amplie a foto para saber reconhecer e quando encontrar, caso não conheça, cheire as folhas pra confirmar - elas têm aroma de manga verde. A esta altura, elas estão começando a florescer e lá pro meio do ano secam, prontas para nos dar os
rizomas coloridos.
Em outra praça
: no
último piquenique, as crianças foram conferir a cúrcuma que plantaram dois meses antes.



Sardinhas embaladas em folhas de cúrcuma
Temperei 6 sardinhas com um tempero feito com tudo bem picadinho: pimenta, folhas de gengibre (sim, também são usadas como tempero), folhas de alfavacão-cravo, coentro e alho. E mais: sal, pitadas de açúcar e um pouco de suco de limão. Temperei, deixei pegar gosto por meia hora, embalei nas folhas de cúrcuma como mostro nas fotos, e deixei assar em forno médio por meia hora. Desembalei e nhac com abóbora e aquele molho picante de quirquinha (mas não precisava, é que estava sobrando)!! Mas podia ser com um arroz e salada. Nhac!
A abóbora, cozinhei no vapor polvilhada com sal. Numa frigideira coloquei óleo e juntei grãos de coentro, de cúrcuma e mostrada. Quando pipocou, juntei e deixei dourar um pouco alho e cúrcuma fresca ralada. Juntei, então, folhinhas de nirá e deixei murchar. Por fim, coloquei a abóbora cozida e chacoalhei a frigideira.

4 comentários:

Chirley Maria. disse...

Lindos pratos sempre aqui!
Não como carne, mas esta receitinha com abóbora está na pauta!
Obrigada!

Anônimo disse...

Dona Neidoca, desde que aprendi no primeiro post sobre o uso da folha de cúrcuma não deixei de usá-la, especialmente para preparar o arroz como ensinou - muito simples e de sabor exótico.

Silvia - BH disse...

Ops, era para ter posto meu nome. A outra forma que uso é picando a raiz fresca para junto com o alho refogar o arroz.

marta.hoffmann disse...

Adorei teu blog, vou tentar fazer a receita do biju que adoro!!!