quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Quinta sem trigo. Brownie de banana verde sem leite e sem farinha

 

Ultimamente tenho trazido muita banana verde do sítio e todos os dias faço alguma coisa com elas. No instagram, exemplos de uso podem ser encontrados facilmente no campo de busca #kitcheneidebananaverde . Quase sempre são receitas circunstanciais com o que tenho em casa e de acordo com o que o momento pede. Como foi o caso desse "brownie insp.". Na verdade, um bolo massudo que fiz pensando no brownie, sem leite e sem farinha. Mas chame do que quisere se não o achar digno do nome.  

 

Aqui, bananas verdes de três variedades diferentes (nanica, pão, são tomé) para usos diversos. Basta lavar bem, tirar as sujidades da casca (se pretende usá-las) e cozinhar na pressão por cerca de 8 a 10 minutos depois de a válvula chiar ou na panela comum até a casca começar a partir. Dependendo do preparo, quando a quero mais firme, cozinho por menos tempo. Depois basta guardar na geladeira e ir usando conforme a necessidade. 

Tem gente que faz purê a que chama de biomassa (mas eu não gosto desse nome pra comida) e congela. É um jeito. Eu prefiro ficar com ela inteira pra aproveitar a textura, a casca, a versatilidade que oferece nessa condição.

Usei o chocolate cem por cento para a massa e uma barra levemente adocicada para a cobertura. Ambos da Mission Chocolate, que ganhei da chocolateira mor Arcelia Gallargo. Bom demais! 






Vamos à receita que fui criando na hora, conforme os ingredientes que tinha à mão. Sorte que anotei tudo, se não já teria esquecido. Como gostei muito, não a quero perder. E se alguém puder aproveitar, aqui compartilho. 





Brownie de banana verde sem leite e sem farinha 

Cozinhei bananas verdes conforme expliquei acima e separei 500 g com casca. Piquei e reservei. Derreti em banho maria desligado 100 g de chocolate cem por cento e 100 g de manteiga (pode substituir por óleo ou azeite) . No liquidificador coloquei 3 ovos inteiros e 1 xícara de água. Fui juntando as bananas verdes picadas e batendo até que ficasse tudo bem triturado. Desliguei e religuei o aparelho algumas vezes para conseguir misturar as bananas. Juntei 1 xícara de açúcar mascavo, 1 colher de sopa de canela e o chocolate derretido com a manteiga, aos poucos. Continuei batendo, juntei 50 ml de conhaque (use outra bebida ou água se preferir), uma pitada de sal e uma colher (sopa) de fermento químico. Numa tigela juntei a massa com uma xícara de frutas secas e nozes misturadas (usei amendoas cruas, nozes e ameixa preta sem sementes - pode usar passas)  Misturei bem e coloquei numa assadeira pequena untada com manteiga ou óleo e polvilhada com polvilho de mandioca.  Levei ao forno médio e deixei assar por 40 minutos. Para cobertura,  derreti em banho maria desligado uma barra pequena de chocolate 90% com um pouco de água (ou leite). Espalhei por cima, esperei esfriar e nhac! 

Rende uns 10 pedaços 


Um comentário:

Unknown disse...

Me deleito com suas receitas e conhecimentos. Obrigada!