quarta-feira, 12 de abril de 2017

Pancnacity de 08 de abril de 2017


Teve Pancnacity neste último sábado. Esta época do ano é boa para frutos como caferanas e amendoins-de-árvore. Algumas ervas somem, outras começam a reaparecer, como é o caso do mentruz rasteiro, mas no geral conseguimos sempre uma mesa cheia de flores, ervas e frutos.

Durante a caminhada passamos por uma casa no bairro e todo mundo ficou admirando do lado de fora da cerca os pés de bananeira ornamental do quintal. Logo apareceu o dono da casa, o dentista César, e nos convidou para ver as preciosidades de perto. Eram da espécie Musa velutina, bananas asiáticas com frutos que se auto-descascam quando maduros exibindo a polpa cheia de sementes. Tanto a pouca polpa quanto as sementes crocantes são comestíveis.

A turma se divertiu também colhendo os últimos exemplares da safra de amendoim de árvore, castanha leitosa com sabor de amendoim. E falar de amendoim, ainda encontramos muitas caferanas, outra fruta que quando madura tem sabor de manteiga de amendoim.

E o amendoim de verdade apareceu na salada de mamão verde que nunca falta e também na farofa de tanajura ou içá - as formigas eram poucas, por isto o amendoim pra disfarçar ..

Bem, seguem algumas fotos:

Amendoim de árvore

Sabão de soldado ou saboneteira - alternativa ao sabão. Come-se não! 
O dentista César nos mostrando a Musa 

Banana Pink, Musa velutina 
Graviola 
Mel de uruçu amarela com ervas (erva-luíza e garupá ou lavanda brasileira)
Manteiga com flores de cipó de alho 
Bolinho de feijão fradinho com taioba (tipo acarajé) e o outro é de lentilha
rosa, ambos fermentados. Com molho de pimenta e de dendê com
cebolas e pimentas 
Pesto de ramas de cenoura com sementes de girassol, amendoim de árvore,
azeite, alho. 
Farofa com farinha de mandioca de Cruzeiro - AC e içá ou tanajura. 
Saladas de folhas com pancs e ao fundo, de mamão verde apimentada 
Purê de banana marmelo verde, cúrcuma e cebolas 
Feijão guandu 
Nosso almoço 
Bolinhas de melão com "semente" de cabeça de saúva-limão 

Creme de mandioca e iogurte com doce de tarumã 
Turma animada! 

Um comentário:

Ariadne Ecar disse...

Neide
Para mim foi muito importante participar deste curso, foi como um presente! Amei conhecê-la pessoalmente e ver sua paixão pela natureza e pelo que ela nos oferece. Aprendi muito! Não passo perto de um canteiro na rua sem olhar e ver se conheço ou não, rsrsrs. Não posso deixar de comentar que as fotos, apesar de lindas, não exprimem a explosão de sabores diferentes da sua comida, que, com certeza, foi uma das melhores que comi em toda a minha vida. Gratidão por compartilhar conosco seus saberes, por nos proporcionar momentos de descontração, delicadeza e humanidade.
Um beijo grande!
Ariadne