terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Mala de cuité - PB

Justo desta vez que economizei nas compras (também, não aceitavam cartão em nenhum lugar), descobri no aeroporto que poderia trazer 43 quilos. Mas tudo bem, não trouxe tudo o que queria, mas tudo o que eu trouxe eu bem quero muito.

Quem lê minhas postagens pelo blog e não pelo email teve a possibilidade de ver as postagens de viagem no instagram. Quem quiser saber mais como foi o curso que dei na Universidade Federal de Campina Grande, campus de Cuité, para o curso de nutrição, pode dar uma espiada nas pílulas que fui publicando ao longo de minha estada naquela cidade.

Visitar o Semiárido é sempre um prazer para mim. Apesar da estiagem, dos açudes vazios, das torneiras secas, eu só aprendo. Sempre trago mais do que deixo e gosto de conversar com as pessoas, visitar a feira, comer a comida diferente.

Depois mostro fotos das atividades, por enquanto é só para avisar que já voltei com a mala recheada de compras e presentes. Ganhei de Michele Medeiros, a professora que me convidou, uma cesta de cuité (que dá nome à cidade - mostrei no instagram) e uma cachaça Volúpia; da amiga Adriana Lucena, que encontrei no aeroporto de Natal, um mel de jataí da associação Joca; do amigo Cláudio, que saiu de João Pessoa, foi até Cuité e me acompanhou até o aeroporto de Natal, ganhei castanhas e favas. Na feira de cuité comprei ralador de coco e peneira de alumínio. Na feira de Santa Cruz, já em Natal, comprei bolo de macaxeira, tapioca de forno, grude e pé de moleque - todos à base de macaxeira. E ainda comprei em Areia - PB queijo de cabra e biscoito mata-fome. Fora as pimentas e as sementes que trouxe de Cuité.

E o mais importante, é que ganhei novos amigos em Cuité, para onde pretendo voltar um dia. Aos poucos vou chegando, pois neste ano não viajo mais.



4 comentários:

pIMENTAnOzOIO disse...

Olá... a "orelha de nego" tem alguma serventia gastronômica ou é um souvenir qualquer?

Anônimo disse...

Neide, já estava com saudade de seus post! bjs, Michela

Anônimo disse...

Neide, nem acredito que você esteve por essas bandas. Eu moro em Currais Novos, vizinho à Santa Cruz. Acompanho suas postagens no blog. Grande abraço menina, com o calor da gente sertaneja.
Anunciada Costa

CBA - 2011 disse...

Oi Neide tem como voce enviar um link para a compra de um ralador de coco, nunca vi deste aqui em Fortaleza e seria um item bom nas lidas domesticas.
Obrigada, Elaine Batista
No mais voce e a MAIOR!Bjs.