quarta-feira, 27 de abril de 2016

Pratos biodegradáveis


Dando o formato com pedras sobre pratos
Estou indo  pra Uauá, para o festival do Umbu! Até mais!

Depois de secos
Como os pratos de bainha de palmeira fizeram sucesso lá no instagram e é capaz que chegue alguém aqui procurando como fazer, já deixo o link do velho post onde eu ensino a fazer, passo-a-passo,  pra facilitar o trabalho. 

Claro, como todo mundo já sabe, as coisas por aqui não tem só um jeito de acontecer. Cada vez que faço descubro que posso fazer um pouco diferente, de modo que nunca vou chegar à perfeição, mas também não tenho nenhuma pretensão em relação a isto. O importante é ter resiliência. 

Por isto, mostro aqui novas fotos dos que fiz em Piracaia com bainhas de jerivá e fotos de outras feitas aqui com bainhas de palmeiras ornamentais que encontrei caídas na calçada da minha vizinha - a mesma do link. 

E, abaixo, o texto que publiquei hoje no Instagram. Aliás, tenho publicado muita coisa em tempo real no Instagram - porque é mais rápido, prático, com legendas curtas. Então, se você não tem conta no instagram ou não tem celular com internet, entre no blog e acompanhe aí do lado. Ou entre diretamente no site do instagram e procure neiderigo. Qualquer um pode acompanhar assim. São muitas postagens ao longo do dia. Algumas interessantes, outras, por pura distração.  

Legenda copiada do meu instagram: Pratos biodegradáveis, ótimos para mise en place, especialmente em oficinas, pra deixar tudo bonito; pra menu degustação porque dá dor no coração sujar dez pratões por pessoa para apoiar às vezes uma comida do tamanho de um limão; e para oferendas, pois canso de tirar da horta alguidares de barro com água acumulada - terreiros deveriam abolir plásticos, vidros, louças e outros elementos que não sejam biodegradáveis quando deixam oferendas na natureza, cuja preservação interessa a todas as religiões, crentes e ateus. Estes foram feitos por mim com bainhas de palmeiras que achei na rua (da sua calçada, viu, @roseleivolpe !). É só deixar de molho em água para amolecer e ficar flexível como couro, cortar no formato que quer, com tesoura, lavar com escova de cerdas duras,  deixar de novo de molho em água com água sanitária para desinfetar, e deixar secando sobre um molde. Pode ser lavado mas deve ser seco rapidamente. Veja como fiz lá no blog. Procure 'pratos biodegradáveis'. Tem post de anos atrás. #kitcheneide #pratoecológico #pratobiodegradavel #biodegradableplate


O prato sozinho é meio leve, por isto coloquei as pedras 

A natureza tudo nos dá e eu tô indo pra Uauá!

4 comentários:

Anônimo disse...

Vc é uma pessoa de extrema utilidade pública!! quanta ideia boa, todas factíveis!! Olha essa aí!! Já deu vontade de fazer!!

Clarice.

solmma disse...

Neeeiiidee, que post maravilhoso!!!! Ameeiii!
Solange

Anônimo disse...

Lindos Neide! Ainda tenho alguns aqui.
Será que servem pra assar pão também, no lugar de folhas?
Fegold (eu não consigo logar nunca pra comentar :( )

Fernando Goldenstein Carvalhaes disse...

Gente, consegui. É muita tecnologia pra mim.