segunda-feira, 6 de junho de 2011

Selvagerias urbanas



Calma, ainda não voltei.  Mas já retornei para Belém, da Ilha do Marajó, onde estive durante toda esta última semana. Eu, escrevendo e James Oseland, editor chefe da Revista Saveur, fotografando. Foram dias tão férteis que me sinto como se estivesse fora de casa há mais de um mês. Nos próximos dias, vou mostrar algumas coisas, mas não tudo, até sair o artigo na revista americana, que pode demorar um pouco.  Enquanto não mostro a paisagem rústica do Marajó, deixo aqui a matéria do Paladar sobre selvagerias urbanas. Na semana anterior à minha viagem fizemos (as jornalistas do Paladar, Janaína e Olívia, o fotógrafo e eu)  uma incursão, não de canoa por igarapés como ainda me é recente nas lembranças de Soure, mas sim a pé pelas avenidas asfaltadas e praças do meu bairro. Foi divertido ver as meninas fotografando baixinho matos anônimos, chupando cana urbana e cheirando a citronela das saúvas locais. Para quem não viu o jornal, seguem os links das quatro páginas do jornal. De lambuja, vai um vídeo feito pela Janaína mostrando um pedaço do nossa caçada.

Capa, Página 4, página 5, página 6.

http://tv.estadao.com.br/videos,SELVAGERIAS-URBANAS,139660,49,0.htm
Nota: este é o link do site do Paladar, com outras coisas que não tem no jornal - http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos+paladar,brotos-do-asfalto,4485,0.shtm

9 comentários:

Nadia Marrach disse...

Neide, li a reportagem no Paladar e graças a você e a essa preciosidade que é o Come-se, a maioria dos "matinhos comestíveis" já me é familiar!!!!

Beijos e até a volta!

Deborah - Delicias1001 disse...

Essas viagens deixam a gente de bateria nova, né?
Adorei
Bjs

*Ah, tem promoção lá no meu blog. Aparece lá e tente sua sorte. Quem sabe vc não ganha um delicioso kit Tirolez com fondue e tudo?

angela disse...

Os links dos textos não rolaram!!Saudades!!

angela disse...

Adorei o video, você me pareceu mais magra! ah.. fico sonhando com o dia em que te receber e dar uma volta na região!!!!!!!!!!!!!!Eu sou cega pra isso.

Yara disse...

Então.... Faz muito tempo que acompanho suas aventuras pelo Blog (não me conformo de terem sujado o banco da praça de novo) e como legítima leitora folgada queria pedir mais: um livro!
Queria um livro com fotos das plantinhas encontradas nas ruas e praças de São Paulo, junto com as receitas. Heim, heim??? Daí poderíamos pegar as crianças e fazer verdadeiras caças ao tesouro? Heim, heim????
Beijos, adoro seu blog e seu trabalho.
Yara

Lilian, a mãe do Gabriel. disse...

Boa noite Neide,
Tava com saudade de seus posts...volta logo! Boa semana.
Paz e muita Luz sempre...

Neide Rigo disse...

Nadia, que bom saber disso!

Deborah, tudo novo!

Angela, ué, será que ninguém está conseguindo acessar ou foi só você? Que bom que gostou do vídeo. Eu sempre me estranho, pareço não me reconhecer. Mas é isto aí que sou, né?

Yara, que bom que comentou. Vou pensar na sua ideia. Quem sabe um dia...

Lilian, obrigada! Os posts estarão de volta.

Um abraço, N

Gabriele disse...

Oi Neide
Adorei o vídeo, quer dizer que a gente nem se da conta que podem ter diversos "matinhos comestíveis" no meio da cidade que podem ser até melhores do que os vendidos no mercado? Fiquei encantada :)
Obs.: também não consegui acessar os links.

Beijos

Neide Rigo disse...

Gabriele,
acesse este aqui, que funciona: http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos+paladar,brotos-do-asfalto,4485,0.shtm
É diferente do jornal, mas tem outras coisas, incluindo o vídeo.
Um abraço, N